Geologia e Ambiental

31 de janeiro de 2008

Livre?

Deu gosto andar pela avenida Presidente Vargas ontem.
Sem camelôs fixos e com alguns ambulantes.
Muitos comemoram.
Mas as calçadas e os "tôcos" enfiados por lá são um transtorno. Ainda.
E ACP reclamou e não aceitou o desafio que a PMB lhe fez. Em nota, sem timbre nem nada, como mostra o Quinta Emenda.

O Suvaco

Uma nota no Repórter Diário explica muito bem como não deveria funcionar o agendamento previsto na Secretaria de Meio Ambiente:

Ausência

Os técnicos da Sema dizem não entender as reiteradas queixas do setor florestal sobre o atendimento por agendamento eletrônico. Reclamam que muita gente ocupa o sistema e não comparece no horário reservado. Ontem, por exemplo, dia reservado à consultoria jurídica, o segundo setor mais demandado da secretaria, depois da área florestal, das 100 pessoas que pediram atendimento, apenas 40 compareceram. As 60 restantes não desmarcaram, impedindo que outros interessados fossem chamados".

Esta "sacanagem" que os colegas fazem impede que outros profissionais e empresários possam resolver suas pendências na SEMA. E já existem agendamentos infinitamente marcados.
Pior, uma solicitação de cópias de processo poderá ficar parada se o servidor/técnico responsável estiver de férias.

Affair Funasa...de novo!

Em Itaituba, os indígenas estiveram reunidos com lideranças políticas e ainda não decidiram se acatam a nomeação de Ângela Régis para a direção do DSEI/Tapajós.
Por enquanto afirmam que ela não senta na cadeira de chefe.
O desenrolar deste novelo vai ser demorado!

Vale em Apuros

Há alguns dias anunciamos que a Vale estaria "pedindo a cabeça" do chefe do 5º Distrito do DNPM.
Hoje o blog "Santarém em Alerta" explica o motivo de tal pedido.
O não recolhimento correto da CFEM teria levado a Vale a ser autuada pelo Departamento.
Recorreram da decisão e, após o processo tramitar, a galope veio o coice: A Procuradoria Federal junto ao DNPM (Departamento Nacional de Produção Mineral) conseguiu na Justiça manter o pagamento de R$ 1,8 bilhão pela Vale do Rio Doce à União.

Bradar aos Quatro Cantos...

Hoje, a poesia é através de uma narração.
Um poema de Gian Franco chamado Mi Gustaria.

Parada Agendada...

Carnaval chegando...
Tamborins e surdos esquentando.
A cerveja gelada esperando...
Os blocos já estão nas ruas.

Como será que meus amigos blogueiros irão curtir este carnaval?
Juca irá para Soure e sua Parságada?
Jeso irá pra Alter do Chão?
Jota Parente pra AABB?
Dayan fazer política no interior ou na cidade?
Val-Mutran ficará em Brasília?
Barreto no Flanar?
CJK estudando?
Santarém em Alerta, onde irão os autores?
Dudu vai encontrar o Pangaré?
Ninos na rádio, no Fórum ou em casa?
E tantos outros amigos blogueiros que não sei onde estão neste carnaval vão ficar bem?
De qualquer maneira...
Que o rei Momo esteja presente e alegre seus momentos neste carnaval.

Somar

Do site "O Estado do Carajás":

Em entrevista recente, a governadora do Estado, Ana Júlia disse que vai lutar pela integração do Pará. Tudo bem, isto é o óbvio. Ela chegou a falar de um tal de "capital político". E eu sinceramente fiquei intrigada: será que a governadora não lê jornal? Será que ela não viaja pelos municípios do sul e sudeste?

Em matemática se aprende que somar e multiplicar é positivo. Dividir e subtrair é negativo. Mas no Pará, é diferente. No Estado, dividir significa somar. Dividir a pobreza, saúde defasada, estradas mal cuidadas, violência no campo, problemas de segurança pública, gestão ineficiente. A idéia é transformar tudo isto em... Estados fortes, com índice de desenvolvimento humano decente, saúde de qualidade e para todos, estradas onde seja possível transportar o capital do Estado, comunicando de maneira efetiva as diversas regiões, campo com igualdade e paz, cadeias menos agressiva aos direitos humanos e que recuperem os cidadãos, gestão eficiente e inteligente: Pará + Carajás.

Por mais que se tente escamotear, o Pará vai muito mal. A governadora não tem sido perseguida pela mídia, ao contrário do que alguns afirmam. Na verdade, o mandato dela tem deixado a desejar e quem diz não sou eu. É a população que visita a Câmara dos Deputados e questiona a desigualdade e o esquecimento a que está acometida.

Por isto, reitero: no Pará, dividir significa somar, quebrar paradigmas.


Fernanda Vasques, jornalista e mestre em Comunicação pela Universidade de Brasília

Prá Não Dizer que Não Falei de Flôres...

No Salada Verde, um resumo de tudo o que eu gostaria de ter dito após o pronunciamento de Lula sobre o "alarme falso" no desmatamento ocorrido na Amazônia:

"A capacidade de Lula de dizer besteira quando o assunto é meio ambiente parece ser infinita. Nesta quarta-feira, ele inocentou os ruralistas de responsabilidade pelo desmatamento da Amazônia, dizendo que suas causas ainda precisam ser investigadas. Já faz tempo que o país sabe, como dizia o general Emílio Garrastazu Médici, que a Amazônia será conquista pela pata do boi.

Se Lula gostasse de estudar, poderia ler as dezenas de estudos mostrando que desmatamento e a violência acompanham a expansão da fronteira agrícola da Amazônia. Até os ruralistas sabem disso.

Com seu declaratório, Lula inocentou produtores rurais que nem mantêm reserva legal, o Incra, que faz assentamentos sem licença ambiental e, de quebra toda a estrutura de ilegalidades que sustenta o desmatamento na Amazônia, como a bagunça fundiária e a grilagem de terras.

A floresta amazônica continuará a cair.


Lula também agrediu as ONGs que têm ligações internacionais. Disse que elas precisam se preocupar em plantar árvores em seus países de origem. Traduzindo, Lula quis dizer que o desmatamento da Amazônia é nosso.

30 de janeiro de 2008

Pontapé Inicial no EIA/RIMA da Cargill

Informa o site do Paulo Leandro Leal que foi dado início aos trabalhos referentes ao EIA/RIMA do porto da Cargill, em Santarém.
A empresa CPEA, de São Paulo já abriu escritório em Santarém e está ouvindo as pessoas pró e contrárias ao empreendimento.
Maiores detalhes aqui.

Plágio com Dias Contados

Plagiar artigos científicos é uma prática que pode estar com os dias contados. Pelo menos se depender da novidade que vem do Centro Médico da Universidade do Sudoeste do Texas, nos Estados Unidos.
O grupo liderado pelo professor Harold Gardner desenvolveu um programa de computador que compara múltiplos documentos em bases de dados em busca de semelhanças no conteúdo. O software Etblast identifica a duplicação de palavras-chave e compara a proximidade e o encadeamento de palavras, entre outras variáveis
.

Fonte: Agencia FAPESP

Affair FUNASA

Os indígenas das etnias munduruku e kayabi continuam aquartelados na sede do Distrito Especial Indígena Sanitário - DSEI/Tapajós.
De lá só sairão quando alguém for conversar com êles, e explicar a situação da exoneração do Rose.
E dizem que a nova diretora não senta na cadeira que era dêle.
A direção da FUNASA promete entrar com pedido de reintegração de posse.

Mais uma Unanimidade

Mais três vereadores foram cassados na manhã desta terça-feira (29) pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE/PA) por infidelidade partidária.
Mais uma vez em decisão unânime, os juizes votaram pelas cassações dos vereadores Maria Vanda do Nascimento Costa, do município de Portel; João Cunha de Oliveira, do município de Acará; e Manoel Odinaldo da Silva, de Marapanim.
Agora, já são 11 os vereadores cassados pelo TRE paraense.

É Dona, mas não Manda

O Bradesco e a Previ vão manter o controle absoluto da Vale, mesmo com a emissão de ações preferenciais para a compra da mineradora anglo-suíça Xstrata. Bradesco e Previ dividem o controle da Valepar, dono de 53% das ações ordinárias da Vale, o que garante o direito de voto no Conselho de Administração da empresa. Pelo direito brasileiro, as ações que serão emitidas para a compra da Xstrata (as preferenciais) não têm esse direito. Das 4,8 bilhões de ações que estão hoje em circulação, 2,9 bilhões são ordinárias (60,9%) e as outras 1,9 bilhão são preferenciais (39,1%).Como a legislação permite até dois terços em preferenciais, a mineradora teria espaço para emitir até 3,5 bilhões desses papéis sem alterar o controle acionário, o que poderia viabilizar a captação de até US$ 85 bilhões. Os investidores estrangeiros são titulares de 26,9% das ações ordinárias da Vale, os minoritários brasileiros detêm 13,0%, enquanto o governo, por meio da BNDESPar, é dono de apenas 6,8% das ordinárias.
No caso das ações preferenciais a situação é diferente, pois a Valepar não possui essa classe de ações e esses papéis, em sua maioria (62,0%), estão em poder de investidores estrangeiros. Outras 34,7% são detidas por minoritários brasileiros, e o governo tem 3,3%. Com a operação, a participação dos estrangeiros deve crescer, mas só em preferenciais
.

Fonte: Agencia Estado

Parte de mim

Que a distância que se formou entre nós
Não seja morte premedidata
De todos os sonhos que vivemos
Dormindo ou acordados
Porque uma parte de mim é sonho
E a outra parte realidade

Que a tua voz vibrante e melodiosa
Seja mais forte que este silêncio
E que meus lábios possa dizer Te Amo
Mesmo em minha constante ausência
Porque uma parte de mim é meu grito
E a outra parte é silêncio

Que minha face mostrada em video
Nunca gere esquecimento
Que possa ser vista e lembrada
Muito mais que um momento
Porque uma parte de mim foi filmada
E a outra parte a ti está reservada

Que a tua vontade de me encontrar
Não se deixe vencer por minhas palavras de adeus
E por mais que elas tenham sido convincentes
Não deixe que prevaleça em tua mente
Porque uma parte de mim foi partida
Onde outra parte aguarda tua chegada

Que o medo da desilusão não o afaste
Que a esperança perpetue em tua face
Que possa lembrar de mim com um sorriso
Muito mais que eu possa dá-lo
Que possa sentir meu carinho
Mesmo sem que possa tocá-lo
Para que uma parte de mim seja presente
Que viveu em teu passado.

Mas que este passado vire abrigo
Onde habita a saudade
Para que um dia possamos ser
Muito mais que casualidade
E que em meu habitat de sonho
Você possa viver de verdade
E neste teu mundo diferente
Eu consiga viver de repente

Que o som da natureza te aplauda mais alto
Que todos os sons que já ouviste do palco
Porque se uma parte de você é canção
E a outra parte sou eu
Uma parte de mim é você
E a outra parte é você também.

Porque uma parte de mim é amor
E a outra parte também

29 de janeiro de 2008

Gastos Supérfluos

Conta a rádio Cipó de Jacareacanga que o prefeito local teria se desculpado com alguns servidores pelo não pagamento de salários atrazados, devido a "despesa" realizada com o escritório de advocacia de um parente do deputado estadual Megale para tentar "recuperar" os mandatos dos vereadores indígenas Isaías, Hans e Aurélio Munduruku.
No entanto, a manobra não deu certo.
Motivo: o escritório deu entrada no TRE fora do prazo legal.
Valor propalado pelo alcaide: coisa de R$100.000,00.

Fique Atento

Começou a vigorar no dia 1º de janeiro a obrigatoriedade de registro de pesquisas de opinião pública relativas às eleições ou candidatos que disputam o pleito municipal na Justiça Eleitoral.
A previsão legal consta do artigo 1º da Res. TSE nº 22.623/07 que dispõe sobre pesquisas eleitorais.
Quando houver apenas uma zona eleitoral no município, ela ficará responsável por todo o processo eleitoral.

Sôbre Desmatamento

Um lado (Ministério de Meio Ambiente), baseado em pesquisas do Imazon, afirma que o desmatamento ocorre devido às pressões sofridas pelos produtores para aumentar a produção de soja e gado.
O outro lado (Ministério da Agricultura) afirma que como "o grande proprietário de terras na região é o próprio governo federal, detentor de 76% das áreas na Amazônia Legal, devendo a este o ato de cuidar de suas próprias terras", que cuide do que é seu.
Aí os produtores, que querem faturar em cima de quem quer que seja vão continuar tirando umas arvorezinhas aqui e outra ali, até que o pasto pro gado ou a lavoura de soja esteja pronta.
E os responsáveis (Governos Federal e Estaduais) vão continuar empurrando com a barriga o problema.

Apoio ao Desenvolvimento

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Pará, Fapespa, lança os quatro primeiros editais de apoio ao desenvolvimento da ciência, da pesquisa, da tecnologia e da inovação do Estado do Pará.

O quinto edital deste mês será lançado no dia 18.

Novos editais serão lançados ao longo de 2008.

Os editais, que estão a ser lançados até o final de janeiro deste ano, são os seguintes: Programa de concessão de bolsas de mestrado e de doutorado (Chamada Nº 001/2008); Programa de desenvolvimento cientifico regional – DCR (Chamada Nº 004/2008); Programa institucional de bolsas de iniciação científica – Pibic (Chamada Nº 002/2008 - PIBIC Graduação); e Programa de apoio a realização de eventos científicos (Chamada Nº 005/2008).

Através do site http://www.fapespa.pa.gov.br, podem ser encontradas informações detalhadas sobre os quatro editais lançados pela Fapespa, entretanto, o presidente da Instituição, Ubiratan Holanda, informa que “os candidatos aos projetos, programas e bolsas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Pará, Fapespa, devem estar cadastrados na Plataforma Lattes, do CNPq”.

Fonte: Assessoria de Comunicação - Fapespa

Cadê o Alexandre Garcia?

Não estavámos tendo o prazer de ouvir os comentários lúcidos e ácidos de Alexandre Garcia, no Bom Dia Brasil.


Existem boatos de que ele foi punido pela Globo em função de opiniões que desagradaram a muitos políticos, emitidas recentemente.


Estranhamente todos os comentários emitidos no período de 22 a 24 de janeiro deste ano não aparecem no site do jornal.


Este aqui sumiu. Mas você pode assistir e verificar as causas do afastamento do comentarista.


video

Como amo?

"Amo como ama o amor

Não conheço nenhuma

outra razão para amar, senão amar.

Que queres que te diga,

além de que te amo,

se o que te quero dizer

é que te amo?"



Fernando Pessoa

28 de janeiro de 2008

O Que Pensa Aluizio


O polêmico debate sobre a reserva de vagas da universidade para estudantes negros e egressos do ensino público ganhou um novo ingrediente com a liminar que o procurador da República Davy Lincoln Rocha conseguiu da Justiça Federal para suspender o sistema na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), na sexta-feira, e as opiniões fortes que ele vem emitindo desde então.

Na ação, Rocha sustentou que as cotas não estão previstas em lei, que a autonomia não dá às universidades o direito de legislar e que a Constituição estabelece a igualdade de direitos.Em comentários posteriores, ele considerou o sistema de cotas uma hipocrisia que coloca pessoas despreparadas na universidade e propôs que as compensações aos negros e aos pobres sejam pagas por toda a sociedade por meio de bolsas de estudo e não cobradas de estudantes que se saíram melhor no vestibular. Afirmou, ainda, que os cotistas estarão sujeitos ao vexame na faculdade e à discriminação no mercado. Rocha, de 48 anos, baseia-se na sua experiência para contestar as cotas. Filho de um retirante do Piauí e de uma cabocla catarinense, se considera um “vira-lata racial”.

Mas conta que, por esforços próprios, seu pai se formou em Letras e se tornou tradutor da missão naval dos Estados Unidos no Rio, e a mãe saiu do analfabetismo já adulta para se formar em enfermagem. Rocha só estudou em escolas públicas, é formado em Engenharia e Direito e passou em concurso para a procuradoria da República em Santa Catarina em 1998.

Neste post (que pode ser lido clicando no título Academia é lugar destinado para os que têm intelecto) o Aluizio Amorim mostra a entrevista completa como o procurador e emite seu comentário.

O meu é este:

Justo e claro. Para ser levado em conta por juizes e juristas de plantão, pois o sistema de cotas é uma aberração discriminatória aos menos favorecidos. Trará sim muitos problemas, futuramente, aos que conseguirem ser colocados no mercado de trabalho através desta medida miudinha e lesa.

Sinal dos Tempos

Nada a ver com o blog linkado ao lado.
Mas, um locutor da rádio Cipó em Jacareacanga informa que, após observação detalhada observou que o conselheiro-mor da macumba por lá, através de gestos estranhos costuma parar em frente à prefeitura local, metodicamente, de 6 em 6 horas.
Ainda não descobriu o que significam tais atitudes, mas acha que o mesmo pensa em reter o prédio para pagamentos de suas "obras miraculosas" realizadas ao prefeito local.
A conferir.

Sinal de Encrenca Cumprida

No Santarém em Alerta, conforme anunciado aqui:

"Chega a notícia que os índios munduruku ocuparam ainda há pouco do Distrito Sanitário da Funasa(DSEI Tapajós) em Itaiuba e fazem quatro pessoas reféns, em protesto contra a exoneração de Rosivaldo Ferreia (Rose). Os índios estão pintados para a guerra e seu ato vai servir para propagandear ainda mais a crise que se abateu sobre a disputa pelo cargo de chefe do DSEI".

Afirma uma fonte do blog que o cabeça da manifestação é o indígena Camaleão, do Teles Pires e que teria sido cooptado pelos dirigentes do PT na Funai. Provavelmente por que lhe serão retiradas as benesses que o ex-chefe lhe dava.

Frente Fria...Frente Boa.

No site de O Globo:

Um grupo de treze parlamentares brasileiros, que foi à Antártida a convite da Marinha, está retido no continente gelado.

Os deputados e senadores viajaram para a base brasileira no continente antártico na quinta-feira (24) e deveriam voltar no dia seguinte, mas a chegada de duas frentes frias ao continente impediu a viagem de volta.

Deixa eles lá...
Quem sabe melhora o Congresso.

DOCAS DO PARÁ

Post ao estilo do 5a. Emenda:

"Não é verdade que o Governo do Pará vai desalojar os ocupantes dos espaços na Estação das Docas e fazer acordo com a prefeitura de Belém para instalar os camelôs retirados da avenida presidente Vargas.

A bagunça e sujeira que eles causavam na avenida junto com o mau-cheiro das exportações de gado em pé ia ficar de bom tamanho.

O prefeito-falsário já colocou o bloco na rua para pregar esta união benéfica".

Vale ...quanto Pesa.

A Vale provavelmente será a maior empresa de mineração do mundo.
Está apostando suas fichas num aumento de preço do minério de ferro e no contínuo crescimento do mercado consumidor chinês.
Além da atuação na explotação de outros minerais mais nobres que o ferro, casos de ouro, níquel, entre outros.
Mas também 'tá levando uma "cacetada" no pagamento de royalties a menor para a prefeitura de Parauapebas. Coisinha de 460 milhões...
Agora a Vale quer a cabeça do chefe do 5º Distrito - Pará - que levantou a lebre.

******************************************

Atualização: Quer saber mais sobre esta querela? Vá no Blog do Hiroshi, que está contando a história todinha deste caso (28/01/2008 às 19:31 hs.)

A Rádio Cipó Confirma...

Um locutor da rádio cipó de Jacareacanga anunciou que os pagamentos de salários por lá continuam em ritmo de devagar-não acontecendo.
O quase-ex-prefeito ainda não compareceu no seu gabinete prá se acertar com o povo que bate às suas portas cobrando os salários atrazados.

Dizem que ele só pagou a metade do 13º salário e o resto...bom, não sei!

Incombatível Saudade

Em silêncio
Meus pensamentos te buscam
O tempo se congela
E canções alimentam a alma.

A saudade
Torna-se dona de mim.
As estrelas me enfeitiçam
Como o encanto de seu olhar.

Tento ser forte
Suportando a saudade
E segurando as lágrimas,
Mas é inútil
Pois a noite é amiga da saudade
E unidas elas me vencem
E me faz render-se.

A saudade me prende
E as lágrimas me desobedecem,
Nada me faz esquecer
Nem passa-tempos me distraem
Cada gesto,
Cada olhar,
Está você...

Minha alma parece estar unida a sua
Pois já busquei mil maneiras
De lidar com a saudade
Mas ela sempre me vence...

É mais forte que meus instintos
É maior que meus limites
É uma
Incombatível Saudade.

Autor Desconhecido

27 de janeiro de 2008

Você Mora Dentro de Mim...

"Eu te Amo...
e te amarei durante toda minha eternidade...
Te amarei nos seus gestos,
Te amarei no seu sorriso,
Te amarei na sua voz,
Te amarei no que você é!

Sim, eu te amarei em tudo...
No ar que respiramos,
num simples cântico dos pássaros,
no alvorecer, no crepúsculo,
na morte...

Eu te amarei no sol que explode sua luz para iluminar a Terra.
Te amarei nas chuvas que caem...
Na vida... No fim...
E Nem mesmo o céu ou o inferno podem tirar esse sentimento de mim.

Sim, eu quero te amar,
Te amar nas minhas horas de tristezas,
pois sua lembrança só me traz alegrias...
Te amar quando a alegria chegar,
pois amor e alegria é a própria felicidade
sou feliz enquanto te amo...
Sim, mesmo que em minha vida não exista trevas,
Quero te amar.

Mesmo que o amor se torne algo extinto,
Quero te amar.

Mesmo que a luz do mundo se acabe,
Quero te amar.

E somente a vontade de Deus
seria capaz de me tirar todo esse amor
que alimenta minha própria existência...

Você mora dentro de mim..."

Laert

Encrenca Anunciada

Fonte do blog anuncia que, mesmo após ter sido feita a exoneração do Rose, da direção do DSEI Tapajós/Funasa, os indígenas, em Jacareacanga, estão sendo motivados a provocar tumultos no momento em que a nova direção iniciar os trabalhos na área indígena.

Ainda não se sabe qual a motivação nem quem está motivando-os a esta atitude.

Postos de Combustível

Há longos dias me lancei a realizar, especificamente, o licenciamento ambiental de postos revendedores de combustível.

E temos enfrentado diversas dificuldades, desde as mais básicas (por parte do empreendedor) como as públicas (por parte do licenciador).

Também verificamos que o Estado "brinca de verificar as condições dos empreendimentos enquanto a gente brinca de licenciar".

Em seu artigo 1º, esta Resolução estabelece que “a localização, construção, instalação, modificação, amplificação e operação de postos revendedores de abastecimento, instalações de sistemas retalhistas e postos flutuantes de combustíveis dependerão de prévio licenciamento do órgão ambiental competente, sem prejuízo de outras licenças legalmente exigíveis”.

Por conta disso saiu este artigo aqui.

26 de janeiro de 2008

Mais Um...

Nota do blog Santarém em Alerta (e como!) já detectou que um alto graduado já deu o sinal verde, azul e branco (talvez mais "verdinhas" que "onças") para uma obra empresarial na orla da cidade.
Como o MP tá em alerta no reordenamento da orla pode ser que a autorização...não sei o que vai acontecer.

Depois de Arrombada...

Informa o site Folha:

O Ministério Público do Distrito Federal decidiu investigar os gastos dos ministros com os cartões de crédito corporativos, revela matéria do blog do Josias de Souza.
A investigação foi aberta na quinta-feira (24), mas a notícia só foi divulgada nesta sexta (25).
A Folha informa que os cartões do governo federal foram usados em 2007 para pagar despesas em loja de instrumentos musicais, veterinária, óticas, choperias, joalherias e free shop.
Os dados são do Portal da Transparência, site do próprio governo
.

A Vez do Bêbados ...em Manaus

Como no Carnaval é difícil o folião deixar de beber um pouquinho a mais, em vez de tentar proibi-lo de guiar o carro após a festa, o Detran (Departamento Estadual de Trânsito) de Manaus (AM) decidiu fazer diferente.
Criou um serviço para levá-lo de graça para casa e o batizou de "Disque-Pileque".
O objetivo, de acordo com o órgão, é reduzir pela metade o número de acidentes de trânsito provocados pelo uso excessivo álcool.
"Quem exagerar na bebida, liga para nós, por meio do Disque-Pileque, que vamos buscá-lo onde estiver e deixá-lo com segurança em casa."

Ação

Os recursos hídricos, as reservas minerais, entre elas produtos estratégicos, como o petróleo, uma flora com gigantescas possibilidades de pesquisa e exploração econômica pelas indústrias de fármacos e estética. Todos estes bens naturais e desenvolvimento sustentável podem se concentrar em terras amazônicas.
Diversidade em fauna e flora, gentes e modo de perceber e se apropriar das riquezas existentes, quando não saqueadas na Pan Amazônia (Brasil, Bolívia, Peru, Colômbia, Equador, Venezuela, Guiana, Guiana Francesa e Suriname), integraram a pauta da reflexão da Semana de Mobilização e Ação Global em Belém, Pará, entre os dias 22 a 26 de janeiro que se encerra com uma programação intensa desde cedo por aqui.

Urânio

Informa a Agencia Estado:

Entre o final deste mês e o início do próximo, será definida a empresa responsável pela exploração de fosfato em Itataia (CE), considerada a maior jazida de urânio do Brasil, localizada em Santa Quitéria, a 212 quilômetros de Fortaleza. É o que informa Luís Felipe da Silva, assessor especial da presidência das Indústrias Nucleares do Brasil (INB).

De acordo com ele, propostas de três empresas estão sendo analisadas: da Vale, da Bunge Fertilizantes e da Galvani Mineração. "Depois de definirmos quem será nossa parceira com o fosfato, vamos partir para a viabilização da usina de urânio", diz Silva. Segundo ele, em Itataia deverão ser produzidas, anualmente, cerca de 120 mil toneladas de fosfato e outras 800 toneladas de urânio. As duas usinas deverão gerar 500 empregos diretos e outros três mil indiretos. Só a produção do ácido fosfórico, informa Silva, deverá render US$ 60 milhões por ano.
O investimento na usina de exploração do fosfato deve ser de US$ 200 milhões, podendo ser ainda maior, dependendo da proposta da empresa parceira. Já o INB investirá cerca de US$ 10 milhões com a sua unidade destinada ao beneficiamento do urânio. Silva acredita que, ao longo deste ano, serão expedidas as licenças ambientais para a exploração do urânio. A previsão dele é que o projeto comece a ser implantado no próximo ano. "Tudo vai depender de quem será o nosso parceiro.
Pode ser até que possamos ter uma surpresa e começamos antes", comenta o assessor da INB. Empresa de economia mista, vinculada à Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e subordinada ao Ministério da Ciência e Tecnologia, a INB é responsável pela exploração do urânio no Brasil, bem como pela fabricação de combustível nuclear para as usinas de Angra, no Rio de Janeiro. Ela responde pela exploração do urânio, desde a mineração e o beneficiamento primário até a produção e montagem dos elementos combustíveis que acionam os reatores das usinas nucleares.
Descoberta em 1976, a jazida de Itataia, apesar de ser a maior reserva de urânio que o País possui, nunca foi explorada. É que sua viabilidade econômica está atrelada à exploração do fosfato associado. Isso significa que a extração de urânio está condicionada à produção de ácido fosfórico - insumo utilizado na produção de fertilizantes.

Preços nas Alturas

O ouro à vista atingiu recorde de alta, sendo negociado em US$ 922,80 por onça-troy, na manhã de ontem, depois que as três maiores produtoras de ouro da África Sul foram forçadas a suspender toda a atividade por causa da escassez de energia no país.
Espera-se que o preço continue subindo, em virtude das ameaças de recessão e a baixa das bolsas mundiais.

Amor é Fogo que Arde Sem se Ver

Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;
É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;
É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.
Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo Amor?

Sonêto 11 de Luiz Vaz de Camões

Novo Prazo, Novos Choros

Segundo "O Liberal", o desembargador Souza Prudente, numa bondade extremada pede explicações sobre a retirada dos camelôs da Presidente Vargas e dá novo prazo de 48 horas para que se cumpra a ação.
O prefeito disse que não sabe a partir de quando vai contar o novo prazo.
Agora é com Polícia Federal e tudo o mais que tem direito.
Se não cumprir pode ir chorar em outra freguesia.

Sobre Desmatamento...

A Folha de São Paulo começa a publicar uma série intitulada "Folha Explica", que apresenta a necessidade racional de revisar, desde a raiz, as noções mais correntes sobre o ecossistema da floresta amazônica.
O primeiro capítulo - "A Floresta Amazônica" - poderá ser lido clicando no link.
O livro, de autoria de Marcelo Leite, colunista da Folha e responsável pelo blog Ciência em Dia, pode ser adquirido nas principais livrarias, pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Publifolha.
Leia um trecho:

"Há bem pouco tempo, porém, pelo menos em termos geológicos --uma hora e meia atrás, se toda a história do planeta fosse comprimida em um século--, boa parte da paisagem amazônica era radicalmente diversa: muito mais seca, com um rio Amazonas e as portentosas chuvas minguados em pelo menos 40%, segundo estudo dos pesquisadores Mark Maslin e Stephen Burns na revista Science (vol. 290, p. 2285; 22/12/2000). A floresta, recortada em muitas ilhas separadas por manchas de cerrado e, talvez, até mesmo caatingas, segundo a interpretação do geógrafo brasileiro Aziz Nacib Ab'Sáber".

Canoa Furada

O plano do governo federal para que a devastação florestal fosse minimizada está indo por águas abaixo.
Sem pessoal qualificado para monitoramento virtual e físico, o plano governamental é um embuste.
Os agricultores, madeireiros e pequenos lavradores estão se lixando para estas ações que serão implementadas: embargo de propriedades onde houve desmatamento; controle de agropecuária; criação de unidades de conservação; bloqueio de financiamentos para aqueles que tiverem atividades que geram a derrubada de árvores e a exigência de recadastramento de propriedades localizadas nas regiões desmatadas.
Pior é que o governo não aprende a lidar com esta ação predatória, apesar de anualmente acontecer um aumento desenfreado do desmatamento e ser, sempre, uma repetição do ano anterior.

25 de janeiro de 2008

Cemitérios...

A instalação de cemitérios em locais com condições geológicas desfavoráveis pode provocar sérios riscos ao meio ambiente. "Devido ao processo de decomposição de corpos dispostos no subsolo, os cemitérios podem apresentar a potencialidade de comprometer a qualidade do solo e das águas subterrâneas", alerta a pesquisadora Ana Paula Silva Campos, que estudou o tema em sua dissertação de mestrado em Saúde Ambiental na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP.

A implantação de cemitérios deve considerar fatores como implantação geológica e hidrogeológica e operação técnica e sanitária adequadas, fixando faixas de proteção sanitária para garantir a qualidade das águas. "É necessário licenciar, fiscalizar, monitorar e acompanhar a atividade cemiterial rigorosamente, para prevenir e controlar a eventual poluição, além da utilização de técnicas de remediação para reutilização de áreas de cemitérios", alerta a pesquisadora.
Mais informações: (0XX11) 8196-0263, com Ana Paula Silva Campos. A pesquisa foi orientada pelo professor Wanderley da Silva Paganini.


Mais informações aqui.

O Cargo é Dele...

Do site Amazônia:

A estatal Eletronorte, com orçamento de aproximadamente R$ 5,5 bilhões, será provavelmente entregue pelo governo Lula ao grupo do dep. Jader Barbalho (PMDB-PA). Observadores da política energética estão preocupados pela indicação a presidente de um homem de confiança de Jader e tido como símbolo de corrupção em governos de diferentes cores políticas. Trata-se de Lívio Rodrigues de Assis, atual diretor do DETRAN no Pará.

Telecomunicações...não. Mineração... sim

No começo, o alvo eram as telecomunicações. Depois aplicou em agricultuta, no Pará. Agora, o foco é o setor de mineração do banqueiro e empresário Daniel Dantas.
Caladinho, ele montou nos últimos meses uma empresa especializada em pesquisar e avaliar reservas minerais pelo Brasil. Uma vez comprovado o potencial da mina, ela seria vendida para grandes mineradoras em leilões no mercado internacional.
Controlada pelo banco Opportunity - que pertence a Dantas - e com a participação de geólogos ligados a grandes descobertas minerais no País, a Global Miner Exploration (GME4) está pesquisando áreas em 11 Estados.
Uma aposta suficientemente arriscada e que necessita de um volume farto de dinheiro.

Besteirol Público

A questão dos ambulantes ainda continua rendendo podres frutos políticos.
Eles querem continuar a atrapalhar a vida dos milhares de transeuntes que vão e vem pela avenida Presidente Vargas. E ainda tem uns politicozinhos que dão força.
Lamentável...

Besteirol Privado

Hoje uma edição do maior besteirol do Carnaval Paraense: A Rainha das Rainhas, do grupo Maiorana.
E tem um desuso tão grande como o Miss Brasil, com certeza.
E pior, com o apoio do Governo do Estado do Pará!

Desejo

Desejo primeiro que você ame,
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.
Desejo, pois, que não seja assim,
Mas se for, saiba ser sem desesperar.

Desejo também que tenha amigos,
Que mesmo maus e inconseqüentes,
Sejam corajosos e fiéis,
E que pelo menos num deles
Você possa confiar sem duvidar.
E porque a vida é assim.

Desejo ainda que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos,
Mas na medida exata para que, algumas vezes,
Você se interpele a respeito
De suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
Para que você não se sinta demasiado seguro.

Desejo depois que você seja útil,
Mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,
Quando não restar mais nada,
Essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.

Desejo ainda que você seja tolerante,
Não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
Mas com os que erram muito e irremediavelmente,
E que fazendo bom uso dessa tolerância,
Você sirva de exemplo aos outros.

Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais,
E que sendo maduro, não insista em rejuvenescer
E que sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e
É preciso deixar que eles escorram por entre nós.

Desejo por sinal que você seja triste,
Não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra
Que o riso diário é bom,
O riso habitual é insosso e o riso constante é insano.

Desejo que você descubra ,
Com o máximo de urgência,
Acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos,
Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.

Desejo ainda que você afague um gato,
Alimente um cuco e ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque, assim, você se sentirá bem por nada.

Desejo também que você plante uma semente,
Por mais minúscula que seja,
E acompanhe o seu crescimento,
Para que você saiba de quantas
Muitas vidas é feita uma árvore.

Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,
Porque é preciso ser prático.
E que pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele
Na sua frente e diga "Isso é meu",
Só para que fique bem claro quem é o dono de quem.

Desejo também que nenhum de seus afetos morra,
Por ele e por você,
Mas que se morrer, você possa chorar
Sem se lamentar e sofrer sem se culpar.

Desejo por fim que você sendo homem,
Tenha uma boa mulher,
E que sendo mulher,
Tenha um bom homem
E que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,
E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor para recomeçar.

E se tudo isso acontecer,
Não tenho mais nada a te desejar.



De Vitor Hugo, adaptado por Vinicius de Morais

Corrigindo o êrro...

No Diário do Pará:

"Primeiro político punido pela Justiça por infidelidade partidária, o vereador de Buritis (RO), Lourival Pereira de Oliveira (PV), teve sua cassação anulada na noite de ontem pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de Rondônia, o mesmo que o havia cassado em dezembro. Segundo a assessoria do tribunal, a defesa de Oliveira argumentou que havia ocorrido um erro processual no pedido de cassação.


Para a defesa do vereador, quem havia assinado a ação inicial pedindo a perda de seu mandato não era um advogado e, portanto, não tinha legitimidade legal para fazê-lo. Os juízes acabaram anulando a decisão anterior e ordenando a volta imediata de Oliveira à Câmara".


Será que vão ocorrer outras correções de sentenças? Aqui no Pará tem muito nego chiando com as decisões unânimes do Tribunal.

Nem Badalou o Sino...

Sobre a decisão do CNJ de determinar que os juízes morem em suas comarcas, já foram enviados os pedidos de seis juízes titulares de varas de três comarcas da Região Metropolitana de Belém - quatro de Ananindeua, um de Benevides e um de Marituba - no Tribunal de Justiça do Estado (TJE) de licença para residir em Belém.

Alguém acreditou na decisão do CNJ?

24 de janeiro de 2008

O Galo Cantou...

Conforme prognóstico de fonte graduada do blog, a exoneração de Raimundo Rosivaldo, o Rose foi definida ontem mesmo.
Eis a portaria:

FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE
PORTARIAS DE 23 DE JANEIRO DE 2008

O Diretor-Executivo no exercício da Presidência da Fundação Nacional de Saúde, no uso da atribuição que lhe confere o artigo 108, inciso I, da Portaria n.º 1.776 de 8.9.2003, publicada no D.O.U. de 09 subseqüente, resolve:

No- 74 - Designar MARIA CONCEIÇÃO QUINTINO SALES PANTOJA, CPF 052.549.732-34, para exercer no período de 17 a 31/1/2008, o encargo de substituto eventual do Chefe do Distrito Sanitário Especial Indígena Sul-Sudeste da Coordenação Regional da Fundação Nacional de Saúde no Estado de Santa Catarina, DAS 101.2, código 50.0729.

No- 75 -Exonerar RAIMUNDO ROSIVALDO FERREIRA DE SOUZA, CPF 041.939.972-00, do cargo de Chefe do Distrito Sanitário Especial Indígena de Tapajós da Coordenação Regional da Fundação Nacional de Saúde no Estado do Pará, DAS 101.2, código 50.0548.

No- 76 -Nomear ÂNGELA MARIA REGES DE SOUZA, CPF 381.023.742-68, para exercer o cargo de Chefe do Distrito Sanitário Especial Indígena de Tapajós da Coordenação Regional da Fundação Nacional de Saúde no Estado do Pará, DAS 101.2, código 50.0548.
JOSENIR GONÇALVES NASCIMENTO

Boas Novas...

Durante muitos anos, a pesquisa mineral no Brasil foi negligenciada.
O preço dos minérios estava em baixa e o governo federal não tinha recursos para mapear o território. Agora, governos de Estados como Minas Gerais, Bahia, Mato Grosso e Goiás estão investindo em busca de oportunidades. Grandes mineradoras e fundos de investimentos internacionais também voltaram a vasculhar o território brasileiro. O potencial brasileiro é um dos maiores do mundo, segundo Jatobá, da GME4.
Brasil, Austrália e Canadá estão entre os países com maior área com características que indicam a presença de minerais valiosos. Só que os investimentos em exploração no Canadá foram sete vezes maiores do que no Brasil. Os da Austrália foram quase cinco vezes maiores. Segundo o DNPM (Departamento Nacional de Produção Mineral), somente este ano serão investidos US$ 400 milhões em pesquisas.
Boa parte desse valor é bancado por grandes mineradoras, geralmente em áreas próximas às suas reservas.

Fonte: Brasil InfoMine

Passando a Sacolinha...

No Santarém em Alerta:

"Bem que o cerimonial do governo do estado deveria exigir um quilo de alimento não perecível de cada um da trupe petista que vai bater palmas, hoje à noite, para a governadora Ana Júlia e o vice Odair Corrêa, na Casa da Cultura. Seria uma boa oportunidade de repor os alimentos que a companheirada deixou de arrecadar por ocasião da ópera de Pucinni, na semana passada".

Nem que a vaca tussa, essa companheirada vai abrir a mão e passar a sacolinha.

Amor

Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração para de funcionar por alguns segundos, preste atenção.
Pode ser a pessoa mais importante da sua vida.

Se os olhares se cruzarem e neste momento houver o mesmo brilho intenso entre eles,
fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante e os olhos encherem d'água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.

Se o primeiro e o último pensamento do dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente divino: o amor.

Se um dia tiver que pedir perdão um ao outro por algum motivo e em troca receber um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos e os gestos valerem mais que mil palavras, entregue-se: vocês foram feitos um pro outro.

Se por algum motivo você estiver triste, se a vida te deu uma rasteira e a outra pessoa sofrer o seu sofrimento, chorar as suas lágrimas e enxugá-las com ternura, que coisa maravilhosa: você poderá contar com ela em qualquer momento de sua vida.

Se você conseguir em pensamento sentir o cheiro da pessoa como se ela estivesse ali do seu lado... se você achar a pessoa maravilhosamente linda, mesmo ela estando de pijamas velhos, chinelos de dedo e cabelos emaranhados...

Se você não consegue trabalhar direito o dia todo, ansioso pelo encontro que está marcado para a noite... se você não consegue imaginar, de maneira nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado...

Se você tiver a certeza que vai ver a pessoa envelhecendo e, mesmo assim, tiver a convicção que vai continuar sendo louco por ela... se você preferir morrer antes de ver a outra partindo: é o amor que chegou na sua vida.

É uma dádiva.

Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida, mas poucas amam ou encontram um amor verdadeiro.

Ou às vezes encontram e por não prestarem atenção nesses sinais, deixam o amor passar, sem deixá-lo acontecer verdadeiramente.

É o livre-arbítrio.

Por isso preste atenção nos sinais, não deixe que as loucuras do dia a dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: o amor.


Carlos Drummond de Andrade

Boçalidade II

Desta vez o blogueiro Juca Arruda foi muito bonzinho.

No post Migão ele acha que, quando se fala no alcaide Dudu acerta na mão do colunista Bernardino Santos, de O Liberal.

Acho que é pouco...

Agora a bola da vez é o constrangido (sic) vice-governador Odair Correa. Olha o mimo:

"Bastou a coluna publicar que Odair Corrêa estava sofrendo constrangimentos no balcão da Gol, em Santarém, para que a gerência local procurasse a assessoria do vice-governador informando que, a partir daquela data, ele pode despachar sua bagagem por meio da sua assessoria, ajudante de ordem ou qualquer outra pessoa, bastando apresentar a carteira de identidade. Por sinal, a nota foi enviada à alta cúpula da empresa. Muita água ainda pode rolar, até porque Odair foi quem levou a Gol para Santarém".

Então tá.

Levou a Gol prá Santarém, né? 'Tadinho dele...

Entre a Cirrose e o Pôquer

O artigo "A Grande Cartada", no site do Diego Casagrande, dá uma ilusão de que a economia americana vai se ajustar e, consequentemente, a nossa.

Vale a pena saber o que o Fed está aprontando para os americanos quase deficitários: "Trata-se da última grande cartada do Fed, para tentar injetar liquidez e ânimo nos mercados e evitar o pior, a temida recessão".

Prazo Final

Fonte graduada do blog informa que, a despeito das notas de repúdio, agravos e desagravos de todos os tipos a exoneração de Rose (Raimunod Rosivaldo, administrador do DSEI Tapajós) está indo pros "tipos" do DOU.

A fritada acabou. Sem retorno!

Tsunami econômico


No blog "O Que pensa Aluizio" uma análise das declarações do governo e do que se vai encontrar nos próximos anos feita por Paulo Castellari Filho (*)

"Nestas primeiras semanas do ano que está começando as autoridades brasileiras foram à televisão em inúmeras oportunidades para tentar tranqüilizar a população negando o perigo de um surto de febre amarela, afirmando que não haverá apagão de energia elétrica e, finalmente, para jurar de pés juntos que o Brasil está suficientemente seguro contra a crise americana.

No que respeita à economia, quem comprou ações da Petrobras acima de R$ 80,00 sob os efeitos do Tupy parece ter uma idéia muito diferente de tudo o que afirmam as autoriades, não é Sr. Henrique Meirelles?

A bolsa antecipa movimentos da economia real, ela constrói o humor da economia. Não é à toa que todo o dia do ano se fala dela na televisão, embora não mais que 3% da população entenda o conteúdo do que dizem os analistas de mercado.

Não é preciso ser esperto para saber que as coisas andam mal no governo Lula. Entretanto, esta funesta realidade é abafada e não aparece no noticiário da grande mídia. E o governo lulístico, contumaz gastador de dinheiro público, nem se preocupa em molhar a mão dos jornalistas já que a maioria é petralha de carteirinha.

Mas a realidade econômica vai calar esses mentirosos. Diversos acontecimentos ameaçam a estabilidade econômica mundial. Todos de alto teor explosivo.

- Déficits gêmeos americanos. Os americanos gastaram mais do que tinham por décadas, construíram uma divida inimaginável para o brasileiro comum. Isso requer desvalorização do dólar para interromper a gastança. Isto é, fazer o povo americano empobrecer. Uma coisa leva a outra e o consumo lá vai cair e não tem conversa. Falta de consumo quer dizer recessão.

- Inflação nos preços dos alimentos, deflação nos produtos industrializados. A China tem muita gente, o planeta tem muita gente. Todo mundo precisa de alimentos e eles vão se tornar cada vez mais caros. A China tem muitas indústrias competitivas e com o fator mão de obra contando a seu favor, lá se paga salário de fome. Um complexo industrial enorme e superprodução. Na hora que os chineses verem que suas exportações começam a declinar e iniciem o processo de queima de estoques e produção, os industriais brasileiros verão o que é bom para tosse. Televisores chineses serão oferecidos a $ 100,00 mangos nas lojas. Vai ser a maior deflação que o mundo já viu em produtos industrializados, muitos países quebrarão a cara e o Brasil pode ser o primeiro.

- O preço do petróleo não vai cair até 2010, quando os EUA, Europa e Japão começarem a vender os carros elétricos para a população a fim de trocar a base energética dos transportes terrestres movidos a combustível fóssil. A Petrobrás receberá um duro golpe em 2011. A recessão econômica mundial, levando-se em conta os valores envolvidos, deverá durar mais do que um ano. Dizer que o Brasil não será atingido é no mínimo uma piada de mau gosto. As reservas brasileiras não durarão nem meio ano frente ao desencaixe monetário que irá acontecer. Muito dinheiro vai sumir de forma mágica, incluindo nossas reservas.

O tsunami econômico está chegando, não há como escapar dele"
.


(*) Paulo Castellari Filho é expert em mercado e bolsa de valores e analista colaborador do blog " O Que pensa Aluizio". Atua em São Paulo.

23 de janeiro de 2008

Amor

Amemos! Quero de amor
Viver no teu coração!
Sofrer e amar essa dor
Que desmaia de paixão!
Na tu'alma, em teus encantos
E na tua palidez
E nos teus ardentes prantos
Suspirar de languidez!

Quero em teus lábio beber
Os teus amores do céu,
Quero em teu seio morrer
No enlevo do seio teu!
Quero viver d'esperança,
Quero tremer e sentir!
Na tua cheirosa trança
Quero sonhar e dormir!

Vem, anjo, minha donzela,
Minha'alma, meu coração!
Que noite, que noite bela!
Como é doce a viração!
E entre os suspiros do vento
Da noite ao mole frescor,
Quero viver um momento,
Morrer contigo de amor!


Manuel Antônio Álvares de Azevedo

Extração Sustentável de Ouro e Prata

Informa o Jornal do Meio Ambiente:

"Em 2010, a empresa mexicana de mineração Peñoles passará a utilizar um método sustentável e único no mundo para extrair ouro e prata, criado por pesquisadores da estatal Universidade Autônoma Metropolitana (UAM). Convencer a empresa não foi fácil. Trata-se de um reator eletroquímico que elimina vários passos dos métodos tradicionais, é mais barato e não gera resíduos.


Atualmente, se recorre ao venenoso cianureto e a caros processos de aquecimento da rocha para separar os metais preciosos de outros minerais aos quais estão misturados. O reator emprega tiourea, um composto molecular semelhante à uréia, que se obtém da decomposição de vegetais ou de hidrocarbonos. A tiourea, cuja oxidação é controlada com eletricidade, começa a agir ao entrar em contato com o material arenoso ou rochoso e precipita o ouro e a prata. Além disso, pode ser reutilizada de forma quase infinita".


Leia mais aqui.

Quero ser a Vale

Informa o portal Brasil InfoMine:

"A mineradora britânica Anglo American pretende atingir, em 10 anos, a produção de 100 milhões de toneladas de minério de ferro por ano no Brasil, ganhando escala suficiente para reduzir a concentração do mercado hoje em mãos da Vale, responsável por mais de 90% da produção nacional. O valor corresponde à produção estimada para este ano de Carajás, no Pará, o maior complexo de minério de ferro da Vale.


Segundo a presidente mundial da Anglo American, Cynthia Carrol, a meta vai exigir investimentos de US$ 16 bilhões no período. A executiva informou que a produção adicional será obtida, basicamente, da ampliação do projeto Minas-Rio, envolvido nas negociações com a MMX. "Vamos continuar explorando e perfurando no Brasil, mas o crescimento se dará pela Minas-Rio", afirmou Cynthia, em entrevista coletiva concedida na sede da empresa controlada por Eike Batista, no Rio".

Desenvolvimento via Sebrae

Uma maneira prática para que o empreendedor ou empresário possa ter acesso ao conhecimento sobre a gestão de um negócio.

Com essa perspectiva, desde 2001 o Sebrae desenvolve cursos de educação a distância (EAD) pela internet. Desde o dia 7 até o dia 28 de janeiro, os interessados em participar dessa programação podem se inscrever pela internet no site http://educacao.sebrae.com.br/.

Há cerca de 34 mil vagas disponíveis.

Cerca de 700 mil pessoas já participaram gratuitamente dos cursos de Educação a Distância do Sebrae via Internet, que são "Iniciando um Pequeno Grande Negócio (IPGN)", "Aprender a Empreender", "Como Vender Mais e Melhor", "Análise e Planejamento Financeiro" e "D-Olho na Qualidade".

O aluno dispõe de 60 dias para concluir o curso IPGN e de 30 dias de prazo para cada um dos outros.

Informalidade e Desemprego

O Contas Abertas publica hoje “Juventude e Trabalho Decente”, relatório produzido pela OIT (Organização Internacional do Trabalho), divulgado em setembro de 2007. A pesquisa demonstra que o desemprego, a informalidade e a inatividade ameaçam o futuro de cerca de 106 milhões de jovens latino-americanos e caribenhos.

Além disso, os três problemas limitam o potencial da região para impulsionar o crescimento econômico e lutar contra a pobreza.

Segundo a pesquisa, na América Latina e Caribe existem 10 milhões de jovens desempregados e outros 30 milhões trabalhando na informalidade. Os jovens representam 46% do total de desempregados na região, sendo que o desemprego aberto atinge 17% dos jovens, ao passo que para os adultos esse índice é de 6%.

Clique aqui para ver trechos do relatório.

Programa de Reflorestamento

No site da SEMA:

O governo do Pará está preparando um grande programa de reflorestamento e estímulo ao plantio de florestas, que prevê a recuperação de áreas degradadas, sobretudo nas regiões nordeste, sul e sudeste, que somadas, estima-se, atingem um percentual próximo a 13% da área total do Estado.
A idéia é assegurar condições legais para restauração das áreas devastadas, mas por outro lado, assegurar ao produtor rural, seja grande ou pequeno, ganho econômico do investimento que terá que fazer. O governo também incentivará o plantio em escala como forma de estimular a atividade madeireira sem a necessidade da derrubada da floresta
.

Muita Sêde e Pouca Água

A Prefeitura de Itaituba, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente deseja firmar um convênio com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente para autorizar as licenças ambientais referentes a funcionamento de postos de combustível e garimpagem no município.

Elogiável, em se tratando de ação.

Perigosa e danosa, em se tratando de ação ambiental.

O caso é que o órgão ambiental municipal poderia e deveria se preocupar em transformar a cidade, primeiramente, em um local ambientalmente agradável, mas não o faz.

Vejamos como.

Existem diversos empreendimentos que necessitam de acompanhamento ambiental constante. Casos de construção da orla, supermercados, granjas, frigoríficos, oficinas de mobiliário, açougues, restaurantes, empresas que negociam com agrotóxicos, parcelamento do solo (loteamentos e desmembramentos), edificações uni e multifamiliares e muitas outras ações ambientais de peso significativo no ordenamento territorial.

Recentemente foi anunciada uma lavanderia comunitária, que beneficiaria a população de vários bairros. E o licenciamento ambiental desta atividade? Ou acham que não é necessário?

Acredito que as secretarias municipais não estão dando o devido valor a parte ambiental de suas obras.

E quem perde com isso é a população mais jovem que ainda vai ter o seu futuro comum.

Boçalidade...

Durante uma visita à Defensoria Pública tivemos a oportunidade de ouvir uma exigência, no mínimo, esdrúxula de um repórter de O Liberal.

Chegou lá exigindo que a Defensora-Geral lhe concedesse uma entrevista naquele horário.

Saiu de lá sem aquela e nenhuma outra, se não apresentasse o tema e marcasse com a Assessoria de Imprensa antecipadamente.

Novas Zonas Eleitorais

Além das 97 Zonas Eleitorais já existentes, o Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE/PA) vai criar quatro novas Zonas, já homologadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), localizadas nos municípios de Jacareacanga, Acará, Novo Repartimento e Melgaço.

Além disso, Marabá também terá mais uma zona eleitoral.

O TRE ainda aguarda autorização do TSE para a criação de nova Zona em Breu Branco, Sudeste do Estado.

O município de Jacareacanga, localizado no extremo Sudoeste do Pará, pertencia à 34ª ZE, em Itaituba. Com a criação vai passar a ser Zona independente.

Mais Cassação...

Mais três vereadores foram cassados na manhã desta terça-feira (22) pela Corte do TRE/PA (Tribunal Regional Eleitoral do Pará) por infidelidade partidária.

À unanimidade, os juizes votaram pelas cassações dos vereadores José Antônio Coelho da Rocha, o Bispo Rocha, de Belém; Wilson Ferreira da Silva, do município de Curionópolis; e Márcia Lopes do Nascimento, de Rio Maria.

Cidade Sustentável

Durante uma conferência sobre energia em Abu Dhabi, foram apresentados os detalhes sobre a primeira cidade sustentável do mundo, localizada nos Emirados Árabes Unidos.
Chamada de Masdar ("a fonte", em árabe), a cidade será a primeira livre de emissões de carbono e desperdício. Além disso, será abastecida apenas com energia renovável.
Localizada no deserto nos arredores de Abu Dhabi, a cidade murada será construída em uma área de seis quilômetros quadrados e terá capacidade para abrigar 50 mil habitantes e 1,5 mil estabelecimentos comerciais.
A previsão é de que os primeiros moradores se mudem para a cidade no início de 2009.
Segundo Norman Foster, da Foster and Partners, Masdar será livre de emissões de carbono, com 100% de sua energia fornecida por fontes renováveis.
A cidade deve abrigar também a maior fonte de energia fotoelétrica (conversão direta da energia solar em energia elétrica) do mundo.
Masdar também não terá desperdício, dizem os arquitetos, já que a previsão é de que 99% do lixo seja reciclado ou transformado em compostos.
Outra novidade é o transporte público da cidade, que não terá carros. De acordo com o planejamento urbano elaborado pelos arquitetos da Foster and Partners, nenhum pedestre terá que andar mais de 200 metros para ter acesso ao transporte público.
Além disso, a maioria das ruas da cidade terá apenas 3 metros de largura e 70 de comprimento para facilitar a passagem do ar e incentivar a caminhada.

22 de janeiro de 2008

Saúde Indígena

Nota no Diário do Pará sobre a entrega de veículos para atendimento com mais qualidade e rapidez aos indígenas de quatro distritos parece piada. Afirma o presidente em exercício: “Os distritos já dispõem de barcos e aluguel de aeronave, que ajudam na remoção e no acesso de médicos e enfermeiros. Os veículos servirão ainda para fiscalizar obras executadas para melhoria na qualidade do atendimento”.
Veja isso: no Distrito Tapajós, o administrador está trazendo os indígenas para "segurar" seu cargo e os outros passam necessidade nas aldeias como diz a nota do Blog do Jota Parente.

Poesia do Dia

Não te quero senão porque te quero,
e de querer-te a não te querer chego,
e de esperar-te quando não te espero,
passa o meu coração do frio ao fogo.
Quero-te só porque a ti te quero,
Odeio-te sem fim e odiando te rogo,
e a medida do meu amor viajante,
é não te ver e amar-te,
como um cego.
Talvez consumirá a luz de Janeiro,
seu raio cruel meu coração inteiro,
roubando-me a chave do sossego,
nesta história só eu me morro,
e morrerei de amor porque te quero,
porque te quero amor,
a sangue e fogo.

Pablo Neruda

Os Ambulantes...

Neste Brasil se tem notícias de uma quantidade de desrespeito às decisões judiciais tão grande que nem dá prá acreditar que os ambulantes se retiraram das calçadas dos Correios.

A prefeitura quis aproveitar e retirar de toda a Presidente Vargas, mas logo vieram os "padrinhos" de bagunça (vereadores Zeca Pirão - PP, Marinor Brito - PSOL e Marquinhos do PT - PT) para "intermediar" a saída só de frente do prédio da empresa.

Quer dizer que vamos continuar sendo empurrados para o meio da rua e eles ficam nas calçadas.

Ainda Sobre Mangabeira...

"É a prova cabal de que Mangabeira nada entende de mata amazônica. Apenas transfere para elas esquemas mentais lobrigados nos bosques temperados do hemisfério Norte".

Citação de artigo de Marcelo Leite, O ideoduto de Mangabeira, em seu blog Ciência em Dia.

Opinião...Todos Tem...

Uma opinião, publicada em O Liberal desta segunda-feira demonstra que as sugestões emitidas para que a Amazônia seja povoada são desapropriadas.

O autor do artigo "Transposição Amazônica" critica a viagem do Unger à Amazônia, faz paralelo com o projeto de Ciro Gomes da transposição do rio São Francisco e sugere em determinado trecho que " na vastidão de suas mesopotâmicas margens, poderiam confortavelmente abrigar definitivamente os flagelados das secas, bem como so flagelados das grandes cidades".

Sugere a ocupação definitiva com "a plantação de mandioca para produzir alimentos e alcool combustível".

Acredito que o autor estava brincando com esta tese, mas talvez seja um profundo conhecedor dos rios e locais escondidos desta parte do Brasil e faça parte da caravana do Mangabeira Unger sem se movimentar de Belém do Pará.

O Maior Produtor de Ouro

Durante longo tempo, a África do Sul manteve o posto de maior produtor de ouro do planeta.

Agora adivinha quem tomou o seu posto?

Isto mesmo: a China!

O paía asiático, ajudada por projetos conduzidos por canadenses e australianos, e produziu 276 toneladas de ouro no ano (9,7 milhões de onça-troy), volume 12% superior ao produzido pelo país em 2006 e mais de 10% da produção mundial. É a primeira vez que a África do Sul, gigante do ouro, perdeu a liderança mundial desde 1905: por lá a produção caiu 8%, perfazendo 272 toneladas.

Como existem muitos projetos sendo conduzidos por australianos e canadenses no Tapajós, quem sabe não chegamos mais perto dos maiores produtores mundiais?

Crimes Ambientais

Do portal ORM:

"Em apenas cinco municípios do Pará, foram aplicaram multas por crimes ambientais que somam quase 430 milhões de reais no ano de 2007.

O dado foi divulgado nesta segunda-feira (21) pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no Pará.

As unidades que registraram os maiores números de multas são de Belém (Superintendência), Marabá, Santarém, Paragominas e Altamira. Juntas, expediram 680 autos de infração, 450 termos de apreensão e Depósito, e foram apreendidos mais de 617 bens, durante as operações.

No total, foram 32 Operações que marcaram 2007 pela grande quantidade de apreensões de madeiras serradas, em tora e de carvão vegetal, que somadas, ficam em torno de 72 mil metros cúbicos de madeira em tora; mais de 23 mil metros cúbicos de madeira serrada e cerca de 61 mil metros cúbicos de carvão vegetal.

Com a coordenação da Superintendência do Ibama no Pará, cuja sede fica em Belém, e com o apoio das unidades do Ibama em alguns municípios do interior do Estado, foram aplicadas multas que somam mais de R$200 milhões; 199 autos de infração lavrados, cerca de 27 mil metros cúbicos de madeira em tora, mais de 10 mil metros cúbicos de madeira serrada e 22 mil metros cúbicos de carvão vegetal.

A gerência de Marabá também lavrou um alto número de multas. Foram R$194 milhões em 2007. 141 autos de infração, 80 termos de apreensão e 9 mil metros cúbicos de madeira em tora; 3 mil de madeira serrada e mais de 23 mil metros cúbicos de carvão vegetal. Do total de operações do Ibama executadas no Pará em 2007, um terço foi coordenada pela Gerência Executiva do órgão em Santarém, resultando cerca de R$17 milhões em multas. Os autos de infração lavrados foram 174 e os termos de apreensão e depósito totalizam 117.

Em Paragominas, as multas ultrapassam R$13 milhões, os autos de infração 40 e os Termos de Apreensão 45. Em relação as apreensões de madeira em tora, serrada e de carvão vegetal, ficam, respectivamente, em torno de 4 mil, 303 e 13 mil metros cúbicos.
Por fim, na gerência de Altamira, as multas foram maiores que R$3 milhões. Os autos de infração somam 146 e os termos de apreensão e depósito, 34. Os fiscais apreenderam mais de 19 mil metros cúbicos de madeira em tora, cerca de 5 mil metros de serrada e 100 metros cúbicos de carvão vegetal.

Em 2008, de acordo com o Superintendente do Ibama no Pará, Aníbal Picanço, o Ibama intensificará as operações especiais no Estado. 'É o que já estamos fazendo por meio da mais recente Operação, denominada Rastro Verde. Vamos intensificar nossa fiscalização neste período das férias e com isso, impediremos o avanço da comercialização ilegal da madeira. E agora, contamos com a parceria da Sema, com que qual assinamos acordo no final do ano passado. Esse acordo permite que a Secretaria dê continuidade ao nosso trabalho. O Ibama apreende e a Sema dá a destinação adequada', finaliza Aníbal".

21 de janeiro de 2008

Se Fosse Verdade...

No Quinta Emenda:

Neste país, até o óbvio tem que virar objeto de algum tipo de coerção. Aqui vai mais um exemplo, em ótima hora. O corregedor do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Cesar Asfor Rocha, determinou que os juízes residam na sede das comarcas a que estejam vinculados. Por enquanto o controle será virtual, com os dados de todas as secretarias e serventias judiciais de primeiro grau e o acompanhamento, em tempo real, da produtividade de todos os magistrados.Espera-se, para já, que igual medida seja estendida aos promotores de Justiça, especialistas no desdôbro de seus expedientes pelo interior.Quem sabe asim a vida lhes parecerá digamos, mais real.

Não acredito... Mas quero ver o juiz de Jacareacanga morando lá. E o promotor e o defensor público e um monte de advogados rondando o fórum local.

Mas leia a notícia inteira aqui.

Portos e...Campanha Eleitoral

Na Folha de São Paulo:

Senador licenciado, ex-prefeito de Manaus e nome forte para concorrer ao governo do Amazonas em 2010, o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento (PR), incluiu entre os projetos de sua pasta para este ano a construção de novos 49 portos fluviais em seu Estado, quase um para cada município.

O projeto de Orçamento de 2008 em tramitação no Congresso prevê 60 "terminais fluviais" (portos) para o país, o que significa que o Amazonas terá 81,6% destas obras. Estima-se que o Estado responda por cerca de um terço da extensão dos rios navegáveis do Brasil, que é de 28 mil quilômetros no total -não há números precisos.

Os portos fluviais beneficiarão 47 municípios de um total de 62 do Estado (duas cidades terão dois portos cada). Todos devem estar prontos e inaugurados até o final do ano que vem. Antes, portanto, da campanha eleitoral.

Num distante segundo lugar, o Pará tem 10 portos fluviais incluídos no Orçamento. Há ainda um solitário porto para Rondônia, em Porto Velho.

Os outros Estados amazônicos (Amapá, Roraima e Acre), igualmente dependentes dos rios para transporte, ficarão este ano sem investimento na construção de portos fluviais.

E ele afirma, em nota, que não é campanha eleitoral, mas um planejamento de longo prazo.

O Pagamento Vai prá Quem?

Do blog Santarém em Alerta:

A moda começou em Belém, com o Pará Folia do Grupo Liberal.Em Santarém, toda a segurança interna do show desta madrugada da dupla Zezé Di Carmargo e Luciano foi bancada com o nosso dinheiro público, apesar da promoção ser privada e ter gerado tubos de dinheiro para seus promotores.

Seria de bom alvitre e para que não pairem dúvidas sobre a lisura de seu comando que o coronel Costa Junior viesse a público para esclarecer em que condições a PM foi escalada para garantir a segurança no recinto interno da AABB; se os policiais receberão alguma 'gratificação' caso os promotores do show tenham destinado algum pagamento oficial à corporação; e como ficou a segurança pública no restante dos bairros da cidade, já que quase todo o efetivo da PM foi escalado para o show sertanejo.

Se não houve qualquer pagamento à PM, que pelo menos o Estado do Pará seja ressarcido das diárias que serão pagas nos contracheques dos policiais no final do mês.

É o mínimo que se espera.

Até porque ainda não foi suficientemente esclarecida a utilização do quartel do 8º BEC como local do show do cantor Leonardo, em dezembro do ano passado.

Esta é a briosa Polícia Militar de nosso estado dando segurança.

Amizade...

Um dia a maioria de nós irá se separar.
Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos. Saudades até dos momentos de lágrima, da angústia, das vésperas de finais de semana, de finais de ano, enfim... do companheirismo vivido.
Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre. Hoje não tenho mais tanta certeza disso.
Em breve cada um vai pra seu lado, seja pelo destino, ou por algum desentendimento, segue a sua vida, talvez continuemos a nos encontrar quem sabe... nos e-mails trocados.
Podemos nos telefonar conversar algumas bobagens...
Aí os dias vão passar, meses... anos... até este contato tornar-se cada vez mais raro. Vamos nos perder no tempo...
Um dia nossos filhos verão aquelas fotografias e perguntarão: Quem são aquelas pessoas?
Diremos... que eram nossos amigos. E... isso vai doer tanto!
Foram meus amigos, foi com eles que vivi os melhores anos de minha vida!
A saudade vai apertar bem dentro do peito. Vai dar uma vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente...
Quando o nosso grupo estiver incompleto... nos reuniremos para um ultimo adeus de um amigo.
E entre lágrima nos abraçaremos. Faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vidinha isolada do passado.
E nos perderemos no tempo...
Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo:
Não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades... eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!



Fernando Pessoa

Fórum Social Mundial

Os movimentos sociais ligados à organização do primeiro Fórum Social Mundial (FSM) a ser realizado em Belém, no mês de janeiro de 2009 farão da próxima semana, que começa no dia 21 de janeiro, um período de preparação para o grande evento que reúne representações do mundo inteiro.

Nesses dias, grupos sociais e setores do governo do Estado, incluindo a Universidade do Estado do Pará (UEPA), desenvolvem diversas ações na cidade que culminam no Dia de Mobilização e Ação Global, 26 de janeiro.

A VALE Investe...

No final da semana que se encerrou, aumentou a boataria em torno de uma possível oferta formal da Vale pela suíça Xstrata, com fontes ligadas à empresa informando que a brasileira está nos estágios finais da formação de um consórcio de bancos para financiar a transação.

Pelo apurado, a Vale já teria o "ok" de HSBC, Credit Suisse, Citigroup, Santander, BNP Paribas, Barclays e RBS, que emprestariam à empresa um valor que pode chegar a US$ 90 bilhões.

Verdade ou não, na sexta-feira os papéis da Xstrata na bolsa de Londres tiveram uma valorização de 8,6% em razão dos rumores de que a oferta da Vale era iminente.

O grande impasse enfrentado pela Vale é o de manter o grau de investimento, especialmente agora que uma recessão nos EUA é esperada.

Segundo analistas, o melhor é oferecer o máximo possível em papéis da Vale e o mínimo em dinheiro, procedimento que reduziria o tamanho da dívida necessária para fazer a aquisição, mantendo, assim, o grau de investimento - condição imprescindível para que os bancos emprestem o dinheiro necessário para adquirir a Xstrata.

Reintegração de Posse em Garimpo


A Justiça do Amazonas concedeu reintegração de posse de uma área no sul do estado conhecida como garimpo do Juma, onde se procedia a exploração de ouro por cerca de mil pessoas, pouco antes que o empresário José Ferreira da Silva Filho, o Zé Capeta, que administrava a área, abrisse uma cratera gigante no meio do garimpo para fornecer água à atividade de remoção das grotas, onde se encontra o ouro, com o uso de "bicos de jato".


De acordo com duas lideranças do garimpo, André Brasil e Deuzamira Guedes, a atividade cresceu muito dentro da selva e está faltando água para a extração do metal. O verdadeiro proprietário das terras, Flávio Moreira Veras, reassumiu no domingo, por ordem judicial, o controle de sua área e decretou o fim da atividade, para a qual, inclusive, duas estradas foram construídas ilegalmente, para dar acesso ao garimpo a partir da rodovia Transamazônica.

Veras acusou os antigos administradores derrubaram 300 hectares de mata nativa em 14 meses.

Quinze toneladas de ouro foram extraídas das encostas da floresta, conforme dados de integrantes da Cooperativa dos Garimpeiros.

Se a moda pega...

Lição para os Deputados Paraenses...

Do blog Ambiente Acreano:

"Em pleno recesso, a Assembléia Legislativa do Acre promoveu um passeio de iate pela Amazônia que levou deputados, empresários, representantes indígenas e jornalistas para "conhecer de perto os problemas dos rios" da região. O custo da "expedição" foi de cerca de R$ 40 mil, de acordo com a Assembléia. Segundo um gerente operacional de viagens da região, que pediu para não ser identificado, em uma viagem entre Manaus e Cruzeiro do Sul seriam gastos R$ 40 mil só com diesel. Ele avalia que os custos da viagem sejam de R$ 160 mil".


Que nossos parlamentares não "se metam a besta" de querer realizar uma expedição desta pelo Pará. Iriam gastar pelo menos um ano navegando pelos rios paraenses e a verba dispendida seria incalculável. Melhor continuar o besteirol na capital mesmo.

Exame de Ordem da OAB

A Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Pará (OAB-PA) realizou, neste domingo (20), o terceiro e último Exame de Ordem unificado para recém-formados em Direito, do calendário de 2007.

A prova adotada no Pará será a mesma em 23 Estados.

Esta prova dará uma idéia de como andam os cursos de Direito no estado.

A previsão dos resultados é que sejam divulgados nesta terça-feira (22 de janeiro). Mas não se pode acreditar no que vão divulgar as faculdades...

Cuba...Se Rende ao Óbvio.

Reportagem de O Estadão mostra que o país cubano está se rendendo ao capitalismo.

Turismo e dinheiro enviado do exterior estão trazendo benefícios aos moradores da parte mais antiga da cidade: a Havana Vieja, a parte colonial da cidade, que está sendo rapidamente restaurada para atrair visitantes estrangeiros.

Assim, a situação que existe naquele país vai levá-lo, inevitavelmente, a uma democracia. Por mais que Lula ache que o modelito implantado lá é o melhor.

Gaste... Gaste..

Com charge (sem autorização) do Sponholz.

Poesia do Dia

De Pablo Neruda:



Antes de amar-te, amor, nada era meu
Vacilei pelas ruas e as coisas:
Nada contava nem tinha nome:
O mundo era do ar que esperava.
E conheci salões cinzentos,
Túneis habitados pela lua,
Hangares cruéis que se despediam,
Perguntas que insistiam na areia.
Tudo estava vazio, morto e mudo,
Caído, abandonado e decaído,
Tudo era inalienavelmente alheio,
Tudo era dos outros e de ninguém,
Até que tua beleza e tua pobreza
De dádivas encheram o outono.

20 de janeiro de 2008

De Pablo Neruda...



Morre lentamente

Quem não viaja,

Quem não lê,

Quem não ouve música,
Quem não encontra graça em si mesmo.

Morre lentamente
Quem destrói seu amor próprio,
Quem não se deixa ajudar.


Morre lentamente
Quem se transforma em escravo do hábito
Repetindo todos os dias os mesmos trajeto,
Quem não muda de marca,
Não se arrisca a vestir uma nova cor ou
Não conversa com quem não conhece.


Morre lentamente
Quem evita uma paixão
e seu redemoinho de emoções,
Justamente as que resgatam o brilho dos Olhos
e os corações aos tropeços.

Morre lentamente
Quem não vira a mesa quando está infeliz
Com o seu trabalho, ou amor,
Quem não arrisca o certo pelo incerto
Para ir atrás de um sonho,
Quem não se permite,
pelo menos uma vez na vida,
Fugir dos conselhos sensatos...


Viva hoje!
Arrisque hoje!
Faça hoje!

Não se deixe morrer lentamente!


NÃO SE ESQUEÇA DE SER FELIZ!

19 de janeiro de 2008

Incentivo à Mineração

Poderia ser aqui no Pará, onde se deseja que o estado se torne o maior produtor de minérios do país, mas foi lá no Piauí.
O governador em exercício, Wilson Martins assinou a Lei de criação do Fundo de Apoio à Pesquisa e à Exploração Mineral no Piauí (Femipi) na tarde dessa segunda-feira (14), pelo. A solenidade, que ocorreu no Palácio de Karnak, marca o reinício, depois de 20 anos, dos estudos para mapeamento geológico e de recursos minerais no Estado.
A criação do fundo permite o investimento de R$ 150 mil por mês em pesquisas para alavancar projetos que conseqüentemente atrairão empresas para explorarem minerais no Piauí.

E o Pará, nem uma secretariazinha de mineração tem... E se tem não funciona.

Pior?

O que está sendo pior neste Brasil de não-saúde, desrespeito público?
A dengue que vai matando indiscriminadamente em todos os estados deste país?
Ou a febre amarela que se alastra depois de meio século debelada?
E as mortes vão aumentando...
E ainda não é uma epidemia...
Afinal, qual a diferença entre as mortes?

Usipar

Segundo o site ORM "

"A Usina Siderúrgica do Pará voltou a receber minério de ferro para produção de ferro-gusa fornecido pela Vale. A multinacional voltou a fornecer a matéria-prima porque aceitou as justificativas da empresa sobre a legalidade do funcionamento da Usina, localizada em Barcarena.
Mesmo sem o minério de ferro da Vale, a Usina Siderúrgica do Pará continua a produzir ferro-gusa. A empresa gera cerca de 900 empregos ligados a produção de 500.000 toneladas de ferro-gusa e a expansão do projeto. Segundo a empresa, a meta é produzir 2 milhões de toneladas de aço e 3 milhões de toneladas de ferro-gusa a coque em Barcarena"
.

Embates

Hoje, sábado, 19 de janeiro de 2008 encerra-se o prazo que o desembargador federal deu para que fossem desocupadas as calçadas da avenida Presidente Vargas, em Belém, pelos camelôs.
Desde ontem eles resistem com veêmencia à ordem judicial.
Segundo o Quinta Emenda já aconteceram embates entre os manifestantes e demais parcelas da sociedade organizada (policiais, imprensa, entre outros).

__________________________________________________
Atualização:
Segundo o site ORM, os camelôs já desocuparam a avenida, foram em direção ao shopping Iguatemi e farão novos protestos na segunda-feira.

Preciso

Tenho encontrado muitas pessoas,

porém não encontro gente....

Há um vazio dentro de cada um,
um processo de fechamento em sentimentos.
Encontro sorrisos,
porém daqueles que expõem apenas os dentes.
Encontro verdadeiras tocaias,
e não corações.
Reservas insistentes da solidão.
Tenho encontrado pessoas medrosas, indecisas,
escondendo-se de si mesmas.
Pessoas que dizem:
Não sei...,
Não sei se quero...,
Não sei se posso...
Quando sabem exatamente o que querem e o que buscam,
e não se arriscam ao menor impulso.
Pessoas duras, escuras, impossibilitadas de amar.
Estas, cansei de encontrar...
Busco por gente que empreste o ombro,
que não tenha medo de dizer que levou um tombo.
Busco por gente que assuma que amar traz sofrer,
e, com esta certeza, não venham a se esconder.
Busco por gente que tenha a experiência de sobrevivente de guerra.
Busco por gente, que de tanto caminhar,
não tenha receio de dizer que seus pés ainda têm muito por machucar.
Quero gente de coragem para comigo conversar.
Gente que saiba que máscaras não dão mais para usar,
e sendo seu perfil interno, branco ou preto,
tenha a dignidade de revelar.
Busco por gente que chore livremente,
sem preconceitos pelas lágrimas derramadas.
Quero gente que saiba exatamente para onde está indo
e o que deseja encontrar,
mesmo que esta busca jamais venha alcançar.
Busco por gente,
'Seres Humanos',
que saibam se doar,
estes, eu anseio por encontrar.
Gente de decisão,
sem argumento para esconder, escusas ações.
Quero gente que é gente,
que mostra a cara,
vai à luta e dorme contente.
É desta gente que eu preciso!
Gente liberta,
que me dêem um canto em seu colo
e saibam me acariciar, sem tempo, sem hora
e em qualquer lugar.
José Maria Medina Ferraz