Geologia e Ambiental

17 de fevereiro de 2015

A irrealidade das hidrelétricas

Após o anúncio de que o governo (leia-se EPE) resolveu desistir do leilão de usinas na Amazônia, fica a dúvida se os indígenas venceram esta batalha ou se o governo está preparando uma investida mais firme e desonesta para construção da Hidrelétrica de São Luiz do Tapajós.
As notícias divulgadas sobre falta de água no Sudeste, a necessidade de energia "limpa" e outras manchetes improdutivas nos leva a imaginar que eles (o governo) deram um passo atrás para dar cinco passos à frente. Afinal, não sabemos qual será a posição de nossos parlamentares federais neste jogo de interesse e a quantidade de parlamentares do Sul-Sudeste maravilha é muito mais pesada que os nossos desinteressados representantes, que só "ligam a partida" para canais de rádio e TV.

Então, quem nos salvará dos planos governamentais para a Amazônia?

Postar um comentário