25 de maio de 2020

O Ataque do COVID 19




Recente postagem da Agencia FAPESP ressalta que há uma possibilidade maior de retransmissão do vírus nos locais onde não há saneamento básico. Este vídeo explica o estudo.
Isto posto fica a pergunta: Como está sendo distribuída a contaminação em Itaituba, município que não conta com abastecimento de água tratada e ausência total de saneamento?
Segundo a COSANPA somente 14% da população tem água encanada nas suas residências, embora isso não denote que este líquido é devidamente tratado e possa ser consumido imediatamente. A CASITA, órgão municipal de distribuição de água, não nos deu informações sobre o tratamento utilizado no abastecimento em bairros residenciais. A maioria das casas/comércios da zona urbana tem um poço cacimba ou profundo que lhe proporciona a água consumida.
 
A ausência de estudos sobre a contaminação da água subterrânea, seja por derrame involuntário de combustíveis ou pelas comuns fossas negras residenciais poderá provocar a disseminação do COVID - 19? Ainda não temos respostas, mas pode-se prever que a precaução municipal deveria se acirrar na prevenção ou, na pior das hipóteses, no controle destes possíveis vetores.