Geologia e Ambiental

30 de novembro de 2006

Libertem Abdelkareem Soliman!


Está sendo deflagrada uma campanha mundial em favor da liberdade de Abdelkareem Soliman, um egípcio de 22 anos que, no começo deste ano foi expulso da Al Azhar Universit, em razão de opiniões emitidas em seu blog .
Posteriormente, continuou a escrever sobre direitos femininos, liberdade de religião e acadêmica.
Em 06 de novembro foi interrogado pela polícia sobre suas postagens. Um advogado do Arabic Network for Human Rights Information estava lhe representando e acompanhando.
Foi preso.
Você pode participar da campanha pela liberdade deste blogueiro e passar esta mensagem para todos os seus leitores.
Basta acessar a página HAMSA ( Hands Across Mideast Support Alliance) e se juntar a muitos outros.

Amazônia em Destaque

Deu no Jornal do Meio Ambiente:

"Durante conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas, um tema central foi colocado em discussão: a necessidade de se criar emprego e renda na região amazônica através de um modelo sustentável de crescimento.

Quer dizer: não é aceitável que se proteja a maior floresta do mundo sem promover meios para que seus habitantes tenham condições de se manter e conservar o seu entorno.

Boa discussão.

ATÉ QUE ENFIM!

Sete estados do País ingressarão nesta quarta-feira (29) no Portal Nacional de Licenciamento Ambiental (PNLA).
São eles: Amazonas, Amapá, Roraima, Pará, Rondônia, Rio de Janeiro e São Paulo.
Com o ingresso deles, todos os estados brasileiros estão representados.
A incorporação ocorrerá durante a última reunião anual do Conselho Nacional de Meio Ambiente, no auditório do Ibama.
O portal oferece dados sobre os órgãos ambientais licenciadores e sobre licenças ambientais emitidas para atividades eempreendimentos potencialmente poluidores em todo o território nacional.
Contém ainda informações sobre estudos ambientais, publicações, bem como outros dados relacionados ao licenciamento ambiental.
No momento da formalização do ingresso dos sets estados ao portal, serão lançadas duas publicações: uma sobre resíduos sólidos urbanos e sistemas de tratamento de esgotos, outra sobre assentamento de reforma agrária.
Elas estarão disponíveis no endereço do portal: www.mma.gov.br/pnla.

Alô, Valdir!

Tive a sorte de parar na Casa da Picanha, ontem.
Lá revi o Valdir.
Boa praça, não deixou de lembrar dos "causos" do Corujão da década de 70.
Como ele diz, muitos já previram sua morte, mas mostra seu álbum de fotos e indica aqueles que já bateram as botas antes dele.
Promete que ainda vai durar muito.
Paulo "Currupio" Moraes, "Alemão" Meschede, Zé Maria, "Bazinho" Trindade, Manoel Acácio e tantos outros foram lembrados pela excelente memória do Valdir.
Longa vida, camarada!

A Tartarugada de Santarém

Ainda espero (diuturnamente) pela narrativa do Juca Arruda, sobre o Festival Gastronômico Sabor Amazônia, em Santarém.
Conta, Juca, conta alguma coisa!

Reflexão dos Atos

O Papão não conseguiu (ainda) escapar da Série C.
O foguetório come solto pelos remistas em virtude desta (re)caída.
Deveria ser ao contrário. Afinal, o Bruno Lopes, Zé Carmona e muitos outros se derretem todas as vezes que o Leão bate o Papinho (na descrição deles) até em mesa de bar.
Os advogados do Paysandu vão recorrer.
Mas já avisam: "É uma Missão Impossível".
Então é melhor contratar o Tom Cruise.

29 de novembro de 2006

Ah! O CREA ...

Está na edição de hoje do Diário:
"Em obediência à Lei Federal 5.194/66, que exige que o profissional tenha o competente registro e pague sua anuidade, o Crea-PA (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia) cancelou os registros de 821 profissionais e 143 empresas - a maioria na área de engenharia -, que estavam inadimplentes por mais de dois anos.
A partir de agora, o Crea informa que quem contratar os serviços de empresas e profissionais nessa situação não terá qualquer garantia legal. Para evitar problemas, antes de contratar, empresas ou órgãos públicos devem solicitar ao Crea a certidão de registro do profissional ou empresa, serviço que é oferecido gratuitamente ao público em geral".

Agora pergunte e responda se a entidade toma alguma atitude quando as obras são "feitas" por empresas que só levam o nome de engenharia nas prefeituras municipais?

Sob denúncia dizem que "estão tomando as devidas providências". Sem elas? Nem pensar.

E os TCM, ou TCE ou TCU?

MUDANÇA DE RUMO

Segundo o biólogo Paulo Moutinho, Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam), de Daniel Nepstad, do Centro de Pesquisa de Woods Hole, e de Britaldo Soares-Filho, da Universidade Federal de Minas Gerais "a política do governo federal de formar um mosaico de unidades de conservação na Amazônia para frear o avanço da fronteira agropecuária pode gerar dinheiro dentro de um mecanismo que valorize a floresta em pé.
Segundo cálculo feito por pesquisadores do Brasil e dos Estados Unidos, destinar 240 mil quilômetros quadrados em 2004 e 2005 para a preservação teve como efeito collateral positivo a prevenção do desmatamento de outros 60 mil km2, uma vez que os desmatadores tendem a abandonar a região ou mudar de atividade"
.
Os dados foram apresentados na última Conferência das Partes da Convenção do Clima (COP), que aconteceu neste mês em Nairóbi, no Quênia.

CALHA NORTE

Ainda sobre a polêmica que os decretos de UC's a serem assinados pelo governador Simão Jatene. o ISA - Instituto Sócioambiental - publicou artigo e explica:

"Projetos de infra-estrutura como hidrelétricas, estradas, pontes e hidrovias tem efeitos diretos e indiretos sobre os ecossistemas. É exatamente para avaliar estes efeitos e buscar minimizá-los ou, eventualmente, compensá-los que a legislação ambiental institui a obrigatoriedade de estudos de impacto ambiental (EIA) para empreendimentos potencialmente danosos ao meio ambiente".
Vale a pena ler.

28 de novembro de 2006

Calha bem verdinha

Já comentado no RD e no Blog do Jeso, o canal Ecodebate publica um artigo de Manoel Francisco Brito - Calha Verde - sobre as unidades de conservação na Calha Norte, que o governador Simão Jatene pretende decretar nestes próximos dias.

Caboclas e Amazonicas

O livro como "Sociedades Caboclas Amazônicas, Modernidade e Invisibilidade", que foi lançado nesta segunda-feira (27) em São Paulo, editado pelos antropólogos Cristina Adams, Rui Murrieta e Walter Neves traz dados novos sobre a vida na imensidão verde.
Entre outros aspectos, se volta para a questão alimentar e apesar da mandioca e do pescado, o caboclo vive no limiar da subnutrição, mas somente no que diz respeito a calorias (alimentos que fornecem energia para o organismo consumir, como açúcares e gordura). No quesito proteínas (nutrientes importantes para a estrutura do corpo), está bem servido com os peixes, que também fornecem caloria na forma de gordura.
Foram pesquisadas cinco comunidades paraenses, três na ilha de Marajó e duas na ilha de Ituqui (região de Santarém).

Especialistas x Sociedade

De Waldir Mantovani, professor titular e vice-diretor da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (USP), no campus USP Leste, sobre o distanciamento dos especialistas e a sociedade, em relação as questões ambientais que não podem ser resolvidas por meio apenas de um enfoque disciplinar:
“É impossível tratar de questões ambientais apenas com base nos efeitos físicos e biológicos da natureza. Como a maior parte dos problemas é causada por pessoas, as questões ambientais estão essencialmente relacionadas com a humanidade. Entender esse processo é o obstáculo mais difícil a ser vencido pela comunidade científica”.

UM EXEMPLO PORRETA!

Segundo reportagem de André Campos, da Repórter Brasil, "o diretor executivo da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD), Tito Martins, declarou, na última quarta-feira (22), que a empresa irá parar de vender minério às produtoras de ferro-gusa no Brasil suspeitas de utilizar matéria-prima produzida por escravos. Segundo informações da assessoria de imprensa da CVRD, a renovação dos contratos com as siderúrgicas só será feita com aquelas que tiverem sua situação ambiental e trabalhista regularizadas. A maioria desses contratos expiram-se em 31 de dezembro de 2008".
Bom exemplo a ser seguido em todos os segmentos industriais.

MÁ NOTÍCIA

Uma má notícia circula nos meios, sobre a utilização da soja na produção do biodiesel. O mercado internacional de grãos, soja, milho e trigo, nos últimos 30 dias, subiu bem acima de qualquer previsão das mais otimistas feita por qualquer bom analista de mercado. Persistindo essa tendências de alta nos preços destes commodities agrícolas no mercado internacional, a produção de biodiesel no Brasil vai por água abaixo.
Assim, a produção espetacular de grãos tão esperada no Baixo-Amazonas não vai produzir os lucros esperados pelos agricultores.

27 de novembro de 2006

Prá matar... de inveja!

Aviso bem humorado do Dudu Dourado:
"Não se esqueça que hoje é dia de Segunda Espetacular no restaurante Casarão do Imperador. Hoje o prato é Mujica de Tambaqui. Voce paga 10 reais e come a vontade.
Hoje especialmente com a presença do jornalista e bloqueiro Juvencio Arruda, do blog Quintaemenda.blogspot.com".

LIÇÕES PARA A COSANPA

"Em muitos países, o déficit na cobertura de água e esgoto e a deterioração da infra-estrutura do setor são resultado dos investimentos insuficientes e da ineficiência das empresas públicas, mas isso não significa que conceder os serviços a empresas privadas seja a saída para oferecer saneamento com equidade, qualidade e preço justo.
A conclusão é do RDH (Relatório de Desenvolvimento Humano) 2006, lançado pelo PNUD, que fez um raio-x do desempenho do setor em 177 países e territórios.
O estudo afirma que, mais importante que a natureza do responsável pelos serviços, é a regulamentação, que exerce um “papel-chave” no estabelecimento de preços e padrão de qualidade".
Esta é a conclusão de um estudo anual do PNUD diz que tanto empresas públicas como privadas conseguem ser eficientes e que o fundamental é a regulamentação.
Quem sabe sirva de lição para que a COSANPA e as prefeituras municipais se organizem e regulamentem a exploração e a distribuição da água no solo e sub-solo paraense.

Mercado para o Turismo Sustentável

Os resultados do estudo de mercado para o Turismo Sustentável da Amazônia Legal serão apresentados no dia 30 de novembro, em Porto Alegre (RS), durante o seminário Aliança Natural para o Turismo Consciente da Biodiversidade, promovido pelo Secretariado da Convenção sobre a Diversidade Biológica (CDB).
No encontro, que será aberto pela ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, será lançada a rede de Turismo e Preservação da Biodiversidade, apoiada pelo Secretariado da CDB.

NOVE...DADES

Esta me foi passada pelo Carmona (não é o deputado intinerante).
"Uma pergunta aos torcedores do (rebaixado-esperançoso-de-subir-de-novo-se-o-Ceará-cair) Paysandu faz os remistas ficarem nas alturas: "Quais são as nove...dades ?"

China domina o mercado de créditos de carbono

Atualmente a China absorve 60% do comércio de créditos de carbono no Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) criado pelo Protocolo de Kyoto.
Sua posição dominante no florescente mercado representa uma grande mudança em relação há poucos anos, quando assumiu apenas 5% do volume estipulado.
O MDL permite às empresas poluentes de um país ganhar créditos reduzindo suas emissões de gases que causam o efeito estufa em outro. Como o aquecimento é um fenômeno global, não importa onde ocorram as reduções. E já que implementá-las nos países em desenvolvimento costuma ser mais barato do que nos industrializados, os poluidores destes últimos se beneficiam comprando créditos de carbono por meio de projetos em países como a China.

Fonte: Envolverde

26 de novembro de 2006

DESCONFORTO BICOLOR

A bondade azulina chega a limites inimagináveis.
Resolveram ajudar na contratação de um novo goleiro azulino. Vai ser contratado um goleiro nos Balcãs: TOMASNOV!

Enquanto isso...

O PMDB não quer nada no governo da Ana Júlia. Só interessa minar e explodir o império cambaleante dos Maiorana.
Através da SEFA e da FUNTELPA. Só isso!

Agonia ou Êxtase

É palpável o desconforto dos atuais dirigentes de órgãos estaduais em Itaituba.
Em janeiro perdem a boquita.
Deve estar lhes ocorrendo uma dúvida cruel: PMDB do Walmir Climaco ou PT do Afábio Borges?

O PÊSO DOS INCOMPETENTES

Está em O Liberal:
"Os municípios brasileiros nunca tiveram um crescimento no orçamento tão grande para trabalhar, mas ainda assim estão terminando o ano no vermelho".
Pudera! Os prefeitos também tem que formar sua aposentadoria precoce com frota de carros de aluguel, mansões, viagens de turismo com as putas (ops, suas amantes) e com a troca de cheques com os agiotas de plantão. Fora a "retirada compulsória" dos seus asseclas mais chegados. Né, Carlinhos da Cerpa?

25 de novembro de 2006

PARA REGISTRO


A Engenheira Agrônoma Rafaela Cabral, ontem, no dia de sua formatura.

O VILÃO DA MINERAÇÃO TERÁ GUIA

O IBRAM e a ANA se reuniram para promover um relatório técnico sobre ações de reuso de água, tratamento de efluentes, entre tantas, todas adequadas à lei federal n/ 9.433/1997, também conhecida como Lei das Águas.
A obra A Gestão de Recursos Hídricos e a Mineração pretende ser uma referência para que todo o setor de mineração se engaje nessa empreitada de aperfeiçoar as técnicas de gerenciamento da água.
O trabalho evidencia parcerias que podem ser replicadas em qualquer parte doPaís, envolvendo universidades, comunidades, cooperativas de empresas,instituições técnicas e de pesquisa, entidades de classe, entre outras.
Maiores informações procure o IBRAM.

Bactérias sem luz do sol e oxigênio?

Um grupo formado por pesquisadores de diversos países encontrou, em escavações em uma mina de ouro na África do Sul, bactérias vivendo em rochas a 2,8 mil metros de profundidade. Trata-se da primeira comunidade microbial até hoje descoberta que depende exclusivamente de hidrogênio e enxofre produzido geologicamente. Mais: os organismos encontrados, pertencentes ao filo Firmicutes, são completamente independentes da energia derivada da luz solar. De onde retiram energia para se manter? Da conversão de moléculas de água por minerais radioativos, como urânio e tório.
Li-Hung Lin et alli, em um artigo publicado na revista Science - "Long-Term Sustainability of a High-Energy, Low-Diversity Crustal Biome" afirma que "São bactérias realmente únicas, no mais puro sentido da palavra. Essa descoberta mostra que conhecemos surpreendentemente muito pouco a respeito da origem, da evolução e dos limites da vida na Terra"

UM POÇO ...DE CARBONO

Nos anos recentes, o volume de CO2 liberado na atmosfera passou a ser o foco principal de atenção de todos os que se preocupam com a saúde do meio-ambiente em termos globais.
Agora, pesquisadores brasileiros e franceses, trabalhando conjuntamente, vão criar um "poço de carbono". Não se trata de nenhuma cisterna, de onde se possa retirar ou depositar carbono, mas de uma floresta, criada artificialmente.
O experimento é de longo prazo. Durante os 40 anos previstos para a duração da experiência, os cientistas poderão acompanhar em detalhes todo o processo de captura e liberação de carbono em uma área definida, coberta por uma massa vegetal também controlada.
O principal objetivo é quantificar a absorção e a liberação do carbono na atmosfera. O trabalho será feito pela Agência Nacional de Florestas e pela ONG franco-brasileira Pro-Natura International, em uma área de 5.000 hectares localizada no estado de Mato Grosso. Todo o experimento será financiado pela fabricante de automóveis Peugeot.
O poço de carbono envolverá o plantio de nada menos do que 10 milhões de árvores, recuperando a floresta em uma área em que a cobertura vegetal original foi devastada e transformada em pastagem.

APAS SÃO LESADAS

Entre as áreas protegidas da Amazônia Legal, são as Áreas de Proteção Ambiental (APA) que apresentam maiores índices de desmatamento. A porcentagem média da retirada florestal nesses territórios é de 20%, contra 1,2% em Reservas Indígenas e 1% em Unidades de Conservação de Proteção Integral.
"Isso acontece porque não estão sendo implementados os planos de manejo, indispensáveis para essa categoria de unidade de conservação", diz o pesquisador Leandro Ferreira, do Museu Paraense Emílio Goeldi.

Os analistas ambientais do IBAMA e da SECTAM precisam agir antes que as APAs se tornem desnecessárias.

24 de novembro de 2006

A ENERGIA DAS ONDAS

Apropriado para os países onde jorra petróleo, pesquisadores britânicos descobriram que Ondas do mar poderão propiciar uma forma energeticamente eficiente para dessalinizar água do mar.
Enquanto sistemas convencionais de purificação exigem grandes quantidades de energia para funcionar, o movimento oscilante de bóias flutuantes poderá ser utilizado para acionar um sistema de bombas de dessalinização.

Nestas épocas de viroses brabas ...

Um xarope à base de xaxim (Dicksonia sellowiana) desenvolvido por Elzo Ferreira, gaúcho radicado em Curitiba (PR), vem se constituindo numa promessa concreta de minimizar os sofrimentos causados pela asma, doença que hoje no Brasil ocupa o quarto lugar entre motivos de internações no Sistema Único de Saúde, sendo responsável por cerca de duas mil mortes anuais, conforme dados da Associação Brasileira de Asmáticos – Abra.
Mais informações sobre o assunto clique aqui.

REGISTRO INÉDITO DE UMA ERUPÇÃO SUBMARINA

Uma equipe de pesquisadores conseguiu, pela primeira vez, registrar uma erupção vulcânica submarina, a milhares de metros sob o leito do Oceano Pacífico. O evento é descrito em artigo publicado no sistema de divulgação prévia online da revista científica Science, o Science Express.
Leia mais aqui.

23 de novembro de 2006

AGORA É O TRÔCO!

Dias antes do 2º turno das eleiçoes entrei em um restaurante familiar e sentei junto com duas pessoas que vivem de política em Itaituba. Na conversa manifestei meu desejo de vitória da Ana Júlia. Logo, logo fui "embarcado" por um de meus interlocutores na canoa de algemados e, conforme sua expressão, se admirava muito de um cara instruído estar querendo andar com estes algemados e outras insinuações malidicentes. Calei e engoli em sêco todas as ofensas. Ao partir, meu "amigo" ainda virou e me disse prá não me aborrecer que eu era do peito. Pudera!
Ao vir visitar minha famíla e consultar a caixa de mensagens deparei com um artigo da Ana Célia Pinheiro que reproduzo (mesmo sem a licença da autora vou ser perdoado) para a resposta aos "honestos" parceiros do PSDB:

A Honestidade de R$ 1,99


"Sinceramente, não sei se rio ou se choro dessa mania tucana de satanizar os adversários. Quem não conhece os meandros do tucanato paraense, acaba até acreditando que está diante da quintessência da Moralidade: é tudo querubim ungido!

Mas, no que consiste, de fato, essa “ética” tucana?

É fato que o palanque paraguaio da bondade deles tem bem poucos algemados. Mas também é fato que eles ergueram, em 12 anos, uma autêntica muralha de impunidade, a impedir a investigação de inúmeros escândalos.

Veja-se a Prev Saúde, a empresa da mulher e do filho do secretário de Saúde, Fernando Dourado, com os quase R$ 8 milhões que já faturou junto ao Executivo, justamente, na área da Saúde.

Vejam-se as denúncias de superfaturamento de remédios pela Sespa – e só a Controladoria Geral da União, na única inspeção realizada ali, flagrou um rombo de cerca de R$ 14 milhões.

Veja-se o exemplo de Eduardo Salles, o sobrinho do governador Simão Jatene, com a fortuna que acumulou à sombra do tio – e cuja reportagem completa, aliás, está arquivada neste blog.

Vejam-se os mais de 20 parentes de Jatene, nomeados para o Governo do Estado, num autêntico “condomínio de contracheques”, como classificou um advogado.

Vejam-se os R$ 10 milhões adquiridos pela mesma Sespa junto a KM Empreendimentos, uma empresa enrolada até o pescoço, nas investigações sobre a máfia dos sanguessugas.

Vejam-se as inúmeras denúncias de superfaturamento de obras públicas, como a Estação das Docas e o Centro de Convenções – cujo metro quadrado, a R$ 3.400,00, é seis vezes mais caro que o mais alto custo do metro quadrado do país.

Veja-se o Hospital Metropolitano, cuja construção consumiu R$ 28 milhões, o dobro do inicialmente previsto, e onde só uma pracinha ficou em quase R$ 1 milhão.

Veja-se o caso Cerpasa – e só aí “sumiram” R$ 45 milhões em dívidas fiscais.

Veja-se a Clean Service, ligada a Marcelo Gabriel, filho do ex-governador Almir Gabriel, que já faturou, pelo menos, R$ 15,1 milhões junto ao Governo do Estado.

Veja-se o autêntico “laranjal” do empresário Chico Ferreira e os contratos milionários que abocanhou, nos últimos 12 anos, também do Governo do Estado – e que ultrapassam, largamente, os R$ 50 milhões.

Vejam-se os R$ 450 milhões da venda da Celpa, que até hoje os paraenses se perguntam onde foram parar.

Mas, de quanto é que estamos falando, mesmo? Qual o total de recursos públicos que desapareceram em tais escândalos?

Será que o saque se torna “menor” porque praticado pelo “Midas da Moralidade”?

Será que a impunidade torna o infrator menos rapace?

Ou será que falta é a Justiça agir, de fato, como Justiça?

Quantas algemas os “mocinhos”, os querubins ungidos desse palanque paraguaio da bondade estão a merecer?

Mas permanecem, todos, livres, leves e soltos, não é mesmo? A apontar o dedão acusador para tudo e todos, acionistas que são da Perobal S/A.

E seguem assim porque a “ética” que apregoam é, simplesmente, a da varrição da sujeira para debaixo do tapete. É o amordaçamento das instituições que têm a obrigação de acabar com essa festança.

No fundo, a “ética” do tucanato tem por alicerces a censura, o aliciamento e a perseguição. É um autêntico Bataclan, no qual se corrompe, até, o chefe de polícia. Daí inexistirem, entre os tucanos, as algemas que tanto aplaudem nos pulsos alheios.

Falam em despreparo de Ana Júlia. Mas, quem tem preparo? Valéria Pires Franco? Vic?

Falam em palanque da maldade. Mas, quem são os mocinhos deles? Marcelo Gabriel? Chico Ferreira? Eduardo Salles? Fernando Dourado? Raimundo Santos? Duciomar Costa? O algemado cidadão Flexa Ribeiro?

É engraçado. Nesse palanque paraguaio da bondade, nessa honestidade de R$ 1,99, há gente acusada de ligação com o crime organizado, de envolvimento no escândalo dos sanguessugas, de receptação e até de estupro e de corrupção de menores. Há bacanagens para todos os gostos: todo tipo de fraudes licitatórias e de malversação do dinheiro público que se possa imaginar.

No entanto, dizem eles, os bandidos somos nós. Vai ver que é porque se esqueceram de olhar de perto a própria latrina"
.

Que tal servir como reflexão sobre o slogan do Almir de que "em seu palanque não sobe bandidos"? E agora, depois das algemas em seu filho e no Chico Ferreira?
Os cães ladram e a caravana passa, né, companheiro?

BIODIESEL É INVIÁVEL

A recente valorização nas cotações do óleo de soja fez as indústrias de biodiesel recalcularem seus custos de produção. Conforme a Tetras Corretora, o preço do produto, cotado ontem em São Paulo a R$ 1.800 a tonelada, subiu 63,6% no ano e 38,5% desde o fim de setembro, quando a soja iniciou ciclo de alta na bolsa de Chicago por conta da demanda para produção de biodiesel nos EUA. O preço já supera o do biodiesel, que no último leilão da Petrobras ficou em R$ 1.746,66 a tonelada.

22 de novembro de 2006

COISAS DE UM VELHO PAI...

Já viram um pai bobão?
Hoje sou eu.

Raridade Mineral

Uma opala de 300 quilos e 15 milhões de anos foi encontrada na Hungria, em uma pedreira em Kisnana, a leste de Budapeste, informa a imprensa local.
A pedra, cujo tamanho é considerado incomum e um recorde na Hungria, foi levada para o Museu de Ciências Naturais de Budapeste.

Fonte: O Estadão

DE TIRAR O SONO

Os prefeitos de Itaituba, Jacareacanga, Trairão, Novo Progresso e Aveiro que demonstraram serem péssimos líderes municipais e não conseguiram carrear votos para eleger seu candidato a governador estão pensando como se safarão das contas assumidas. A Gorete (PMDB), de Aveiro ainda pode voltar atrás (se o Jáder aceitar a traição) se roer a corda que o PSDB lhe deu, mas os outros...

Notas do Jacaré

Meu informante anuncia que:

  1. Foi aberto processo de cassação do vereador Tabaco, de Jacareacanga, por quebra de decoro parlamentar. Prostituição, estupro e demais crimes contra crianças e adolescentes agora são chamados de decoro. O pau vai quebrar na Câmara de lá, nesta semana.
  2. O prefeito dos cheques voadores resolveu (à la Hugo Chávez) instituir um jornaleco para divulgar suas obras. Tomara que desta vez não publique fotos de obras do prefeito anterior como se fossem suas.
  3. Uma grande festa em comemoração ao aniversário de Jacareacanga (dia 13 de dezembro) vai ser promovida pelo ex-prefeito Eduardo Azevedo no clube Emoções. Isto está tirando o sono e aumentando a bílis do atual dono do poder. Inveja pura.

PROSTITUIÇÃO AMBIENTAL

Notícias recentes do governo Lula vão causar preocupações no quesito meio ambiente. Reclamam que a infra-estrutura não avança devido a imposição precisa da legislação ambiental e já pensam em modificar (atenuar as exigências) para que se possa abrir estradas, construir hidrelétricas e o diabo a quatro sem EIA/RIMA ou qualquer outro tipo de licença ambiental.
Também, no Brasil é tudo igual: em todo lugar tem floresta amazônica ou atlantica, árido e semi-árido, manguesais, caatingas, índios, quilombolas, castanheiras, pau-brasil, buritizal, fazendeiros, madeireiros, caminhoneiros e tudo o mais.
Então deixa levar que amanhã a gente planta, faz outra floresta, uns campos de futebol, quem sabe um autódromo no Jamanxin ou em Tabatinga.
Vai, companheiro, faz a merda completa e te livra deste tal de meio-ambiente. Aliás, porque num é inteiro invés de só meio, né Lula?

A VOLTA

Muitos dias me separaram desde a última postagem.
Fico imaginando como aqueles leitores teimosos se sentiram quando abriram esta página e não encontraram nenuma novidade. Pois eu sentia uma frustação enorme quando consultava meus blogs e deparava com uma nota antiga. Agora, mais paciente e menos afobado vou colocando em dia as novidades que consegui receber e o dia a dia de meu caminho pelas pedras.
Abraços!