24 de abril de 2007

As Consequências do Desmatamento

O desmatamento da Amazônia não causa apenas a perda da sua rica biodiversidade. A destruição da floresta também contribui para o aumento da temperatura do planeta, a extinção de espécies e o colapso das economias locais, alertou o pesquisador Leandro V. Ferreira, do Museu Paraense Emílio Goeldi, durante o II Seminário de Ciências da Terra e Ecologia, realizado ontem, dia 23, em Belém (PA).
Segundo o pesquisador, que participou do Zoneamento Econômico Ecológico da BR-163, estrada que liga Cuiabá (MT) a Santarém (PA), a ocupação territorial da Amazônia ainda é bastante desordenada e está baseada na demanda por infra-estrutura e por commodities regionais, como madeira, pecuária e soja. “O plantio da monocultura da soja já ocupa cerca de 40% de toda área plantada na Amazônia”, alerta Leandro.
Leandro explica que as emissões de gás carbônico na atmosfera, resultante da queima da floresta, contribuem para o aumento da temperatura do planeta e afetam diretamente o clima e o ecossistema da região. “Cerca de 74% das emissões brasileiras de gás carbônico são resultantes do desmatamento, que ocorre, em grande parte, na Amazônia”, afirma.
Segundo Leandro, o aumento de 2 a 3 °C da temperatura do planeta já seria o suficiente para ocasionar um colapso da floresta amazônica. “Estamos passando por uma nova onda de extinção”, alerta.
Para reverter este cenário pouco animador, Leandro ressalta a necessidade de se investir em atividades econômicas ecologicamente e socialmente mais sustentáveis. “Nós vivemos um impasse muito grande na região. Infelizmente, a maioria dos grandes projetos agro-extrativistas na Amazônia são pilotos e sobrevivem com subsídios governamentais”, explica. “Além disso, a nossa capacidade de transferência de renda é muito limitada”.
Segundo Leandro, a construção de um território sustentável depende da estruturação de um conjunto de áreas protegidas e de corredores, associados às áreas destinadas para atividades econômicas localizadas em locais adequados e respeitando o meio ambiente. Outro grande desafio apontado pelo pesquisador é a implantação de instituições de pesquisa e de centro de excelência em todas as regiões em desenvolvimento na Amazônia a fim de gerar mão de obra qualificada para trabalhar na região amazônica.

Texto: Maria Lúcia Morais – Assessoria de Comunicação Social do Museu Goeldi.

3 comentários:

Luana disse...

Sem querer criticar sua opinião, mais acho que o desmatamento PEJUDICA, e muito, a Amazônia.
Podendo causar erosão ou lixiviação no solo!

JCF disse...

Luana, o autor do texto (que só transcrevi e citei a fonte) afirma isso e explica que existem outras causas e consequencias sobre o desmatamento.
Embora acredite que o desmatamento causa problemas em outras partes do país, além da Amazonia.

Anônimo disse...

Isso ajuda em algo? N li mais é q preciso fzr um texto informativo pra segunda! :x Se n serve pra nada eskreve outro! -.-'