Geologia e Ambiental

29 de setembro de 2008

Um Calor Danado....

Um sol de lascar...
Um calor infernal...
As chamas aumentam.
A devastação aumenta.
O desmatamento cresceu 134% em agosto na Amazonia em relação a julho de 2008.


E o Pará vem liderando com folga este triste crescimento.

Comemorar o que, cara pálida?

28 de setembro de 2008

Debate ou Debalde?

Há longas horas, na Rede Record, nas cidades mais importantes do país estão se confrontando os candidatos a prefeito municipal,

Em Belém, um palco de arrogancia e despreparo ante perguntas e respostas concedidas a jornalistas e aos próprios candidatos.

Pesquisa Eleitoral?

Após os institutos de opinião colocarem seus nomes no catálogo de veracidade, as pesquisas passaram a ser um norte para muitas decisões, inclusive política.

Mas, elas serão sérias?
Devem ser levadas em conta?
Deveremos decidir através delas?

Bom, de qualquer maneira elas estão nas ruas de Belém, Ananindeua, Itaituba, Santarém e outras cidades paraenses.

Creia nelas, se puder!

Uma Aventura Amazônica

O blogueiro Jota Parente e o professor Jadir Fank vão encetar uma viagem idílica pela América do Sul.
Iniciarão em outubro deste ano.
E o encerramento só será realizado após o sonho da dupla se concretizar.

Vamos ficar aguardando os resultados.

27 de setembro de 2008

Extras...

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Carlos Ayres Britto, convocou sessões plenárias extraordinárias para julgamento de processos nestas segunda (29) e quarta-feira (1º), às 19h.

As sessões ordinárias de julgamento ocorrem sempre às terças e quintas-feiras, também às 19h. Mas, em ano eleitoral, são necessárias sessões extraordinárias de julgamento devido ao grande volume de processos que chegam à Corte.

Por Você...

Habilite-se

A estratégia de acelerar a venda de madeira ilegal apreendida no Pará pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) terá mais duas etapas no final de setembro, com leilões na segunda-feira (29) da madeira que está sob a guarda do Instituto na área do chamado “Parque da Pirelli”, no município de Marituba, e de carvão vegetal na terça-feira (30), em Barcarena.

Os recursos oriundos dos leilões serão reinvestidos em ações de fiscalização e reestruturação dos órgãos ambientais que funcionam no estado, fortalecendo a integração no combate aos crimes ambientais, notadamente o desmatamento ilegal.

No sétimo leilão já promovido pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), na última sexta-feira (19), no Distrito de Castelo dos Sonhos”, município de Altamira, sudoeste paraense, o faturamento superou as expectativas. Os organizadores esperavam chegar a cerca de R$ 700 mil, mas as vendas totalizaram R$ 1,083 milhão.

Com uma grande participação do empresariado local, foram colocados à venda 3.286,36 metros cúbicos, em oito lotes, de madeira em tora e serrada, de espécies como ipê, angelim, jatobá, sucupira e cedro. O lance mínimo da madeira em tora foi de R$ 250,00, e da serrada, R$ 500,00.

“A madeira em tora ficou toda na região de Altamira, certamente para atender ao parque florestal da área, com 25 empresas que respondem por quase 90% da produção local. Só o produto serrado foi destinado ao município de Itaituba, e tudo comprado à vista”, informou o leiloeiro Almir Filho.

O primeiro leilão de madeira apreendida no Pará foi realizado em Santarém, no oeste do estado, em 15 de maio deste ano, e arrecadou R$ 1.289.317,5. Na ocasião foram arrematados lotes de ipê, maçaranduba, tauari, angelim, jatobá e jatuarana.

Também já foram realizados leilões nos municípios de Anapu, Pacajá e Altamira, na região da Transamazônica, quando foram oferecidos 2.285,487 metros cúbicos, em toras e madeira serrada.




Fonte: Secom

Reflexos...

Banhada pelo Amazonas, o rio com maior volume de água do mundo, Macapá não aproveita esse potencial. Quatro de cada dez pessoas não têm acesso à água potável, segundo a Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa). O problema é ainda mais grave em relação ao saneamento básico. Apenas quatro de cada cem pessoas têm acesso à rede de esgoto na capital do Amapá.

Parte do texto de Karina Cardoso que aborda um problema crônico em todas as cidades existentes ao longo da calha dos rios amazônicos.

Vai Dar Certo

Um projeto brasileiro que dá descontos na conta de luz para quem recicla lixo é um dos dez vencedores do World Business and Development Awards (Prêmio Empresas Globais e Desenvolvimento), concedido nesta quarta-feira, em Nova York, pela Câmera do Comércio Internacional, pelo Fórum Internacional de Líderes de Negócios e pelo PNUD. A premiação, que está em sua terceira edição, destaca ações do setor privado que ajudam a acelerar o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

A iniciativa brasileira, implantada pela empresa de energia elétrica Endesa, foi elogiada por conciliar reciclagem e acesso maior dos pobres à eletricidade. “O programa centra-se em torno do conceito inovador de trocar lixo reciclável por créditos na conta de eletricidade. Os dois principais objetivos são melhorar a reciclagem e dar aos consumidores descontos na conta de energia, especialmente consumidores de baixa renda”, elogiou o comitê do prêmio em seu comunicado. A iniciativa diminuiu a inadimplência e “ajudou a aumentar a distribuição para novos consumidores que antes não tinham acesso a eletricidade”, afirma o texto.

Fonte: Envolverde

Atendimento Personalizado

Hoje é sábado.
Se você quiser ter um fim de semana tranquilo, não ligue para resolver o problema de seu "Programa Você", na Amazônia Celular.
O padrão de atendimento é Oi.
Não adianta argumentar com os atendentes.
Melhor mandar eles enfiarem os resultados que você adquiriu ao longo de anos de fidelidade à emprêsa nos "roscofi" e ir tomar sua cerveja com tranquilidade.
Com o perdão do desabafo, mas eles vão me ouvir reclamar até o último dia do atendimento.
Alguém vai se cansar...provavelmente serei eu.

*********************************
Como nunca desisto liguei cedo pra Amazonia (7h01min).
Fui atendido, mas quando estava nos finalmente...o sistema caiu.
Bom, também o valor que me informaram que eu ia pagar é símbolo de enrolação: R$171,00

26 de setembro de 2008

Lembrança Desagradável

No site do Cláudio Humberto:

Com quem andas

A direção do Ibope se assustou ao saber que Paulo Castelo Branco, o amigo que acompanhou o prefeito de Belém, Duciomar Costa (PTB), na contratação de pesquisas na sede do instituto, é o mesmo que chefiava o Ibama-PA e foi preso pela Polícia Federal, em abril de 2000, por extorsão.

E o ditado: "Diga-me com quem andas que dir-te-ei quem és" funciona neste caso?

Pesquisas...

Alguém quer saber como andam as projeções eleitorais em Marabá, Belém, Ananindeua ou Redenção?

Então acesse o blog do Hiróshi Bógea.

Felicidade...

Deu no Amazonia:

Aguarda indicação de relator na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 3.958/2008, de autoria do Poder Executivo, que retira da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) a atribuição de atender a população indígena.

Com a mudança, as políticas de saúde indígena ficarão a cargo de um departamento (ainda sem nome) da futura Secretaria de Atenção Primária à Saúde, a ser criada após a aprovação do projeto de lei na Câmara, que depois seguirá para o Senado.

O governo federal também pretende dar autonomia financeira e a administrativa aos distritos sanitários especiais indígenas (Dseis) e criar uma carreira no serviço público (por meio de concurso) para o atendimento aos indígenas.





Teste Neurológico?

Este teste se encontra no Xis-Xis:

Encontre o C, um bom exercí­cio para os olhos:
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOCOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

Já encontrou o C? Então, veja o 6:
9999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999
9999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999
9999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999
9999699999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999
9999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999
9999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999999

Agora ache o N - para mim, o segundo mais fácil após o anterior:
MMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMNMMMM
MMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM
MMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM
MMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM
MMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM

Ele veio acompanhado da recomendação: “Esta não é uma brincadeira. Se passou nos testes, cancele a visita anual - hein? não vou todo ano - ao neurologista. Você está beleza e bem distante do temido Alzheimer (sic)”. Algum médico aí me dá um help sobre a veracidade? Sei não… Mas vale a diversão.

Dia Mundial sem Carro?

A idéia de deixar o carro em casa como manifestação contra o domínio do automóvel provocou o surgimento do Dia Mundial sem Carro, em 1997 na França.
Em várias cidades deste planeta a idéia foi aceita e implementada.
Nos grandes centros urbanos do país já se discute e reflete sobre a mobilidade urbana e a ocupação do espaço urbano.

Enquanto isso, aqui em Belém, nesta data enfrentamos vários engarrafamentos provocados pela quantidade de veículos que fazem parte da frota urbana e interestadual da grande Belém.
Nenhum partido político ou candidato foi usar seu espaço livre, para discutir ou conclamar seus eleitores e simpatizantes a aderir a esta causa.

Quer dizer que todos ao redor estão preocupados com a Amazônia, mas os amazônidas não? Também nem tanto, pois na escola onde minhas filhas estudam a idéia dissemina e elas discutiam comigo nesta data porque não íamos de transporte coletivo e deixávamos o automóvel em casa. Fiquei extremamente sem graça e... sem resposta, é claro!
Prova que temos que nos preocupar em praticar o meio-ambiente e não só falar. Ponto pros "pequeninos" e falta grave (menos 14 pontos na carteira?) pro adulto metido a ambientalista.

********************************

Em Tempo:
Um artigo do jornalista Francisco Sidou, publicado no blog Espaço Aberto "explica" porque não se deve aderir ao programa do Dia Mundial sem Carro e os riscos decorrentes disso, na grande Belém.

Rede Mocoronga de Comunicação

Lançado em Santarém, durante o 8º Encontro da Teia Cabocla, o blog da Rede Mocoronga de Comunicação (http://www.redemocoronga.org.br) é a primeira iniciativa no gênero e resultado do trabalho de inclusão digital que ocorre às margens dos rios Arapiuns e Tapajós, nos municípios de Santarém e Belterra, estado do Pará, em plena Floresta Amazônica.

Por Isabel Gnaccarini, especial para a Envolverde

Leia mais aqui.

Energia no Tapajós

Um estudo desenvolvido pela empresa CNEC poderá aumentar a capacidade de geração de energia elétrica no país.
A base deste estudo foi feita na região do Tapajós, área cercada por reservas florestais (parques e APA's), além de terras indígenas.
Segundo o presidente da CNEC, a idéia é "fazer o projeto com base em plataformas, como as petrolíferas, sem necessidade de que as pessoas morem no entorno das usinas, evitando assim o impacto ambiental da ocupação. Das cinco usinas previstas no projeto, a maior delas é a de São Luiz de Tapajós, com capacidade de gerar pouco mais de 6,3 mil MW e que vai exigir investimentos de R$ 18 bilhões".

Conhecedor da área acho que a idéia vai dar com os "burros n'água". É inviável este idéia para esta região, mesmo que não se prepare reservatórios para evitar o impacto ocupacional da área. Em São Luiz do Tapajós, onde há esta possibilidade e onde estudos jás estão sendo feitos há uma década, existe uma comunidade mais que centenária morando nas redondezas.

23 de setembro de 2008

Nestas Eleições...

Em Almerim parece que vai ter somente dois candidatos (dos inscritos inicialmente).
Primeiro foi indeferido o registro de Aracy Bentes, que até o TSE já negou provimento (RESPE 30219 - ALMEIRIM - PA * Ministro FERNANDO GONÇALVES * Negado seguimento).

Depois, o registro do atual prefeito e candidato a reeleição Gandor Hage, do qual descobriram desvio de dinheiro público. Dizem que o caso dele foi burrice do entregador de encomendas.
Será?

Uma Zebra?

Todos (inclusive o vencedor ?) já davam como favas contadas a eleição de Cunha para o TCM/Pará.
Mas alguém não leu o "script" ou não foi contemplado como uma conversa satisfatória ao pé do ouvido e os pares da ALEPA elegeram o da oposição, Colares.
Afinal, a matemática prova que em política nem sempre 2+2=4.

22 de setembro de 2008

Os peixes

No Tapajós, uma equipe do IBAMA local apreendeu uma carga de peixes ornamentais para exportação.
Empresa e "colaboradores" deveriam ter uma pena ambiental condigna: repovoar os rios amazônicos com a mesma quantidade contrabandeada multiplicada por 365 dias.
Isso seria um Basta! nesta devastação.

Do Bem

Que tal iniciar a semana colaborando com o meio ambiente?

Então comece a semana de Bom Humor.

Mesmo que os pustulentos da vida entrem em contato com você, que lhe digam ou tentem lhe dizer o que fazer, que tentem transformar seu dia em "Noite Traiçoeira" ...sorria pra eles.
Este remédio vai fazer àqueles que estão ao seu redor se sentirem bem melhor.
Experimente.

20 de setembro de 2008

Sessões Extras

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Carlos Ayres Britto, convocou sessões plenárias extraordinárias para julgamento de processos nestas segunda (22) e quarta-feira (24), às 19h.

As sessões ordinárias de julgamento ocorrem sempre às terças e quintas-feiras, também às 19h. Mas, em ano eleitoral, são necessárias sessões extraordinárias de julgamento devido ao grande volume de processos que chegam à Corte.

Informações Úteis

No dia 5 de outubro, mais de 128 milhões de eleitores vão às urnas para escolher os novos 5.563 prefeitos e mais de 52 mil vereadores dos municípios brasileiros. A votação é das 8h às 17h, e o eleitor deve levar o seu título ou um documento oficial com foto, como a carteira identidade ou de trabalho. Só não haverá eleição no Distrito Federal e em Fernando de Noronha, que é distrito estadual de Pernambuco.

O eleitor que não estiver na cidade em que vota no dia da eleição deve justificar a sua ausência em qualquer local de votação ou em postos de justificativa montados pela Justiça Eleitoral. A justificativa é feita por meio de formulário que será distribuído gratuitamente nos cartórios eleitorais e que estarão disponíveis na página do Tribunal Superior Eleitoral na internet, a partir de 27 de setembro. Os formulários também serão distribuídos nos locais de votação no dia da eleição.

Comentários sobre a Súmula Vinculante nº 11

Súmula não é lei

(Kléber Couto)

A proibição do uso de algemas pelo Supremo Tribunal Federal por meio de uma súmula merece uma abordagem mais reflexiva. O STF não proíbe nada, até mesmo porque não lhe cabe fazê-lo. Ninguém pode ser obrigado a fazer ou deixar de fazer algo senão em virtude de lei, e súmula não é lei.

A súmula não tem o peso e a importância que lhe quer dar o STF, em sua postura invasiva e pouco democrática. É mera declaração de um entendimento sobre uma controvérsia jurídica, e não há qualquer divergência nos tribunais que justifique sua expedição. Há, sim, uma polêmica anulação de um julgamento de um acusado por ter sido algemado em plenário do júri. A sua condição de pedreiro, sabemos, não será inútil ao STF nos futuros julgamentos de banqueiros.

Por essa visão técnica a referida súmula caracteriza-se como flagrante lesão constitucional.

Não se discute que o aspecto nocivo das prisões da PF está em transformá-las em humilhante espetáculo.

Mas, quando um policial vende ou vaza informes sobre a prisão a ser efetuada está em flagrante abuso de sua atividade. A vítima do abuso, com ou sem algemas, sempre teve meios próprios para buscar o ressarcimento de suas lesões, e a lei também já prevê as punições necessárias. Ou seja, não precisava o Judiciário indicar o que já foi claramente dito pelo Legislativo.

A questão de fundo é saber por que a súmula foi expedida. O STF não a expediu em seu conceito jurídico.

Na verdade, o seu presidente bradou com raiva e arrogância uma ameaça a todos pela segunda prisão do banqueiro Daniel Dantas.

O desejo de buscar a severa punição para o magistrado que a determinou só não foi adiante em razão da corajosa resistência da magistratura e do MP de todo o país. Mudou a estratégia. Preferiu exigir a queda da cúpula da Abin (Agência Brasileira de Inteligência).

A natureza política dessa súmula que revela a delicadeza do momento político do STF faz surgir a indagação: como e quando surgem no processo de privatização das teles Daniel Dantas e o ministro Gilmar Mendes, à época advogado-geral da União no governo Fernando Henrique? Vale uma reflexão à parte.

Copiado do Flanar.

Lista Suja Ambiental

Tornar efetiva a divulgação dos infratores e multas ambientais, com base nas experiências da "lista suja" do trabalho escravo e da relação dos devedores ativos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que faz parte do sistema previdenciário federal. Esse é o pano de fundo do estudo "Lições para divulgação da lista de infratores ambientais no Brasil", elaborado pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon).

O conjunto de dados selecionados pelo trabalho mostra que o tamanho do problema relacionado à impunidade no setor ambiental. Aproximadamente 80% do desmatamento no Mato Grosso, entre agosto de 2005 e julho de 2006, foi ilegal. Pelo menos 43% da madeira explorada no ano de 2004 não cumpriu os parâmetros legais exigidos.

Entre 2001 e 2004, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) aumentou em 180% o valor total de multas emitidas na Amazônia, mas apenas 2% do valor dessas multas foram arrecadadas. De um total de 100 multas ambientais aplicadas em 2001 pelo órgão ambiental estadual em Mato Grosso, apenas 1,7% foi efetivamente recebida pela autoridade até 2005.

Clique aqui para ver a íntegra do documento.

Fonte: Amazonia.org.br

Contratação de Bolsistas

O Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), órgão vinculado a Casa Civil da Presidência da República, e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) estão selecionando bolsistas para atuar em Porto Velho e Manaus.
As bolsas variam de R$ 1.234,00 a 6.136,00, por prazo de até 24 meses.
A seleção é de caráter contínuo e será feita através de análise de currículo do candidato, considerando a adequação às áreas temáticas de interesse dos órgãos. O objetivo da seleção é estimular e fomentar o desenvolvimento de pesquisas científicas, tecnológicas e de inovação nos Centros Regionais do Sipam (CR), localizados em Porto Velho e Manaus.

Ser ou não Ser? Eis a Questão.

Se você pensa em ser professor de ensino superior, obter uma especialização, depois um mestrado e finalmente um doutorado (ou pós-doutorado) comece a rever seus conceitos e metas.
Um alerta foi levantado: as escolas estão promovendo as demissões de professores com doutorado ou livre-docência, nos últimos cinco anos, logo após a obtenção do título acadêmico.

18 de setembro de 2008

Mais Velho...

Minha primeira e única neta (por uns bons e longos anos) me deixa mais velho hoje.
Completa 7 aninhos.

Caminho para Lavagem

O DNPM promove, no dia 30 de setembro, em São Paulo, o leilão de diamante, esmeralda e ouro.
O leilão será realizado no auditório da Caixa Econômica Federal (CEF), na agência Praça da Sé. Serão leiloados 25 lotes.
A descrição dos lotes poderá ser obtida no local da realização do leilão, ou nos endereços da internet: www.dnpm.gov.br e www.caixa.gov.br, por meio do edital.
Poderão participar do leilão pessoas físicas e pessoas jurídicas regularmente constituídas, inscritas no Cadastro de Pessoa Física (CPF) e no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), devidamente habilitadas.
Os lotes não arrematados, por falta de lances, poderão ser incluídos em um próximo leilão do DNPM, devendo os bens minerais retornarem para a responsabilidade da autarquia. O
s lotes estarão à disposição dos interessados para visitação e credenciamento no dia 29 de setembro de 2008, e análise individual dos lotes no dia 30, das 10h às 15h, na Praça da Sé, 111, 2º andar, Centro, São Paulo.
Mais informações pelos telefones (61) 3312-6825, (11) 5906- 0409 e Caixa (11) 3475-2574.

Levando Ferro

Não bastasse a divulgação (em o Diário do Pará) de pesquisa eleitoral desfavorável a Lira Maia, o DEM levou "ferro" na sessão do TRT quando tentava calar no Blog do Jeso, o artigo de Nelson Vinnencci (o Chato, segundo o Dudu Dourado) comentando sobre o que espera-se de candidatos desta eleição.
Ainda levou uma multa de 2 placs.

Propaganda Extemporânea

A candidata Antonieta Lima e a Ita Participações, de Itaituba tiveram seu recurso indeferido no TRE.
A multa de 21 mil e poucos reais foi mantida.
Vão pagar?

16 de setembro de 2008

Zoológos em Ação

Nos próximos dias 17, 18 e 19 de setembro, acontece, em Belém (PA), o “V Seminário de Pós-Graduação em Zoologia”

O seminário é uma realização do Programa de Pós–Graduação em Zoologia (UFPA/MPGE), a partir do convênio entre a Universidade Federal do Pará com o Museu Paraense Emílio Goeldi.

GEO Forest Monitoring Symposium

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe/MCT) e o Grupo de Observação da Terra (GEO) promovem no Brasil o "GEO Forest Monitoring Symposium".
No simpósio internacional sobre monitoramento florestal especialistas e gestores vão discutir tecnologias de sensoriamento remoto, e a importância de satélites e radares na formulação de políticas para gestão e conservação das florestas.

O evento será realizado em Foz do Iguaçu (PR), de 4 a 7 de novembro.

Pré-sal para a Educação

O presidente Lula afirma que vai utilizar os recursos provenientes da exploração pretrolífera do pré-sal para incrementar a educação fundamental e técnica neste país.

Claro que seria conveniente que os recursos não sejam jogados "embaixo do tapete" da educação e que sejam realmente utilizados nos locais onde existe a necessidade de formação e aperfeiçoamento de prtofessores.
Não adianta construir escolas se não existem professores da rede pública habilitados para tal fim.

Programa Petrobras Ambiental

O Programa Petrobras Ambiental chega, em 2008, à terceira edição de seleção pública de projetos. O novo tema do Programa é: "Água e Clima: contribuições para o desenvolvimento sustentável".

No período de 2008 a 2012, serão investidos R$500 milhões em iniciativas que contribuam para a conservação e preservação dos recursos ambientais e à consolidação da consciência socioambiental brasileira.

As ações estratégicas previstas até 2012 incluem o investimento em patrocínios a projetos ambientais, que serão contemplados a partir de seleções públicas para períodos de dois anos. Além disso, a Petrobras está investindo no fortalecimento das organizações ambientais e suas redes. Por fim, a Companhia destina esforços à disseminação de informações para o desenvolvimento sustentável, promovendo ações de comunicação voltadas para a discussão do modelo de desenvolvimento sustentável.

As linhas de atuação do Programa são:

1- Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos:

· Reversão de processos de degradação dos recursos hídricos;

· Promoção e práticas de uso racional de recursos hídricos.

2- Recuperação ou conservação de espécies e ambientes costeiros, marinhos e de água doce.

3- Fixação de carbono e emissões evitadas com base na:

· Reconversão produtiva de áreas;

· Recuperação de áreas degradadas;

· Conservação de florestas e áreas naturais.

Para a Seleção Pública deste ano, serão destinados R$60 milhões a projetos novos ou já em andamento, sob a responsabilidade de pessoas jurídicas, sem fins lucrativos, com atuação no Terceiro Setor, tais como associações, fundações, organizações não-governamentais ou organizações sociais.

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pela internet (www.petrobras.com.br), até o dia 24 de setembro de 2008. Cada instituição pode inscrever até três projetos, mas somente um poderá ser selecionado.

Independente da linha de atuação, todos os projetos devem contemplar como tema transversal a educação ambiental, com foco em eficiência energética, conservação dos recursos naturais e consumo consciente. Os projetos devem apresentar planejamento para alcançar sustentação econômica e organizacional e a sustentabilidade socioambiental, processo para registro das experiências e resultados, planejamento de comunicação, adoção de iniciativas ecoeficientes em suas práticas de gestão e de instrumentos de acompanhamento e avaliação das ações.

Participe!

14 de setembro de 2008

Constatação ou Comércio?

A edição deste domingo do Diário do Pará traz uma reportagem sobre a Questão Ambiental no estado.

Cita, através de fontes, que no estado não existem consultores capacitados para realizar o trabalho de licenciamento ambiental. Nem profissionais em órgãos oficiais preparados para tal envergadura. Não concordo com nenhuma das afirmações e acho que os consultores e funcionários do setor deveriam também discordar dessa avaliação.

Cita também uma afirmação do sub-secretário da SEMA/Pará que diz "os empreendedores precisam entender, de uma vez por todas, que o licenciamento ambiental não pode ser tratado como a derradeira etapa de um projeto pronto". O que é perfeitamente válido para os empresários do setor, mas que os consultores estão mudando esta perspectiva, transformando empreendimentos prontos em outros perfeitamente viáveis.

Traz também algumas "besteiras" do presidente da FAEPA, sobre o Cadastro Rural, contra o qual ele se insurge. O que é perfeitamente normal para quem não quer se adequar às normas estabelecidas pela sociedade e acha que os ruralistas devem imperar sobre todos e tudo e que demonstra que nunca pensou em nosso futuro comum ou que não tem uma geração posterior a dele.

E acrescenta algumas sugestões de valia para melhorar a fase de consultoria e de fiscalização no estado. Mas, nesta peca por difundir a menos, muito menos do que esperamos.

É Mentira, Terta?

No blog Página Crítica, uma nota merece avaliação.
Diz a nota:
O martelo já foi batido: a próxima vaga no Tribunal de Contas do Estado (TCE) será do deputado Joaquim Passarinho (PTB), aliado e apoiador entusiasta do prefeito e candidato à reeleiçao Duciomar Costa. A indicação caberá à governadora petista Ana Julia. As razões da escolha, entretanto, permanecem obscuras.
Mas ainda duvido desta indicação. Há pelo menos um candidato de pêso (pesadíssimo) na disputa. O nome encontra-se nas fileiras do próprio governo estadual.

Pesquisa em Belém

Do blog "Espaço Aberto":

A candidata da coligação “Pra Belém Ficar Pai D’Égua” (DEM-PSDB), Valéria Pires Franco, passou o prefeito Duciomar Costa (PTB) na disputa pela Prefeitura de Belém, de acordo com a terceira pesquisa Ibope/TV Liberal que O LIBERAL, já nas ruas, divulga em sua edição de domingo.
A ex-vice-governadora, que na segunda sondagem, há apenas uma semana, estava na segunda posição, com 22% das intenções de votos, agora ocupa o primeiro posto, com 25%%, um avanço de três pontos percentuais. O prefeito, candidato à reeleição, que tinha 24% até o domingo passado, perdeu um ponto e está com 23%.
Assim como na disputa da primeira posição, há empate técnico na briga pelo terceiro lugar. Como a pesquisa, que ouviu 602 eleitores no período de 8 a 10 deste mês – de segunda a quarta-feira desta semana -, tem margem de erro de quatro pontos percentuais para mais ou para menos, o candidato do PMDB, José Priante, que tinha no levantamento anterior 11%, subiu para 16% e está tecnicamente empatado com Mário Cardoso, que também subiu cinco pontos percentuais – de 8% para 13%.
Veja abaixo os principais números:

Os resultados da pesquisa estimulada:
Duciomar Costa (PTB) – 25%
Valéria Pires Franco (DEM) – 23%
José Priante (PMDB) – 16%
Mário Cardoso (PT) – 13%
Arnaldo Jordy (PSB) – 4%
Marinor Brito (PSOL) – 4%
João Moraes (PSL) – 1%

Cenários de segundo turno:
Valéria 45% x 32% Duciomar
Valéria 49% x 34% Priante
Duciomar 40% x 42 Priante
Duciomar 46% x 35% Mário
Valéria 52% x 30% Mário

Índices de rejeição:
Duciomar – 37%
Mário – 23%
Valéria – 17%
Jordy – 17%
Marinor – 17%
João Moraes -15%
Priante – 13%

O índice de votos em branco/nulos, que era de 11% na primeira pesquisa e de 13% na segunda, agora é de 6%. Os eleitores que ainda não sabem em quem vão votar são 8%. Na primeira e segunda pesquisas, eram 15%.
O levantamento do Ibope, contratado pela TV Liberal, foi registrado na 98ª Zona da Justiça Eleitoral, sob o número 2.156/2008.

13 de setembro de 2008

Enxuga Gêlo...

Mangabeira Unger não sabe se sugere uma agencia ou uma autarquia para cuidar dos problemas fundiários da Amazônia.
Melhor seria aparelhar e modernizar o INCRA. Um concurso que obrigasse os concursados/aprovados a permanecer trabalhando na Amazônia durante, no mínimo, 10 (dez) anos deveria ser obrigatório.
Assim, nem necessitaria de criação de um novo órgão e, consequentemente, mais despesas administrativas.

Um Passo ...

A Amazônia ganhou esta semana a adesão de um grupo de peso na defesa de seus ecossistemas.
Por meio de um manifesto, integrantes do Ministério Público Federal e dos Ministérios Públicos Estaduais cobram do governo e do Congresso a adoção de medidas na defesa da Reforma Tributária Ambiental.
O documento contém 43 assinaturas.
Nele, os procuradores da República, procuradores estaduais e promotores de Justiça defendem a aprovação das alterações na PEC da Reforma Tributária apresentada pelo Governo Federal, a fim de contemplar normas que direcionem a tributação à proteção ambiental, incentivando atividades — públicas ou privadas — que proporcionem ganhos ambientais e desestimulando as atividades socioambientalmente inadequadas.
Principais propostas do manifesto
▪ A instituição de seletividade ambiental no regramento de impostos, bem como a imunidade de alguns produtos não poluentes ou anti-poluentes;
▪ A adoção de tributação diferenciada na Amazônia Legal, para incentivar atividades positivas socioambientalmente e desestimular as negativas;
▪ A dedução de áreas verdes da base de cálculo do ITR e do IPTU;
▪ O tratamento fiscal diferenciado para veículos com combustíveis que não gerem poluição;
▪ A repartição do FPM e do FPE com base em critérios ambientais.
A íntegra do manifesto pode ser acessada em https://www2.prac.mpf.gov.br/atosmpf/manifesto.pdf.

Fonte: Envolverde

11 de setembro de 2008

Mapeamento da Amazônia

Cerca de 350 milhões de reais serão investidos pelo governo brasileiro nos próximos cinco anos para atualizar e concluir o mapeamento terrestre, geológico e náutico da região amazônica.
Os recursos vão viabilizar a implementação do Projeto Cartografia da Amazônia, que será coordenado e executado pelo Centro Gestor e Operacional da Amazônia (Censipam), em parceria com o Exército, Marinha, Aeronáutica e Ministério de Minas e Energia.
O projeto foi lançado no dia 10 de setembro, em Manaus, durante solenidade realizada para abertura da 4ª Feira Internacional da Amazônia (Fiam).

Remando Contra a Correnteza

O cenário político nesta parte do estado do Pará está levando os candidatos a perder cabelos (que ainda existem) e a paciência com a rigidez com que os juzes eleitorais estão agindo em relação à propaganda político-eleitoral.
O equilíbrio da decisão do juiz Sérgio Bastos, em Jacareacanga ao suspender o patrocínio da Prefeitura ao Jacaréverão, evento desta época "quebrou as pernas" do candidato Carlos Veiga, que esperava angariar prestígio (sic) com a presença dos eleitores da cidade.

ACERTANDO OS PRAZOS

As empresas de mineração terão prazos para explorar os recursos minerais das jazidas recebidas em concessão. Essa deve ser a principal novidade do novo Código de Mineração, que vai substituir a legislação atual, elaborada na década de 60.
A proposta do novo código deverá ser encaminhada pelo Ministério de Minas e Energia à Casa Civil da Presidência da República entre o fim de outubro e o começo de novembro. Depois de analisada pelo Planalto, será encaminhada ao Congresso.
Uma das grandes críticas à legislação atual é a exatamente a ausência de dispositivos que permitam o cancelamento das outorgas minerais em caso de jazidas pouco exploradas.

Fonte: Infomine

Código de Mineração

Depois de meses de negociação, o Ministério de Minas e Energia deve encaminhar para a Casa Civil entre o fim de outubro e o começo de novembro a proposta de um novo Código de Mineração, que vai substituir a legislação atual, elaborada na década de 60 e tida como ultrapassada por ministros e representantes da iniciativa privada. A grande novidade da nova lei deve ser a definição de prazos para a exploração dos recursos minerais, o que pode resultar em aumento da oferta de fertilizantes no mercado interno.

Fonte: Infomine

10 de setembro de 2008

O Cêrco ou a Cerca?

Durante o mês de agosto quatro postos de gasolinas foram fechados em Santarém e mais de 50% deles multados pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) por não apresentarem registro no Cadastro Técnico Federal (CTF) e licença de funcionamento autorizado pela Secretaria Ciência e Tecnologia (Sectan). Segundo Marcus Vinicius Bistene, chefe da fiscalização do Ibama, alguns empresários desconhecem a determinação do Supremo Tribunal Federal que manteve a decisão sobre a legalidade da Taxa de Controle de Fiscalização Ambiental (TCFA) cobrada em postos de gasolina pelo órgão ambiental.
A taxa é cobrada retroativamente aos postos que ainda não estão registrados no Cadastro Técnico Federal (CTF). A cobrança foi instituída pela lei 10.165/2000, que deu ao Ibama o poder de polícia para o controle e fiscalização das atividades potencialmente poluidoras e utilizadoras de recursos naturais.

Fonte: Portal na Hora

Nota do Blogger:

Parece que os empresários não admitem que as ações de contrôle ambiental não vão ficar somente na questão das madeireiras ilegais e devastadoras.

Tem que estar trabalhando com legalidade e o órgão fiscalizador tem que ter bom senso para não causar o desabastecimento na cidade.

Sairé 2008

Quer saber mais sobre o festival mais badalado do Oeste do Pará, que começa amanhã?

Acesse o site aqui.

E divirta-se!

Ponta de Lança

A Operação Ponta de Lança iniciada ontem (09) pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no Parque Nacional do Juruena (MT), na Floresta Amazônica, flagrou em um dia pelo menos cinco crimes ambientais dentro da área de reserva federal: criação de gado, desmatamento, garimpo ilegal, extração de madeira e de palmito sem autorização.
O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, acompanhou o primeiro dia das ações.

Nota do Blogger:

Continuo convidando o ministro a vir ver o desmatamento ilegal e queimadas por aqui. Mas venha só e sem alarde!

Imaginação...

A Folha de S.Paulo fez uma entrevista com o presidente da Vale, Roger Agnelli.

Lá pelas tantas, perguntou-lhe:
FOLHA - De zero a dez, quanto dá a Getúlio Vargas?
AGNELLI - Não gosto de ditadura. Pode ter feito o que tenha feito. Não daria mais de cinco.
FOLHA - JK.
AGNELLI - Gosto de desenvolvimento. Daria bem mais de cinco.
FOLHA - Ditadura militar.
AGNELLI - Não daria mais de cinco, por causa da ditadura, mas trouxe coisa positiva, como investimentos em infra-estrutura. Mas foi ditadura.
FOLHA - Sarney.
AGNELLI - Pegou uma época complicada, né? Prefiro não dar nota.
FOLHA - Collor.
AGNELLI - [Rindo] Muito curto para dar nota.
FOLHA - Itamar Franco.
AGNELLI - Também prefiro não dar.
FOLHA - FHC.
AGNELLI - Bem mais de cinco. Consolidou muita coisa no país. O início da preocupação pelo social. A estabilização da economia, que exigiu medidas corajosas.
FOLHA - Lula.
AGNELLI - Olha... da forma como o país está indo, pelo crescimento do país, pelas questões sociais, pela liderança dele, eu daria perto de dez. [Rindo] E pela sorte também. É genial, genial. Ele é a síntese de tudo. Partir de onde ele partiu e onde ele está. É um exemplo em todos os sentidos. A intuição política é extraordinária. Impossível não gostar dele, impossível não gostar dele, impossível não gostar dele. Muito otimista, é otimista até com o Curingão dele. É carismático. Ando o mundo inteiro, e todos elogiam o presidente, me dá muito orgulho ser brasileiro.

Vamos supor? Vamos imaginar?
Vamos.

Façamos alguns exercícios de suposição.
Imaginem que hoje estamos em 9 de setembro de 1940, em pleno Estado Novo.
Imaginem que os antecessores de Vargas fossem, nesta ordem: JK, a ditadura dos militares, Sarney, Collor, Itamar, FHC e lá atrás, bem mais recuado, o presidente Lula.
Então, hoje 9 de setembro, o mesmo Roger Agnelli, presidente da mesma Vale, seria entrevistado pela mesma Folha, que lhe faria as mesmas perguntas, apenas, evidentemente, na ordem inversa, porque Vargas seria o presidente.
Que nota você acha que Agnelli daria a Vargas – que seria então o presidente -, depois para JK, depois para a ditadura até chegar a Lula, bem mais lá atrás, o último dos últimos?
Que nota Agnelli daria?

9 de setembro de 2008

Menos ou Mais?

Os novos números do não-governamental Imazon – Instituto
do Homem e Meio Ambiente da Amazônia revelam queda no desmatamento da floresta
tropical em julho, mas derrubadas disparam em municípios do Pólo de Carajás e da
Terra do Meio, no Pará.
Os dados apontam 276 Km2 derrubados em julho deste ano na
Amazônia, contra 961 Km2 em julho de 2007. A redução foi de 71%.
Já os índices do governo mostram uma queda de 62,8% no
mesmo período, relativos a 323 Km2 que sofreram corte raso ou degradação
progressiva.
O Imazon observa apenas desmatamento, daí a diferença
entre porcentuais.
Em 12 meses também há registro de baixa nas derrubadas.
Entre agosto de 2006 e julho de 2007 foram 5.331 Km2, enquanto 5.030 Km2
desapareceram no período recente.
No entanto, a época de derrubadas está começando no norte
do País.
Uma disparidade terrível nas informações oficiais e oficiosas. E se quiser saber mais clique aqui.

Sacanagem...

Andam espalhando por aí (viu Carmona, Bruno etc.) que o time ridículo do Remo vai ter como adversários na quarta divisão (ou quinta se continuar sua performance) como adversários (e derrotas), no próximo campeonato, os times de Aveiro, Itaituba e Rurópolis.
Não dá pra incluir Jacareacanga pela "catiguria" dos peladeiros de lá.

Quem não deve, não tem crédito

Ao longo do século 19, no Brasil a solidez institucional do Império garantia uma excelente gestão da dívida pública. Mas a saúde das finanças não se traduziu em crescimento econômico. Com a República, a credibilidade junto aos credores desmoronou, por conta de sucessivos calotes, mas o país começou a crescer.
Essa contradição da história econômica brasileira está sendo estudada pelo professor William Summerhill, da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), nos Estados Unidos. O brasilianista apresentou durante a semana passada, na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP), o curso “Desenvolvimento comparado a longo prazo e atraso econômico na América Latina”.
As conclusões da pesquisa serão publicadas no livro Inglorious revolution: Political institutions, sovereign debt and financial underdevelopment in Imperial Brazil, que está no prelo. Summerhill é também o autor de Order against progress: Government, foreign investment, and railroads in Brazil, 1854-1913, lançado em 2003.
No novo estudo, o autor analisou uma extensa série histórica de documentos brasileiros e britânicos relacionados à dívida pública brasileira entre 1824 e 1889. Os dados incluíram jornais da época, diários oficiais, arquivos do parlamento, relatórios de ministérios e de comissões de inquérito, além de uma revisão bibliográfica intercontinental.
Quer saber mais? Clique aqui.

Um Mineral?

É uma famosa bebida mexicana ou um mineral? Escolha abaixo:
  1. A origem da margarita é mexicana. Nome de uma cidade perto de Guadalajara, onde estão as principais destilarias dessa bebida, feita a partir de agave azul (que nada tem a ver com o cáctus saguaro - símbolo de quase tudo que vem do México -, presente, inclusive, em muitas taças de margaritas).
    A estadunidense Margarita Sames tinha uma casa em Acapulco, onde na época os famosos de Hollywood passavam boas temporadas. Ela era uma das grandes socialites da época (1948) e recebia amigos como Lana Turner, Fred Mac Murray, Nick Hilton (dos hóteis), John Wayne etc.
    Uma vez a anfitriã foi desafiada a criar um coquetel: ela misturou Cointreau com tequila e suco de limão. Como na época era hábito tomar tequila precedida por uma pitada de sal, acrescentou o anel de limão e sal em volta da borda do copo.
    Foi um sucesso e ganhou o nome da anfitriã, Margarita!
    A Margarita é um coquetel feito com tequila, sal, suco de limão e licor de laranja (Cointreau).
  2. A Margarite é um mineral filossilicato do grupo das micas, rico em cálcio, com fórmula química CaAl2(Al2Si2)O10(OH)2. Forma massas ou lâminas finas de cor branca ou rosada, cristalizando no sistema monoclínico. Apresenta tipicamente massa volúmica igual a 3 g/cm³ e dureza 4. É translúcida com clivagem perfeita segundo 010 e apresenta maclas.
    Ocorre geralmente como produto da alteração de coríndon, andaluzite e outros minerais de alumínio.

Fonte: Wikipedia

8 de setembro de 2008

Enrolation x Embromation

Para que os oestianos (que querem o Estado do Tapajós) e para os sudestianos (que querem o Estado do Carajás) reflitam sobre esta postagem do Espaço Aberto:

Da governadora Ana Júlia Carepa, na esvaziada – esvaziadíssima – reunião de ontem do Conselho Deliberativo da Sudam, no Hangar – Centro de Convenções:

“O novo modelo de desenvolvimento construído com participação social conseguiu, em menos de dois anos, arrefecer os ímpetos separatistas concentrados principalmente nas regiões sul e oeste do Pará. Estamos conseguindo ser mais Pará para mais paraenses.”

------------------------------


Do Espaço Aberto:

É mesmo?
Foram arrefecidos os ímpetos separatistas?
Que evidências há sobre isso?
Que “novo modelo de desenvolvimento construído com participação social?”
Cadê as evidências?
Elas existem mesmo ou estão apenas no discurso?
No discurso, até o Íbis, pior time da face da Terra, diz que vai ganhar do Manchester United, um dos melhores times do mundo.

Com todo o respeito, não se compara aqui Sua Excelência nem ao Íbis, nem ao Manchester United.

O que se pede são evidências.

Só isso.

Concurso Público

O Centro de Tecnologia Mineral realiza concurso para preencher 12 vagas, para cargos de nível técnico e superior.

As oportunidades estinam-se a técnicos em química e mineração, geólogos, químicos, engenheiros químicos, de minas e metalúrgicos. Os salários variam de R$ 823,49 a R$ 2643,94, sobre os quais ainda podem incidir a GDACT.

As provas serão realizadas na sede do CETEM, no Rio de Janeiro. Para as vagas de nível superior, haverá prova de títulos. Os aprovados poderão trabalhar na sede da instituição, localizada na Ilha do Fundão, ou no Campus Avançado de Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo, conforme o perfil da vaga.
As inscrições devem ser feitas entre 3 de outubro e 3 de novembro de 2008, na sede do CETEM, na Avenida Pedro Calmon, 900 - Cidade Universitária - Rio de Janeiro, das 9h às 16h. Os editais do concurso estão em CETEM.

7 de setembro de 2008

CRIE SEU ESCUDO

A AMEAÇA: Câncer de próstata

O PROBLEMA: Um estudo canadense de 2007 estabeleceu relação entre os pesticidas usados na agricultura e esse tipo de tumor.

POR QUE SE PREOCUPAR: Segundo o urologista Ubirajara Ferreira, da Unicamp, a cada 20 minutos morre um homem vitimado pela doença

O QUE VOCÊ PODE FAZER: Beba vinho tinto.

6 de setembro de 2008

Energia Geotérmica

Aproveitar o calor do fundo da Terra para gerar energia é uma das mais novas apostas dos especialistas para produção de energia renovável no futuro. Técnicas avançadas permitem extrair o calor de rochas subterrâneas mesmo em locais onde não há atividade vulcânica. Pesquisas já estão sendo realizadas na Europa e, nos Estados Unidos, o número de projetos em desenvolvimento nessa área aumentou em 20% desde janeiro deste ano.

Em países onde há erupções vulcânicas, o uso dos gêiseres para movimentar geradores já é prática comum. Agora, cientistas desenvolvem mecanismos para trazer calor à superfície em qualquer lugar do planeta, imitando de forma artificial e controlada o funcionamento dos vulcões. Esse método é conhecido como Sistema de Engenharia Geotermal (EGS, sigla em inglês).

Leia mais.

O Meu Inimigo...

O tempo...
O maior inimigo que alguém pode ter.
O inimigo que nenhum de nós derrota e que nos leva ao desespero ao perceber que não dá pra recuperar nenhum instante perdido.
O tempo...
Quem sabe aproveitá-lo pra cumprir a agenda ou pra estabelecer diretrizes de vida não se arrependerá de tê-lo ao seu lado, mas que não o souber fazer terá um arrependimento eterno.
O tempo...
Ah! Se eu tivesse o tempo a meu favor....

2 de setembro de 2008

Bom Demais!

Com muito atraso apresento-lhes o link do blog do jornalista Lúcio Flávio Pinto, o Jornal Pessoal.

Sem mais palavras.

05 de Setembro

Nesta data - 05 de setembro - celebra-se o Dia da Amazônia.
E o que nós, amazônidas iremos fazer?

Opções:
  1. Continuar jogando lixo nos locais incovenientes ou depositá-lo no local adequado?
  2. Continuar cortando as árvores que incomodam ou plantar mais algumas no lugar daquelas que já foram destruídas?
  3. "Matar" as nossas fontes de recursos hídricos ou preservar as matas ciliares?
  4. Lutar pelos nossos direitos como habitantes ou deixar que os irmãos de outras regiões lutem por nós?
"N" outras opções existem, mas vai depender de cada um de nós trabalhar e lutar por elas.

Se não souber o que fazer leiam as postagens coletivas que o "Faça a sua Parte" vai promover naquela data.