Geologia e Ambiental

28 de fevereiro de 2015

Veneno caramelado

Mesmo com todas as revoltas e revoadas do povo brasileiro os poderes constituídos continuam se achando o supra sumo.
Se não for controlado pelo governo não pode fazer greve nem paralisação: caso típico dos caminhoneiros deste país.
Agora é a Câmara Federal que quer que o povo brasileiro deva pagar os passeios das madames e dos "madamos" pra ir visitar os deploráveis parlamentares brasileiros. A "trepadinha" (se houver) vai ter um custo de mais 2 milhões de reais/ano para cada deputadinho.
Ou deveríamos chamar da putadinha?

Fazendo continência...

Há muito tempo que vemos a ação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente - SEMMA fazendo doações de mudas de espécimes nobres para diversas entidades, que fazem o maior alarde sobre a ação de replantio em diversos locais.
Mas, a continência com o chapéu alheio é fácil de fazer.

27 de fevereiro de 2015

Greve deflagrada

Mesmo com toda a conversa entre o Executivo e SINTEPP, a categoria resolveu deflagrar a greve.
A mesma vai ter início 72 horas após os trâmites legais.
Como havíamos prenunciado aqui perdem todos.

Informações via Whatsapp de Marinaldo "Band" Silva.

Lembranças das águas...

Já lá vão anos desde que o tema "poluição das águas em Alter do Chão" foi levantado.
Naquela ocasião, o embate teve início com uma conversa na porta do CR Turiano com o amigo Emanuel Júlio Rodrigues.
Imediatamente diversas postagens começaram a pipocar na net e deixaram os atores, em Santarém e Alter do Chão, atordoados.
A postagem aqui no Agonia foi replicada pelo "blog dos blogs" do Oeste do Pará, pelo Emanuel Júlio e também Manuel Dutra, entre tantos outros que se encarregaram de fazer os holofotes se acenderem e o MP tomar a 1a. ação.

Ainda bem que as luzes voltaram a brilhar por lá e a discussão tomou ares de contenda dos pró (aqueles que se incomodam com a beleza das praias) e dos contra (que acham desnecessário tanto alvoroço por causa de umas merdinhas).

Pelo sim, pelo não seria melhor que dessem ares de respeito à discussão e envolvessem quem de direito deve reparar qualquer dano cometido.
Dizer que as merdas não estão por lá é, no mínimo, inoportuno.

Águas de março

Lembram da música "Águas de Março"?

...São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração
...

Pois é, ainda nem chegamos a época das cheias e não se vê nenhuma movimentação dos que vão sofrer ou dos que vão socorrer pensando na enchente que se avizinha.

Como diz Tutty Vasques: Ô raça!

19 de fevereiro de 2015

Regulamentada a Taxa sobre Recursos Hídricos

Foi publicado nesta quinta-feira, 19, no Diário Oficial do Estado, o decreto que regulamenta a Lei 8.091, sobre a instalação da Taxa de Controle, Acompanhamento e Fiscalização das atividades de Exploração e Aproveitamento de Recursos Hídricos. O tributo, aprovado no fim do ano passado pela Assembleia Legislativa do Pará, é destinado a pessoas físicas ou jurídicas que usam os recursos hídricos com a finalidade de obter vantagem econômica.

Fonte: Agência Pará

Agora é ver quem vai se quebrar primeiro"

Hoje, após uma reunião com a Secretaria de Educação, os trabalhadores da área, através do SINTEPP local resolveram entrar em greve, por tempo indeterminado.
Alegam falta de diálogo, apesar dos membros do staff educacional mostrar que teve uma proposta do governo municipal.
Isto significa só: escolas sem aula, profissionais preparando planos de aulas, limpeza das escolas etc.?
Ou só greve por aumento salarial?

Tá certo que todos, por conta desta inflação galopante, devem ter um significativo aumento salarial, mas daria pra ser escalonado? Ou tem que bater o pé e deixar os alunos no prejuízo escolar?

Um dos dois lados vai ceder. Qual deles ou nenhum?

17 de fevereiro de 2015

Lançado edital para escolha da nova diretoria do IHGTap

No dia da inauguração da Casa da Memória do Oeste do Pará (CMOP), foi lançado o edital para a escolha da nova diretoria do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós (IHGTap), que ocorrerá dentro de um mês naquele local. O atual presidente, padre Sidney Canto, não deve concorrer à reeleição, apesar desse direito estar previsto no Estatuto. “Não sou favorável a esse tipo de eleição, mas com certeza estarei na diretoria contribuindo com os trabalhos já realizados”, afirmou o presidente durante a solenidade de inauguração da CMOP.
A eleição do instituto vai ocorrer no dia 13 de março de 2015, às 17h00, antes da abertura do Colóquio dos Institutos Históricos da Amazônia, que acontecerá em Santarém nos dias 13 e 14 de março. A programação do evento, que deve contar com pesquisadores de história e geografia da região amazônica, está sendo fechada pela diretoria do IHGTap. Ao final desse encontro, último evento da atual gestão, a nova diretoria será empossada e iniciará um mandato que vai até 2018. A inscrição de chapas para esse pleito ocorrerá até 07 de março de 2015 entre associados efetivos que estejam aptos para votar e serem votados. 

Diretoria - Padre Sidney começou a se interessar por pesquisas históricas há 25 anos. É presbítero da Diocese de Santarém desde 2001 e foi um dos fundadores do Museu Diocesano de História e Arte Sacra e membro da Academia de Letras e Artes de Santarém (ALAS) e já escreveu vários livros sobre história regional. Ele disse na inauguração da CMOP que em 2011, após participar de um curso sobre história no sul do País e manter contato com membros do IHGB – Instituto Histórico e Geográfico do Brasil (criado pelo imperador do Pedro II), reuniu com o jornalista Jota Ninos e com o historiador carioca radicado em Santarém, Paulo Lima, para propor a criação de um IHG regional, movido ainda pelo sentimento de frustração que abateu os habitantes da região após o plebiscito do Tapajós.
“A ideia era criar uma instituição que começasse a resgatar documentos e produzir livros sobre nossa história, para embasar ainda mais o sentimento de luta pela nossa autonomia administrativa”, disse ele ao falar sobre a criação do IHGTap. Pesquisas indicaram que já existiu em 1870, em Santarém, o Instituto Histórico e Etnográfico de Santarém (IHES) e que foi desativado. Assim decidiu-se que o IHGTap seria refundado sobre os ideais do primeiro instituto, mas com uma abrangência regional. O memorialista Paulo Rodrigues dos Santos foi escolhido como patrono da nova instituição, que foi fundada em 23/03/2012, quando elegeu sua primeira diretoria.

No ano passado, foi criado o primeiro Núcleo Descentralizado do IHGTap, em Itaituba, coordenado pelo geólogo Jubal Cabral Filho. A intenção e criar novos núcleos, onde houver sócios do instituto, para que o debates sobre o tema não fique concentrado em Santarém. O IHGTap é composto atualmente de 34 sócios efetivos (residentes na região) e 9 sócios correspondentes (que não moram na região).

IHGTap deve iniciar catalogação de acervo da Casa Memória após o carnaval

O acervo bibliográfico da Casa Memória do Oeste do Pará (CMOP), inaugurada no início do mês de fevereiro (05/02), deve começar a ser catalogado somente após o carnaval, segundo o secretário do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós (IHGTap), jornalista Jota Ninos, responsável pelo funcionamento do local. “Estamos aguardando a definição de pessoas que darão expediente no local, para que o processo de catalogação e armazenamento dos livros e outros objetos históricos, seja iniciado e concluído e o espaço possa ser aberto ao público”, afirma.
 No momento, dois membros do IHGTap vinculados à Semed e à Seduc, aguardam a liberação destes órgãos para atuar na sede, como parte de um convênio de colaboração interinstitucional. A intenção é que até o final de março, ou no mais tardar no início de abril, a CMOP possa começar a receber visitações.
“A diretoria do IHGTap ainda vai definir, também, as regras dessas visitas – afiança Ninos –, mas a intenção é facilitar o acesso ao acervo principalmente a jovens estudantes e pesquisadores da região, bem como a pessoas interessadas em conhecer um pouco da história regional, num espaço de localização privilegiada em frente ao rio Tapajós”, referindo-se ao prédio histórico localizado na avenida Adriano Pimentel, 80, em frente à praça Manoel Moraes. 

Reforma - A casa foi morada, no século passado de Ruy Guilherme Paranatinga Barata (nascido aqui em 25/06/1920 e faleceu em São Paulo em 23/04/1990). Durante sua vida, Ruy Barata desempenhou várias funções, como advogado, escritor, cartorário, jornalista, poeta, professor e político. Agora será sede do IHGTap, instituição fundada em 2012. O espaço foi alugado e reformado pela Prefeitura de Santarém, através da Secretaria Municipal de Cultura (SEMC), no compromisso firmado pelo prefeito Alexandre Von, que é presidente de honra do instituto. “O governo municipal entregou o prédio à instituição, que passa a existir de fato e de direito, através deste espaço, onde haverá produção de conhecimento pautado na prática científica, que vai conservar, recontar e resgatar, o que Santarém tem de mais precioso, sua historicidade” destacou o secretário de Cultura, Nato Aguiar, no dia da inauguração. 

Acervos - “No momento, a sede continua recebendo doações de livros de autores locais e de instituições, bem como acervos bibliográficos particulares”, diz Ninos. O maior dos acervos é do próprio presidente da entidade, padre Sidney Canto, que doou cerca de 500 livros de sua biblioteca particular para a CMOP. O Instituto Cultural Boanerges Sena (ICBS), através de seu diretor e pesquisador Cristóvam Sena (que é membro do IHGTap), também doou uma quantidade expressiva de livros e mapas antigos. Além disso, há as revistas e livros já produzidos pelo IHGTap nestes três anos de atividades.

Outras doações vieram do Instituto Histórico e Geográfico do Brasil (IHGB) e da Biblioteca Nacional. Grande parte de todo o acervo tem o foco na temática de História e Geografia, mas há livros com outros temas, principalmente de literatura, como romances, contos e poesias. “Quem ainda quiser doar livros de coleções particulares ou de autoria própria, pode entregá-los no local assim que começar o trabalho interno, após o carnaval”, finalizou o secretário.
O IHGTap, além da biblioteca, terá em breve um site com obras e fotografias digitalizadas, para a consulta de todos.

Assembleia Geral ordinária do IHGTap em março




INSTITUTO HISTÓRICO E

GEOGRÁFICO DO TAPAJÓS – IHGTap
Fundado em 1870 e reinstalado em 23 de março de 2012
 
ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA



CONVOCAÇÃO



O presidente do INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DO TAPAJÓS – IHGTap, no uso de suas atribuições legais, CONVOCA os Associados Efetivos, no pleno exercício de seus direitos estatutários, para uma reunião de ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA a realizar-se no dia 13 de MARÇO de 2015, sexta-feira, na sede provisória do IHGTap, sito à Avenida Adriano Pimentel, 80, em 1ª convocação às 17h00 e em 2ª convocação às 17h30, para deliberar sobre os seguintes assuntos:


a)  Discussão e aprovação da Prestação de Contas da atual Diretoria;
b) Escolha da nova Diretoria e Conselho Fiscal para o triênio 2015/2018;
c)  O que ocorrer.


A apresentação de chapas para concorrer ao pleito acima referido, deve acontecer até o dia 07 de março de 2015, às 17h00, na sede do IHGTap, em consonância com o que prevê o Estatuto da entidade, sendo que só poderão constar dela os associados que estiverem quites até esta data.

Santarém do Tapajós, 05 de fevereiro de 2015.




Pe. SIDNEY AUGUSTO CANTO
Presidente do IHGTap

Desconfie deste anúncio

O DNIT lançou um edital, nesta segunda-feira dia 02/02, para contratação de projeto e obras de implantação e pavimentação do acesso ao porto de Miritituba.

Como poderá efetuar obras em uma rodovia de acesso que não é federal, estadual ou municipal?
Será mais uma obra que vai enganar só porque o "povo" da CIANPORT  e ATAP quer que saia?

As "esmolas" que a ATAP está deixando como contrapartida em Itaituba e que divulgam como se fosse obras de um Messias fantasiado de esmoler, mas com um desejo de ser Midas, ainda não despertaram nos "políticos" de Itaituba - que só olham para seus umbigos - a realidade de que o município só arrecada um "troco" perto do que os donos dos portos faturam.

Esta eu pago pra ver!

A irrealidade das hidrelétricas

Após o anúncio de que o governo (leia-se EPE) resolveu desistir do leilão de usinas na Amazônia, fica a dúvida se os indígenas venceram esta batalha ou se o governo está preparando uma investida mais firme e desonesta para construção da Hidrelétrica de São Luiz do Tapajós.
As notícias divulgadas sobre falta de água no Sudeste, a necessidade de energia "limpa" e outras manchetes improdutivas nos leva a imaginar que eles (o governo) deram um passo atrás para dar cinco passos à frente. Afinal, não sabemos qual será a posição de nossos parlamentares federais neste jogo de interesse e a quantidade de parlamentares do Sul-Sudeste maravilha é muito mais pesada que os nossos desinteressados representantes, que só "ligam a partida" para canais de rádio e TV.

Então, quem nos salvará dos planos governamentais para a Amazônia?

10 de fevereiro de 2015

Assunto de Interesse Público

Hoje, nas emissoras de TV locais, foi mostrada uma reportagem na qual os pais de um garoto de 9 anos, chamado Natan, de Altamira estavam à procura do garoto que sumiu de casa em setembro de 2014.

Quem souber ou tiver visto o garoto favor informar para (93) 99169 4510 ou (93) 98801 8584.

9 de fevereiro de 2015

Na Audiência do Santarenzinho saiu uma promessa do Secretário da SEMAS

Talvez pouca gente tenha notado, na audiência sobre a instalação das ETC's em Santarenzinho, mas durante a fala do secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Luiz Fernandes Rocha, saiu, mais uma vez, a promessa da instalação de uma agencia da pasta em Itaituba, que está se tornando o olho do furacão na instalação de portos (ETC) e das hidrelétricas do Tapajós.

Esta instalação é "exigida" desde sempre, afinal é aqui que se concentram as maiores obras e/ou empreendedorismo, com impactos ambientais acentuadíssimos.

8 de fevereiro de 2015

Uma cachaça de qualidade semelhante ao uísque!

Uma pesquisa realizada na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (Esalq-USP) mostrou que, com métodos adequados de produção, é possível obter uma cachaça com pureza e complexidade de aromas e sabores semelhantes às de um bom uísque ou conhaque.
Além de passar por um processo de dupla destilação, a bebida desenvolvida no Laboratório de Tecnologia e Qualidade da Cachaça, situado no campus de Piracicaba (SP), apresenta outro diferencial: o envelhecimento de dois anos em tonéis novos de carvalho importados da França.
Quer saber mais? Clique aqui.

7 de fevereiro de 2015

Exemplo a ser seguido?

A Prefeitura de Uberaba (MG) abrirá nova licitação para contratar empresa especializada em serviço de geoprocessamento e atualizar o cadastro imobiliário da cidade. A expectativa é concluir a contratação até o fim do primeiro semestre e utilizar os dados no lançamento do IPTU do próximo ano. (Fonte: IDGNews)
Em Itaituba já foi comentada a ideia que se colocasse em prática o Cadastro Multifinalitário, para utilização como política fiscal e urbana no município.
É uma ferramenta com incrível poder de resolver inúmeros problemas nas zonas urbana e rural, por disponibilizar informações sociais, urbanísticas e fundiárias, além de dados referentes à oferta de serviços públicos, que poderiam instruir a gestão municipal e a elaboração de planos e projetos de desenvolvimento urbano.
Com estas compensações sociais das empresas que estão se instalando aqui seria compensador se realizar esta estratégia.
Acredito que esta seria a "cereja do bolo" do Plano Diretor de Itaituba.

 

Lixo e Luxo

Poderíamos inverter a ordem das palavras no título desta postagem, mas neste caso a ordem dos fatores não altera o produto.
Muito se reclama, aqui em Itaituba, do lixo que se mostra nas ruas, embora poucos consigam deixar de ser imprudentes com um pequeno cuidado básico: o gari não é seu empregado pra juntar o lixo que se joga na rua!
Muitos, ao comer alguma coisa durante um trajeto usam a rua (ou o rio) como um grande depósito de lixo e assim, pequenos objetos como o papelote do picolé, a bagana de cigarro, o extrato bancário e muitos outros tipos de "objetos indesejáveis" vão parar no leito da rua.
E se reclama em alto e bom tom que a autoridade municipal - que tem culpa neste cartório - não cuida de seu município, mas continua agindo como um sugismundo popular.

Esta postagem abaixo foi feita em 2008, mas está valendo:
Neste período momesco, após as festas ficam uma quantidade de lixo monumental.
Maior ainda é o lixo político que se acumula nestas festas...
É o lixo social que cresce a olhos vistos...
É o lixo que se varre pra baixo do tapete dentro de casa...

E não tem nenhum gari que ajude a eliminá-los.
Tem que ser pessoal no lixo doméstico e social.
Tem que ser através dos votos em relação ao lixo político.
Como vai ser neste carnaval que já está na porta?

Prelúdio da Petrobrás?

Foi só anunciar o nome do novo presidente da Petrobras e as ações caíram mais um tantinho.
Tudo porque o novo presidente, indicado pelo Conselho de Administração (na verdade, pela D. Dilma) tem um curriculum nada invejável: Aldemir Bendine, carrega no seu currículo, entre outras cositas, um empréstimo de R$ 2,7 milhões concedido à socialite Val Marchiori, quando ele era presidente do Banco do Brasil. Também precisou pagar multa de R$ 122 mil à Receita Federal, depois que foi autuado por não informar a procedência de R$ 280 em sua declaração de Imposto de Renda.
Cabra bom da molesta!

6 de fevereiro de 2015

As ETC no Santarenzinho: uma no cravo outra na ferradura

A implantação das ETC's do Santarenzinho, que foram motivo de audiência pública no Distrito de Campo Verde na última quarta-feira, causaram surpresas para os técnicos envolvidos pela "inocência" demonstrada pela empresa responsável pelos EIA/RIMA.
Várias questões podem ser formuladas para que as empresas nos respondam. Por exemplo:
  1. Afirmam que trarão desenvolvimento e progresso para a região. Poderíamos perguntar se os benefícios trazidos suplantarão os malefícios, tais como a prostituição acelerada, a violência doméstica, a falta de alimentos para os locais e forasteiros ou a aceleração da falta de educação, saúde e bem estar social.
  2. Afirmam que não haverá erosão acelerada nas áreas a serem construídas. Todos estamos vendo o que acontece nas BR's. Precisa comentar?
  3. Um problema que estão tentando esconder refere-se aos requerimentos de pesquisa e de licenciamento mineral que ainda não foram estudados pelo DNPM. E aí é mais um erro de avaliação mal feito pela empresa responsável pelos EIA/RIMA.
Enfim, ainda tem bastante água pra rolar...

3 de fevereiro de 2015

O que pensar das "análises" do presidente da OAB?

Após a escolha dos "indicáveis" pela OAB/Pará para ocupar a vaga do desembargador no quinto constitucional, uma gravação foi, misteriosamente (sic), divulgada ao público sobre a performance dos três (03) principais candidatos não escolhidos.
Entre eles, José Ronaldo Campos, o Zé Ronaldo.
Advogado há décadas, com inúmeros cursos de pós-graduação, professor de outro tanto inúmeros advogados desde 1990, condecorado por diversas vezes pela própria Ordem foi crucificado pelo atual presidente, Jarbas Vasconcelos neste áudio.
O advogado José Ronaldo fez este desabafo sobre a questão e os outros atingidos pelas críticas também se pronunciaram, através do Espaço Aberto.
Ainda vai rolar muita água e muitas opiniões sobre o caso, mas convenhamos que foi muita língua presa do presidente sobre esta sabatina.

Agonia 1

Recomeço decepcionante:

Recomeçaram hoje os trabalhos (sic) da Câmara Municipal de Itaituba para o ano 2015.
E, pra recomeçar, nada melhor que evidenciar o conforto dos ocupantes desta Casa: alguns ausentes, como se o devido respeito a quem os elegeu e a quem foi fazer número na turma do plac-plac não houvesse existido.
Agonia...

2 de fevereiro de 2015

Educação: Não é só aqui...

Temos 5.570 municípios no Brasil.
Temos 26 estados e o Distrito Federal.

Em 2014 foi sancionada a Lei federal onde é exigido de todos estes membros federativos, que elaborem as diretrizes locais, como é exigido no PNE - Plano Nacional da Educação.
Deste total, somente 37 municípios e 3 estados cumpriram o estabelecido na lei.

Como não existe punição nenhuma para quem não fizer este "dever de casa", ao se encerrar o prazo estabelecido, os parlamentares estarão pedindo novo prazo.

Fonte: Folha

Santarenzinho: Fraude ou Má fé?

Uma grande polêmica se formou ao redor da localidade conhecida como Santarenzinho, quando o interesse de construção de portos se voltou para aquele lugar.
E a explicação se tornaria simples se não fosse complicada.

Em 14 de outubro de 1986, por iniciativa do então deputado Nicias Ribeiro, foi dado início ao desmembramento do distrito Rurópolis Presidente Médici do município de Aveiro, através de Projeto de Lei no. 77/1986 e a sua elevação à categoria de município.


Em 1988, a criação do município de Rurópolis foi aprovada e seus limites definidos.
A publicação em Diário Oficial ocorreu em 17 de novembro de 1988.

O INCRA fez o mapa fundiário na ocasião e o encaminhou a quem de direito (ITERPA) para que o IBGE tomasse conhecimento e o usasse nos dados oficiais da União.

Mas, nem tudo seguiu o previsto no enredo desta novela.
Um "diretor" desavisado alterou o escrito e a porção "Santarenzinho" foi incorporada ao município de Rurópolis.

E, assim se passaram tantos anos sem ninguém mexer na "fossa".

Com a vinda dos portos (Estações de Transbordo de Cargas) para aquela localidade, o governo municipal procurou saber das informações corretas.
Assim foi fuçado o arquivo da ALEPA - Assembleia Legislativa do Pará - e lá descoberto o processo original, que tornou-se a peça chave para que se iniciasse um terrível caminho que está incomodando os governos federal, estadual e os municipais de Itaituba e Rurópolis.

Uma equipe de campo constatou que os limites do municipio de Rurópolis passam longe dos pontos elencados no documento fraudado.

Agora, vislumbra-se uma longa batalha judicial e os empresários não querem ficar parados esperando que a Justiça decida esta avença.
 

Portaria 541/2014 DNPM só entra em vigor em março

A Portaria DNPM nº 541/2014, objeto desta postagem, somente entrará em vigor a partir de 02/03/2015: esta foi a regra estabelecida pela Portaria DNPM nº 67/2015, publicada pelo Diretor-Geral do DNPM no Diário Oficial da União de 29/01/2015.

Para relembrar: a Portaria DNPM nº 541/2014, que, em princípio, entraria em vigor no dia 02/02/2015, alterou parte dos dispositivos legais responsáveis por regulamentar (I) a cessão de Direitos Minerários, (II) requisitos para obter a primeira e renovar as posteriores Guias de Utilização, (III) requisitos para alterar o regime de aproveitamento mineral, (IV) competência para declarar a disponibilidade de áreas desoneradas e emolumentos cobrados pela Autarquia para a prática de atos de ofício.
Fonte: William Freire

1 de fevereiro de 2015

Região Oeste do Pará continua representada na Câmara Federal



Dos 513 deputados federais que tomaram posse neste domingo (1º), 198 assumiram o mandato pela primeira vez. E, entre eles, está Francisco Aguiar, o “Chapadinha” (PSD), que disse ser a saúde a prioridade em seu mandato como deputado federal.

Em Itaituba foi o mais votado com 11.401 votos.