Geologia e Ambiental

29 de setembro de 2007

Georreferenciamento

Por se tratar de uma ferramenta indispensável no monitoramento dos Recursos Naturais, e de controle ambiental, a secretaria de Estado de Meio Ambiente já está operando um moderno sistema de dados georrefenciados para dotar o Estado de base segura de informações nessa área.
A SEMA apresentou o sistema pela primeira vez no seminário sobre “Gestão Florestal da Amazônia Legal, Intercâmbios Técnicos e Parcerias Interinstitucionais”, realizado em maio deste ano em Belém, e o projeto recebeu críticas favoráveis a sua implantação.
As informações podem ser acessadas em www.ceu.sectam.pa.gov.br, disponibilizando mapas, onde qualquer usuário seleciona tema referentes a Recursos Naturais (Geologia, Geomorfologia, Hidrografia, entre outros), e de dados gráficos sobre áreas licenciadas para atividades rurais, incluindo o Manejo Florestal Sustentável, ou ainda, sob a forma de relatório, on-line, através da rede do Sistema Estadual de Informações Ambientais-SEIAM, ícone que está no site da SECTAM, www.sectam.pa.gov.br, desenvolvido pela Assessoria de Informática do órgão, e permite consultas às licenças.
Na SECTAM o projeto é gerenciado pelo Laboratório e Sensoriamento Remoto (LAR), que tem a coordenação do geógrafo Vicente de Paula. “Você vê todos os polígonos (áreas) georrefeenciadas pela SECTAM, submetidas ao licenciamento de atividades rurais, por exemplo, incluindo o Manejo Florestal Sustentável”, comemora o técnico.
Qualquer exploração, não licenciada, e de áreas proibidas – Unidades de Proteção Permanente, por exemplo -, é agora facilmente detectada pelo Laboratório de Sensoriamento Remoto da SECTAM, que tem convênio com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais-INPE, localizado em São José dos Campos, São Paulo.

Fonte: SEMA

Vagas

O governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Administração (Sead), publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) de ontem três editais de concursos públicos para cargos de nível médio, fundamental e superior. São 1.271 vagas distribuídas pelo Departamento de Trânsito do Estado (Detran), Superintendência do Sistema Penitenciário (Susipe) e Defensoria Pública do Estado.

Fonte: Diário do Pará

Perdas e Ganhos

No Blog do Val-Mutran:

"Cento e trinta e um dos 449 municípios da Região Norte e mais de 1.500 em todo o Brasil vão perder recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) a partir de janeiro de 2008, se a metodologia da contagem populacional adotada não for revista. A afirmação é do presidente da Associação Amazonense dos Municípios, Anderson José de Souza, feita hoje na audiência pública realizada pela Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional (CAINDR), pesidida pela deputada Vanessa Grazziotin. O debate atendeu a requerimentos das deputadas Rebecca Garcia (PP-AM) e Perpétua Almeida (PcdoB-AC)".

Caso seríssimo. Perderam população porque não souberam contar ou porque houve fraude anteriormente?

28 de setembro de 2007

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Do interior de Roraima ao Rio Grande do Sul, de Rondônia até o litoral de Pernambuco, passando pelo centro político do país, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia fará sua quarta incursão em cidades de todos os estados brasileiros, de 1º a 7 de outubro, com atividades para todas as idades, gostos e aptidões.
A abertura oficial da semana será feita pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Sérgio Resende, em Salvador (BA). Segundo o coordenador geral da iniciativa, Ildeu de Castro Moreira, diretor do Departamento de Popularização e Difusão de C&T do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), a semana nacional é um grande chamado voluntário da população brasileira para um causa comum: a mobilização para temas de ciência e tecnologia.
No Norte, “O uso dos recursos hídricos na região metropolitana de Belém” e “Olhando a Terra pelo satélite: o que é e o que faz o Sensoriamento Remoto” serão temas de palestras no Museu Paraense Emilio Goeldi, em Belém (PA). Além disso, serão realizadas observações astronômicas no Núcleo de Astronomia da Universidade Federal do Pará (UFPA).
A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) está promovendo, entre outras atividades, a oficina "Preparação de material didático a partir de material reciclado” voltada a estudantes do ensino fundamental e os cursos "Produção de vídeo com temas ambientais" e "Programa de rádio-escola no computador: O Meio Ambiente", destinados a estudantes de graduação de todo o país.
Mais informações: http://semanact.mct.gov.br

Para Aumentar o Conhecimento Geológico da Amazônia

O mapeamento geológico da Amazônia Legal cobre apenas 5% da região. Para minimizar essa lacuna, o governo aprovou a liberação de recursos da ordem de R$ 300 milhões que serão investidos em projetos de conhecimento geológico naquela parte do País, numa ação conjunta entre o Ministério das Minas e Energia, o Exército e a Marinha, informou Nelson Ubner, ministro das Minas e Energia, durante a solenidade de abertura do 12º Congresso Brasileiro de Mineração.

Pólvora para o Meio Ambiente Paraense

A deputada Josefina Carmo defendeu que seja realizada uma ampla discussão sobre os projetos de mineração na região oeste do Pará. Segundo ela, esta poderá se tornar uma importante fonte de desenvolvimento regional, principalmente para a Calha Norte. A parlamentar lembrou que nos municípios de Monte Alegre e Alenquer foi descoberto uma das maiores minas da bauxita do mundo, pela mineradora Rio Tinto. Segundo Josefina, a empresa pretende investir R$ 2.2 bilhões de dólares em um projeto de extração e beneficiamento do minério, mas não pode dar seqüência aos estudos por causa da criação de uma unidade de conservação.
Ela informou que existem propostas de soluções para o problema, para que a área onde está localizada a bauxita possa ser explorada. A deputada destacou que o investimento será quase três vezes maior do que a Alcoa está fazendo hoje no município de Juruti, destacando a necessidade de o início de uma discussão com a empresa Rio Tinto, para que possa ser defendidas ações que visam ao desenvolvimento da região.
Josefina sugeriu a realização de uma audiência da ACES com a mineradora Rio Tinto, para discutir o projeto. O presidente da Associação Comercial, Olavo das Neves, avaliou como muito produtiva a reunião com a deputada, destacando que o objetivo das reuniões com os parlamentares é, além de ouvir sobre o trabalho deles e sobre a real situação sobre os projetos para a região, apresentar novos problemas e sugestões.
'Tem sido muito importante este contato, pois estamos recebendo informações importantes e também municiando nossos deputados de dados que podem auxiliá-los nas ações parlamentares', avalia Olavo
.

Fonte: Brasil InfoMine

Verbas para a Pesquisa

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou por unanimidade, na terça-feira (25/9), o projeto de lei 1631/07, do Poder Executivo, que regulamenta o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) e atribui a ele novas fontes de recursos.
Segundo o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), a matéria, que teve como relator na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática o deputado Emanuel Fernandes (PSDB-SP), foi aprovada com emendas.
Uma delas altera a composição do conselho diretor do fundo para incluir entre os conselheiros, por exemplo, o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
Outra alteração na proposta refere-se também ao conselho, que ficará responsável, ainda, por aprovar e divulgar amplamente, pela rede mundial de computadores, documentos de diretrizes gerais e o plano de investimentos do fundo. A matéria agora vai para o Senado.
Criado em 1969, o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico teve papel fundamental na montagem da infra-estrutura de pesquisa do país. Readquiriu importância crucial para o fomento do sistema nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, a partir de 2000, com a criação dos Fundos Setoriais.
Com o objetivo de financiar a inovação e o desenvolvimento científico e tecnológico do país, o Fundo será administrado por um conselho diretor vinculado ao MCT, composto por representantes do governo federal, da comunidade científica e do setor empresarial
.

Fonte: Agencia Fapesp

Que Peso!

Estudo da consultoria internacional Ernst & Young, divulgado nesta 4ª feira (26) pelo Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), revela que a carga tributária dos minérios no Brasil é das maiores do mundo.
A consultoria projetou quanto uma mineradora, que extrai cada um dos 12 minérios analisados em 21 países diferentes, paga de impostos. Dos 12 minérios, o Brasil tem a carga mais elevada para a maioria deles: oito, considerando margem de lucro da mineradora de 10%, 20% e 30%. Em relação aos outros quatro minerais, o Brasil tem a 3ª ou a 2ª carga mais alta.
O Pará produz quatro desses minerais com carga tributária mais elevada entre os 21 países pesquisados: minério de ferro (23%), cobre (23%), caulim (23%) e ouro (22%). E no próximo ano começará a produzir mais um nessa condição: o níquel (23%). Outros dois minerais que o Pará também produz estão em destaque: o manganês, com 25%, tem a segunda maior carga; e a bauxita, também com 25%, tem a terceira maior carga no Brasil.

Uma no Prego e Outra na Ferradura

"Consertando" uma nota anterior:

A mineradora anglo-australiana BHP Billiton anunciou hoje um aumento significativo de seus recursos na mina de urânio, ouro e bronze de Olympic Dam, na Austrália do Sul, mas negou ter encontrado a maior jazida de ouro do mundo, segundo o relatório anual da diretoria.

Segundo o relatório, as perfurações realizadas nos últimos meses revelaram a existência de 7,738 bilhões de toneladas, quase o dobro das reservas conhecidas até agora, de 4,43 bilhões. A empresa estuda a possível expansão da mina, na qual prevê investir US$ 5,22 bilhões para duplicar a produção de cobre e chegar a 500 mil toneladas anuais.

Fonte: Agencia Estado

26 de setembro de 2007

Reforço Eleitoral em Santarém

A Caixa Econômica Federal e a Prefeitura de Santarém assinam nesta quarta-feira (26), às 12h, na Sala das Prefeituras da Caixa, dois contratos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), no valor total de R$77,5 milhões, sendo R$ 7,7 milhões a contrapartida da prefeitura.Os recursos são oriundos do Orçamento Geral da União e estão destinados para os programas Esgotamento Sanitário e Intervenção em Favelas, que fazem parte do conjunto de investimentos do Governo Federal, relativos ao PAC.
Os contratos tem por objetivo a ampliação do sistema de abastecimento de água para Santarém, na modalidade abastecimento de água, devendo melhorar consideravelmente o sistema atualmente existente na cidade e urbanização de favelas para os bairros de Uruará e Mapiri, onde serão realizadas obras de habitação, urbanização, melhoria sanitária, barreiras de contenção das águas dos rios Tapajós e Amazonas, além de recuperação ambiental, onde serão beneficiadas cerca de 35 mil pessoas, reunidas em quase oito mil famílias.
As obras têm o objetivo de corrigir os vários pontos de alagamento ainda existentes na cidade, interligando as redes de micro e macro drenagem ás novas galerias de águas pluviais objeto destes contratos. Estes contratos impactarão na melhoria da qualidade de vida da população do município, em especial dos bairros de periféricos da cidade.

Com Lúcio Flávio Pinto

Um bate papo com o jornalista Lúcio Flávio Pinto vai marcar a passagem dos 20 anos de circulação do “Jornal Pessoal”.
Será às 16 horas desta quarta-feira (26), no jardim térreo do Vadião, no campus da Universidade Federal do Pará no Guamá, como parte do lançamento do projeto “Confrontos”. Segundo Marly Silva, professora adjunta da UFPA, o encontro servirá também para “renovar a solidariedade da academia a Lúcio Flávio Pinto, professor por sete anos desta instituição, colaborador permanente e incansável nos debates científicos sobre a Amazônia e cujas reportagens e livros publicados tem sido, ao longo dos seus quarenta e um anos de profissão, referência bibliográfica obrigatória em centenas de trabalhos acadêmicos aqui e alhures”.

Programa imperdível!

Sociobiodiversidade

Será aberto às 8h30 desta quarta-feira (26), no Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet), em Belém, o primeiro de seis seminários regionais que acontecerão pelo país, intitulados “Cadeias de Produtos da Sociobiodiversidade: Agregação de Valor e Consolidação de Mercados Sustentáveis”. O encontro prossegue até o dia 28.
É uma iniciativa do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), em conjunto com o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), com o apoio de parceiros governamentais e da sociedade civil.

25 de setembro de 2007

No Quinta Emenda...

Sobre a sessão da Assembléia Legislativa do Pará, que tratou das denúncias co conselheiro Alcides Alcântara:

O clima no TCM, que já era ruim, ficou péssimo ontem, após a sessão especial da AL.

Mas os probos da Corte não precisam ficar preocupados. Só os probos.
Nenhum parlamentar presente à sessão votaria a favor da extinção do órgão.
O mesmo não se pode dizer a favor de uma CPI, que no plenário da sessão já teria, de chofre, 14 assinaturas.
Deveria ter 41, mas lá na AL até os probos não são bobos.
Mas o tom da criação dessa comissão parlamentar de inquérito, poderá vir de outras liras, por assim dizer.
Mais exatamente das investigações do promotor Jorge Mendonça, e da pressão da opinião pública.

Estaremos aguardando, né?

A Maior do Mundo?

A mineradora anglo-australiana BHP Billiton pode ter descoberto a maior jazida de ouro do mundo em sua mina de Olympic Dam, na Austrália do Sul, segundo informações divulgadas hoje pelo jornal "Herald Sun", que a empresa não confirmou nem desmentiu. Os analistas esperam que a informação seja oficializada na quarta-feira, quando a companhia deve apresentar seu relatório anual de produção. O boato levou a uma alta das ações da BHP Billiton, que abriram hoje a 41,64 dólares australianos e fecharam a 43,41.
BHP Billiton nasceu em junho de 2001, da fusão da australiana BHP com a britânica Billiton, as duas maiores empresas do mundo em seu setor.

23 de setembro de 2007

Lucidez

Quem conhece, ou melhor conheceu Santarém e vive ou viveu na cidade, atualmente se ressente de grande parte de um "planejamento participativo de desenvolvimento" (expressão tão em voga pelo PT) no município.
Não aceito o slogan "Cidade da Gente", que demonstra o desprezo e omissão do atual governo municipal pelos interioranos.
O advogado José Ronaldo Campos, em uma pensata publicada no Blog do Jeso expõe algumas "perebas", mas pede que se aumente a relação.
Inicia assim:

"Urge, para desenvolver um projeto urbanístico inteligente para Santarém, sem olvidar o plano diretor, o mapeamento da cidade com o fim de localizar espaços físicos apropriados à implantação de futuros equipamentos públicos e sociais, a exemplo do que ocorreu recentemente com a extinta Tecejuta, desapropriada pelo município para a construção do terminal fluvial local. O mesmo devendo ocorrer (espero) com o terreno onde funcionava a antiga estação da Celpa, na confluência dos rios Tapajós e Amazonas, apontado pelo violonista Sebastião Tapajós como ideal para a edificação do nosso teatro".

A leitura é obrigatória e as contribuições muito mais.

Desmatamentos, Queimadas...

No Oeste do Pará, as serrarias se preparam para um trabalho incessante: beneficiar a madeira estocada em seus pátios e vender para pagamento de dívidas e fazer caixa.
Estima-se que as queimadas estão avançando rapidamente esta região.
Talvez o efeito Renan... Ninguém acredita mais em punição após a absolvição do presidente do senado.

Antes Tarde que Nunca...

No Repórter Diário, hoje:

"Depois de reunir com órgãos da área da saúde, da agricultura e com o Dieese para discutir a relação entre o açaí e a doença de Chagas, o governo decidiu cadastrar todos os batedores da fruta, em Belém. A medida se mostrou necessária por causa da falta de precisão quanto ao número de pontos. Algumas instituições falam em 2 mil; outras, em 4 mil. A partir do cadastro, o governo pretende adotar programas de qualificação e cuidados sanitários no manuseio do açaí".

Prá chegar nesta "solução", a coisa ficou preta...

22 de setembro de 2007

Dilúvio Eleitoral ou Torre de Babel?

Várias "arcas de Noé" estão se formando em Itaituba, antecipando o processo eleitoral de 2008. Os "capitães"se mobilizam, tirando tripulantes dos barcos "inimigos" e colocando-os em confronto com os seus. Alguns criam novas pontes de comando e arrumam a maior confusão no tombadilho.
Na verdade está se armando uma torre de Babel eleitoral por estas bandas.
O eleitor vai ser o beneficiado? Ou beneficiando?

Boa Intenção

A despeito das más intenções e despropósito do MP, a Alcoa inaugurou esta semana a Área de Disposição de Resíduos (ADR) de seu projeto de produção de bauxita em Juruti, no oeste do Pará.
Segundo a empresa, trata-se de uma área destinada ao tratamento do lixo superior às exigências ambientais no Brasil e do mundo.
A ADR fica no quilômetro 19 da rodovia PA-257. Dividida em um depósito de resíduos recicláveis, um depósito de resíduos perigosos e uma unidade de triagem e compostagem para reciclagem de lixo, a Alcoa informa que a ADR da mina de Juruti permite o pleno gerenciamento dos resíduos e o reaproveitamento do material orgânico gerado pela obra. Com isso, a empresa deixa de utilizar definitivamente o aterro sanitário municipal de Juruti.

(o negrito é do autor e o texto é do Pará Negócios)

A Pesca...

Nesta semana foram definidas mudanças na legislação federal que normatiza a pesca na região Norte do país.
Em reunião em Manaus, técnicos do Ibama e de outros setores do governo buscaram uniformizar alguns procedimentos, como a lista de peixes protegidos pelo defeso.
O curimatã saiu da relação das espécies ameaçadas e em seu lugar entrou o matrinxã, cuja pesca será proibida entre 15 de novembro e 15 de março. Além dessa espécie, não poderão ser capturados no período todas as espécies comerciais de pacu, sardinha, pirapitinga, marapá e aruanã, sem contar o tambaqui.

Simpósio da Engenharia Ambiental

O 4º Simpósio da Engenharia Ambiental, promovido pela Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (USP), será realizado de 24 a 27 de setembro, no interior paulista.
Com o tema “Planejamento e Gestão Ambiental”, o encontro será uma oportunidade de discutir políticas de gerenciamento e planejamento do meio ambiente voltadas para a prevenção e mitigação de impactos ambientais.
Serão abordados assuntos como “A importância da elaboração de um plano diretor do município e de um zoneamento ambiental para que se consiga um melhor planejamento e gestão do meio urbano” e “O manejo de unidades de conservação e dos recursos naturais”.
Mais informações: www.eesc.usp.br/sea.

Fonte: Agência FAPESP

Santarém...

Dias passados por lá fizeram uma grande felicidade prá minh'alma.
Pro meu nariz foi um desastre ao passar em frente aos Mercado Modelo e Mercadão 2000. Fedentina total.
E querem que a cidade seja da gente...
Nem urubus aguentam tanto descaso...

Congresso de Mineração

O Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) promove, entre 24 e 27 de setembro, no espaço Expominas, o 12º Congresso Brasileiro de Mineração e a Exposição Internacional da Mineração (Exposibram 2007), em Belo Horizonte (MG).
O evento terá a participação de 362 empresas do Brasil, Canadá, Estados Unidos, Austrália, Alemanha, Chile, África do Sul, China, Espanha, Polônia , Finlândia, e espera a visitação de mais de 40 mil pessoas. Merecem destaque os palestrantes confirmados para o 12º Congresso Brasileiro de Mineração que, nesta edição, terá como tema “A Mineração do Brasil no Mundo Globalizado”.
Paralelo ao encontro, acontecerão:

o 2º Encontro Nacional dos Estudantes de Engenharia de Minas;

Reunião da Associação Nacional de Entidades de Produtores de Agregados para Construção Civil – ANEPAC;

Solenidade de Entrega do Prêmio “200 Maiores Minas Brasileiras”

e Reunião da Associação Brasileira dos Profissionais de Mineração.

21 de setembro de 2007

Começou...

Hoje, no final da manhã, o Serviço Florestal Brasileiro (SFB) anuncia a primeira área a ser disputada, em regime de concessão, para grupos interessados em explorá-la seguindo os preceitos do bom manejo florestal. Ela tem 90 mil hectares e se encontra dentro da Floresta Nacional do Jamari, em Rondônia. A escolha do Jamari deve-se ao fato que a Floresta Nacional está completamente adequada ao que a legislação exige de Unidades de Conservação. Ela tem plano de manejo e, além disso, tem uma razoável infra-estrutura interna para escoar a produção de madeira.
Feito o anúncio da primeira área, o SFB tem mais 10 dias para lançar o pré-edital de concessão. Sua versão definitiva deve estar pronta no dia 21 de outubro. Os candidatos terão três semanas para se habilitar à concorrência pela área e no dia 15 de dezembro, no máximo, entregarão suas propostas. Ainda no se sabe quando será divulgado o nome dos vencedores. Mas o SFB prevê que estejam assinados os contratos de concessão em março do ano que vem.

Fonte: Salada Verde

20 de setembro de 2007

Irregulares...

O Tribunal de Contas da União (TCU) recomendou hoje (19) a paralisação de 77 obras do governo federal com indícios de irregularidades graves.
O relatório com as irregularidades será encaminhado ao Congresso Nacional, mas a decisão final cabe aos deputados e senadores, que avaliarão o bloqueio das verbas para essas obras durante a votação do Orçamento-Geral da União para o próximo ano.
Entre as obras com a paralisação recomendada, estão projetos importantes para o governo e que constam do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), como a transposição do Rio São Francisco e a recuperação da BR-163, que liga o Mato Grosso ao Pará, e da BR-319, que liga Rondônia ao Amazonas.

Imaginem se os deputados e senadores vão aceitar este relatório do TCU... Nem com reza braba.

19 de setembro de 2007

Mineração em APP's

Foi lançado, no final de agosto, o livro “Mineração em Áreas de Preservação Permanente – Intervenção Possível e Necessária”, de autoria da advogada Mariel Silvestre.
A obra, publicada pela Signus Editora (que publica Brasil Mineral), conta com apresentação do Prof. Hildebrando Herrmann e prefácio do Dr. Fernando Rei, parte do fato de que a sociedade atual depende, e muito, dos produtos gerados a partir dos bens minerais para a manutenção do seu bem estar e delineia uma série de argumentos para defender que a atividade pode ser exercida respeitando todos os princípios do Desenvolvimento Sustentável e sem ferir os preceitos do Direito Ambiental. Portanto, segundo ele, a mineração pode ser exercida em Áreas de Preservação Permanente sem que isto signifique prejuízos irreversíveis ao meio ambiente.
O livro pode ser adquirido pela loja virtual www.signuseditora.com.br/livros.

Aniversário da Anna Júlia

Foto do niver de Anna Júlia, minha netinha.
Parabéns , amorzinho!

Descoberta...

Uma campanha está pronta para ser lançada no dia 20 de outubro em São Francisco e literalmente apagar parte da costa oeste dos Estados Unidos.
Nessa onda, entram computadores, aparelhos de televisão e lâmpadas do hall de entrada dos apartamentos.
A idéia surgiu do porta-voz do Google, Nate Tyler, depois de uma visita a Sidney, na Austrália. Tyler jantava em um restaurante quando a cidade, subitamente, ficou escura. “Você podia ver as estrelas no céu”, disse ao jornal Los Angeles Times.

Podíamos convidá-los a permanecer durante alguns dias em locias inóspitos da Amazônia que ia ver as estrelas e muito mais.

Também podia ser convidado a ir até Brasília e "olhar" para nossas estrelas reluzentes no senado federal e na câmara dos deputados.

Iniciativa Brilhante

O distrito de Creporizão que tem no ouro a base de sua economia, sediou no último dia 31 o lançamento da formalização dos garimpos da região do Tapajós para a regularização da lavra garimpeira. Na ocasião, houve também uma mobilização comunitá­ria da agenda 21 realizada pela prefeitura de Itaituba, através da Secretaria Municipal de Mineração e Meio Ambiente. Este evento contou com a presença de representantes do Ministé­rio de Minas e Energia, Instituto de Pesquisa da Amazô­nia e de outros órgãos ligados à mineração, como também o governo municipal que tem contribuí­do com ações e serviços em apoio ao garimpeiro.
O objetivo do projeto é de facilitar a legalização dos garimpos do Tapajós, através de uma sé­rie de ações que possam regularizar os garimpos da região, tanto junto ao DNPM, quanto ao licenciamento ambiental
.

Fonte: Amazônia org

18 de setembro de 2007

Equívoco ou Desinformação?

Uma nota na Coluna do Estado do Tapajós comete alguns enganos. A nota é:

Índios em guerra

Índios de etnia Mundurukus estão em pé de guerra no município de Jacareacanga, por causa de disputas políticas. O prefeito tucano Carlos Veiga incentiva os índios a invadirem a Funai e a criticar o órgão, que nomeou um indígena para a gerência regional. Enquanto isso, adversários de Veiga também usam um outro grupo de índios para criticarem o prefeito. Enquanto isso, indiozinhos morrem sem assistência á saúde naquele município.

Os enganos equivocados comentam sobre a nomeação de um indígena para a gerencia regional, quando foi nomeado um funcionário de carreira: Raulien Queiroz. Em seguida sobre a saúde indígena, quando é notório que quem cuida desta ação é a FUNASA.
Muito mal desinformada está esta coluna.

Agressão Militar

Na festa do Sairé, neste ano, em todas as ocasiões que necessitou da intervençao da brava Polícia Militar, o pau comeu solto.
Sempre por parte dos policiais que não contavam tempo para descarregar sua ira "por estar no trabalho ostensivo" nos brigões e mal-educados.
Uma mocinha que se queixou de uma "investida" mal-sucedida por um carregador de água se arrependeu ao ver os PM's agredirem fisicamente o rapaz sem lhe dar chance de se explicar ou se desculpar.
O comando da PM deveria estabelecer treinamento educacional aos seus comandados no trato com a população.

17 de setembro de 2007

Ícaro...


Mais uma vez o MP tenta estar à frente dos holofotes e o caso ALCOA é o mais visível atualmente. Esquece o promotor quando afirma que "a licença está vencida" que a legislação ambiental preve que o empreendedor solicite a mesma 120 dias antes do vencimento e, a partir desta data, o órgão ambiental tem que se pronunciar. E, isto a SEMA/PARÁ ainda não fez...

Gostaria de exortar ao MP para que iniciasse uma ação contra o Governo Estadual para que o mesmo fosse obrigado a prover de água potável todos os 143 municípios do Pará. Ou que desse início a uma campanha para que fossem instalados aterros sanitários nos mesmos. Ou, quem sabe, que obrigasse aos prefeitos municipais a permanecer, pelo menos, durante 15 dias por mes em seu município, trabalhando.

Mas isso é sonhar muito alto...

Vínculo????

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 8ª Região (Pará e Amapá), em decisão unânime em segunda instância, determinou a existência de vínculo empregatício entre trabalhadores encontrados em situação de escravidão em carvoaria localizada na região de Carajás e a Siderúrgica do Maranhão S. A. (Simasa), que utiliza o carvão vegetal na fabricação de ferro-gusa. Os 13 trabalhadores foram libertados depois de uma inspeção realizada por auditores fiscais do trabalho, acompanhados por procurador do MPT e policiais federais, nos dias 09 e 10 de março de 2006.
À decisão cabe recurso.

Fonte: Amazonia.org

14 de setembro de 2007

Boca Torta...

Costumeiro porta-voz dos que não suportam largar a mamata, O Liberal (a folha nariguda) volta a publicar uma defesa (na seção Cartas) da não emancipação daqueles que não suportam mais viver das migalhas do poder executivo belemense (prá alguns, paraense).
O subscritor chega a citar várias comidas típicas, mas não inclui nenhuma de nossa porção. Talvez porque nunca comeu ou ouviu falar de nada das nossas bandas, como piracuí, tracajá, pacú, acari e tantos outros sabores maravilhosos. Hummmmmmmmm...
Poderia continuar na sua insignificancia que não faria nada de errado, né?

De Pouca Valia...

Um dos assassinos do colega Rafael, pesquisador do MPEG foi encontrado ontem.
Por ironia (ou sabedoria dos seus cúmplices) o pilantra tem 17 anos e tem que ser enquadrado no Estatuto do Adolescente, ficando recolhido até completar a maioridade.
Depois, com certeza vai continuar a carreira criminosa, cometendo novos crimes hediondos contra outros cidadãos.
Valha-nos quem?

13 de setembro de 2007

Até os Correios...

A Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) suspendeu os serviços de Sedex Hoje (que entrega correspondências no mesmo dia), Sedex 10 (que garante entrega até as 10h do dia útil seguinte ao da postagem) e de Disque-Coleta (de atendimento em domicílio) nesta quinta-feira (13), primeiro dia da greve nacional, por tempo indeterminado, dos funcionários dos Correios.

A categoria pede melhores condições de trabalho e aumento de salário. Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos (Fentect), os trabalhadores querem reajuste salarial de 47,7%, mais reposição da inflação de 3,74%, além de um aumento linear de R$ 200 e a manutenção de benefícios.

Os Correios ofereceram reajuste imediato de 3,74% e aumento de R$ 50 para janeiro, além de abono de R$ 400, pago em duas parcelas (uma imediata e outra no início de 2008). A proposta foi rejeitada.

Fonte: G1

Sairé..

Acontece a abertura do maior evento cultural do Pará, o Sairé, que começa oficialmente nesta quinta-feira (13), no município de Santarém, oeste do Estado.
Até a madrugada da próxima terça-feira (18), a localidade de Alter do Chão, onde acontece a festa, vai ser palco de manifestações religiosas e profanas.
Pena que as ruas e o lixo acumulado nas ruas impeçam os turistas e moradores locais de apreciar a festa sem colocar a mão no nariz.

2 meses...

Hoje, 13 de setembro de 2007 lembramos os 60 dias do falecimento abrupto do Comandante Edu Azevedo.
Descanse em paz, amigo!

Falta Seriedade e Sobra Boa Vontade...

Esta opção sugerida pelo colega, não atende aos ditames legais.

Ambas as opções devem ser tratadas por legislação federal.

12 de setembro de 2007

Desespero...

Tem candidato no pedaço procurando ajuda no terreno familiar, para que seu adversário de maior pêso eleitoral desista de candidatura e o mesmo possa continuar afanando, digo afinando, as obras municipais por mais quatro anos.
Falta terminar sua obra inicial: a casa própria!
Nem seu "staff" acredita em tal "milagre" e já começa a bajular a outra opção.

Na Berlinda...

O Liberal agenciou, a partir de hoje, um ataque sistemático ao seu ex-maior "caixa-forte": Yamada!
Já deu início informando que o maior reclamado no PROCON pelos clientes é justamente o grupo.
Agora, cá prá nós, bem que O Diário deveria se lançar na defesa, como um impoluto cavaleiro medieval, do seu (hoje) maior anunciante. Ou vai perder esta boquinha?

Oportunidade

Para quem se liga nos mercados de serviços ambientais e de carbono no dia 15 de outubro, em Curitiba, acontecerá um evento imperdível.
Trata-se do Seminário sobre Serviços Ecossistêmicos e Mercados Ambientais, que tem o patrocínio da Avina, Ecosystem Market Place e Forest Trends.
O evento é público, mas só pode aparecer lá quem estiver inscrito.
A pré-inscrição deve ser feita através do e-mail inforcuritiba–evento@avina.net e o interessado deve mandar, além do nome, a profissão e titulação, o nome da instituição ou empresa na qual trabalha, a função que exerce o endereço.
As vagas são limitadas.

A Subida do Ouro...

Numa cotação recorde de US$ 730, maior valor em um ano e quatro meses - motivado, em grande parte, pelo dólar fraco e a necessidade do investidor de outras formas de garantias econômicas - a onça do ouro já se estabeleceu no patamar acima dos 700 dólares, podendo até mesmo, a médio prazo, chegar a seu preço recorde, de US$ 850, estabelecido em 21 de janeiro de 1980.
Os valores ativos das empresas que exploram o metal, como a Newcrest e a Yamana, não páram de subir, bem como os preços de outros metais preciosos, como a platina (chegando à casa de US$ 1.300 a onça) e o paládio, cuja mesma unidade de peso já superou os US$ 330.

Fonte: Geologo.com

Crateras...

Visite Santarém, Cidade da Gente!
Este é o melhor local para se ter idéia de como funciona uma fábrica de crateras...
Mas também pode ir para Itaituba, Jacareacanga, etc.

Procedimentos...

A única chance de não ver atendida a sua denúncia a qualquer órgão governamental é ... fazer a denúncia.
Posto de combustível a ser inaugurado em Monte Alegre recebeu licença municipal de construção em nome de terceiros, certificação irregular da ANP, nunca uma vistoria do CREA local e inscrição estadual da SEFA, apesar de não haver nenhuma licença ambiental da SECTAM, née SEMA/PARÁ.
A denunciante não sabe mais a quem apelar. Só se houver uma reportagem espalhafatosa que o MP entrará em ação, quem sabe...

Estratégia...

A nova estratégia para assumir cargo público relevante é FALAR MAL DO GOVERNO ATUAL. Seja ele municipal, estadual ou federal.
Tal procedimento pode ser batizado de "mangabeira unger"!
E como tem nêgo se dando bem por aí...
Outros nem tanto, né, Dudu?

A Morte Ronda ...

O técnico do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), geólogo Rafael Luiz Gomes Nascimento Filho, de 45 anos, foi assassinado na noite de ontem, por volta das 21h30, durante uma tentativa de assalto, no cruzamento da avenida Pedro Álvares Cabral com a travessa Djalma Dutra, no bairro do Telégrafo. Ele dirigia um automóvel Corsa, de placas JTR 1556, quando parou no sinal do cruzamento, sentido Doca/Sacramenta.

Quanta insegurança neste país de Dudus e Lulas incompetentes.

10 de setembro de 2007

500 Milhões...

O BNDES aprovou nesta segunda-feira um financiamento de R$ 500 milhões para a Alcoa, que pretende direcioná-los para a implantação de infra-estrutura industrial e logística em seu projeto de exploração de bauxita em Juriti, no Pará. Segundo o banco, o valor corresponde a 22% do investimento total do projeto, que prevê a exploração de uma mina e a construção de um porto, uma rodovia e uma ferrovia, ambas com 55 quilômetros de extensão.

A fábrica produzirá, inicialmente, 2,6 milhões de toneladas de bauxita anuais, volume que pode alcançar até 12 toneladas anuais. A unidade deve entrar em operação em meados de 2008, e a bauxita lá recolhida seguirá por trilhos até o porto fluvial, de onde será enviada para o consórcio Alumar, no Maranhão, onde a Alcoa tem participação de 35%.

Procurando Parceria...

Depois de perder a disputa pela compra da canadense Alcan, a Alcoa, segunda maior produtora mundial de alumínio, continua em busca de outras oportunidades para expandir seus negócios. Em entrevista para a edição deste mês da revista Update, da Câmara Americana de Comércio (Amcham), o presidente da Alcoa, Alain Belda, afirmou que a companhia está sempre falando a respeito de possíveis compras. "Não há empresa menor nem maior nos Estados Unidos que não esteja hoje sendo examinada por hedge funds e investidores como uma potencial aquisição ou um possível desdobramento. Então nós, como todas as outras, também estamos sempre falando a respeito", afirmou.

Se Procurar Bem ...

A revista Época desta semana traz denúncia de que apadrinhados do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) teriam participado de um esquema de superfaturamento de contratos firmados com a Fundação Nacional da Saúde (Funasa), ligada ao Minístério da Saúde.
Com dados obtidos na Controladoria-Geral da União (CGU), no Ministério Público Federal e no Tribunal de Contas da União (TCU), a matéria diz que Funasa teria contratos cujos valores seriam dez vezes maior que os praticados no mercado.
A CGU verificou reajustes ilegais nos contratos do órgão estatal com a Brasfort Administração e Serviço, que fornece mão-de-obra terceiriza à estatal.
Os vultuosos valores dos negócios com à prestadora de serviços bateram em R$ 21,5 milhões .

FUNASA, né???? Se procurar bem, vai encontrar cada agulha neste palheiro que vai decepcionar a saúde...

8 de setembro de 2007

Minhas Gêmeas...





08 de setembro de 2007!

Hoje, minhas gêmeas completam 10 anos.
Parece que foi ontem que estava em Itaituba e, imediatamente, em Belém para recebê-las neste atribulado e atormentado mundo.
Ao chegar ao Hospital, onde a mãe delas já havia dado a luz, recebia a alegre notícia que eram sadias e estavam bem.

Hoje, o que não posso estar ao lado delas para festejar, mas de longe, elas sabem como sinto felicidade por elas existirem!

Parabéns, filhinhas!

6 de setembro de 2007

Antes de Existir...

No Salada Verde:

Marcelo Françozo, diretor de Unidades de Conservação de Proteção Integral do Instituto Chico Mendes, jogou a toalha. Colocou o cargo à disposição na sexta-feira passada, antes mesmo do Chibio ter saído do papel. As dúvidas e o clima de instabilidade provocados pela criação súbita do novo órgão já não eram condições das mais confortáveis para seu trabalho. Mas há quem aposte que o escândalo da abertura de unidades de conservação para pesquisa hidrelétrica tenha sido o golpe final.

E Tome Alumínio...

Segundo números da Associação Brasileira de Alumínio (Abal), a produção de alumínio primário deverá atingir 1,7 milhão de t este ano, 3,5% a mais que o volume de 2006. A expectativa da entidade é fechar o ano com um aumento no consumo doméstico de alumínio primário de 8%, atingindo 902 mil t. O Brasil detém a terceira maior reserva de bauxita do mundo, somando-se as jazidas localizadas em plena Amazônia ao minério encontrado na Zona da Mata mineira, na região de Cataguases, e em Poços de Caldas, no Sul de Minas. O País também é o segundo maior produtor mundial de bauxita, com 32,97 milhões de t, ficando atrás da Austrália e à frente da China. E o segundo maior produtor mundial de alumínio, com 9,221 milhões de t, distribuídos entre as empresas Alumina do Norte do Brasil (4,4 milhões), Consórcio de Alumínio do Maranhão (3,5 milhões) e Companhia Brasileira de Alumínio - CBA (770 mil).

Fonte: Brasil Mineral

CFEM

No Brasil Mineral:

"Nos próximos meses, o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) iniciará ação para informar as mineradoras sobre a nova metodologia para recolhimento da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (CFEM). O imposto tem como objetivo compensar os danos ambientais provocados pelas atividades minerárias. Com a nova metodologia, a CFEM poderá ficar entre 5% e 8%. O imposto não vai mais incluir custos de transporte dentro da mina para abater na alíquota da CFEM, mas será incluso o recolhimento após a confecção do minério de ferro em pelota, que possui maior valor agregado".

Vitória de Pirro?

Ontem, foi aprovado o relatório que incriminava o senador Renan Calheiros por quebra de decoro parlamentar.
Uma vitória significativa para a democracia brasileira.
Mas o voto foi aberto.
No plenário se repetirá?
Ou terá sido uma vitória efêmera?

Triste Realidade...

Na Agencia FADESP, uma reportagem demonstra que Maria de Jesus da Conceição Ferreira Fonseca, professora do Programa de Mestrado em Educação do Centro de Ciências Sociais e Educação e coordenadora do Núcleo de Estudos em Educação Científica, Ambiental e Práticas Sociais, ambos da Universidade do Estado do Pará (Uepa), constatou através de estudo que, embora a biodiversidade seja uma das maiores riquezas e o desenvolvimento sustentável o maior alvo das políticas públicas na Amazônia, os conteúdos ministrados sobre esses dois assuntos em escolas do ensino médio de Belém (PA) têm características universais, desvinculadas das questões ambientais regionais.
Esta constação, se estendida pro resto do gigantesco estado vai piorar ainda mais. Nós, que vivemos e convivemos no interior ficamos de frente com esta realidade. Nenhum programa de educação ambiental é executado e o meio ambiente que se vire prá sobreviver.

3 de setembro de 2007

Do blog "Miradouro da Alma":


O amor não existe!
O amor não existe!

se quiseres chama-lhe tudo
atracção, desejo, paixão
Tudo! amor, isso não!
crias imagens
romances, ficções
será talvez um conceito
realidade é que não,
não te iludas, não caias
o amor é para os fracos
e os vendidos à ilusão
Sei do que falo
acredita-me na experiência
que vendido, iludido,
me acreditei um dia amado
É falso tudo!
até as palavras
devoradas em dias gastos
e horas de esperança,
e renego até mesmo as cinzas
em repouso na pedra tumular
sob a qual perecem sonhos
e gestos secretos
votos e fotografias amaralecidas ao tempo
Acredito mesmo que até eu menti:
como pude alguma vez amar?
será possível algum dia tê-lo dito?
se o amor é ficção
não existe
tu não existes
eu não existo
nada é o que somos almas errantes
num mundo vago
de corações vazios
esbulhados em quatro letras
tantas como até o ódio tem
mas tão ocas quanto quatro letras podem ser
Um dia acreditei
hoje já não:
o amor não existe!
e eu também não

Difícil é ser Diferente...

Quando se quer realizar um trabalho profissional de qualidade temos que vencer obstáculos imensos. Parece que todos se colocam contra e não levantam nenhuma palha prá ajudar na superação.
Em serviço público torna-se mais espinhosa a caminhada. Pedir auxílio, nem pensar! É ofensa pura.
Afinal, por que trabalhar melhor e de forma mais dinâmica se tudo está dando certo de forma errada?
Vem a máxima do futebol: "Em time que está ganhando não se mexe!" Esquecem que um time é formado por pessoas que tem um único objetivo: serem os melhores! Mas para isso tem que ser uma equipe e não um grupo disforme e mal intencionado.
Aí vem a vontade de chutar o balde, mas permanece uma dúvida: mudar o time ou treinar estes individualistas incompetentes? Ou empurrar a vaquinha no precipício e seguir uma nova vida?
Em local dispersivo em que o grupo dissonante se sente vitorioso nas picuinhas, nas fofocas intermináveis e que não consegue olhar além de seu umbigo, não adianta ter como slogan "Competência e Seriedade".
Triste constatação, mas nada melhor que demonstrar até o fim que ser o melhor é ir além das dificuldades estabelecidas e prever sempre que elas irão aparecer em todos os locais.
Por isso é muito "Difícil ser Diferente..."

Efeito Colateral...

No Quinta Emenda:

"Tem todos os ingredientes de um escândalo nacional o que ocorreu na posse do conselheiro Daniel Lavareda nesta quinta, 30. Os conselheiros Alcides Alcântara e José Carlos Araújo, do TCM paroara, precisam falar. Nomear, um a um, os corruptos do TCM e os que com ele se envolveram, sob pena de prevaricarem. A sociedade quer ouvi-los. E o Ministério Público junto à Corte, também quer?"

Será que as contas aprovadas do atual prefeito de Jacareacanga estarão neste rol de escândalos? Tem tudo prá serem pule de dez!

Efeito Colateral...