21 de abril de 2007

Quero Ir Embora!

Nem sei de quem é este escrito.
Só sei que encontrei-o entre meus arquivos e resolvi abraçá-lo e fazê-lo meu.
Se o dono aparecer...
Então vamos lá:

QUERÊNCIA


Quero ir por onde ninguém possa ir, quero ir embora, estou cansado de estar aqui. Exausto até mesmo dos desafetos com os que, um dia, foram adorados fetos, e também da coca-cola que não quero na mesa comigo. Quero seguir sem ser seguido e sentir que valeu a pena minha história. Ser apenas eu. Ter apenas a mim. Talvez um barco, uns livros raros, um radio, um notebook e um cachorro, quem sabe um bonito canto?
Eu quero andar pelos rios que nem um peixe dos mais vagabundos, chutar uns portos e cantar umas músicas em pedaços e esquecer da minha vida de ontem. Tudo de bom e de ruim. Eu quero ir embora e deixar todas as fotos e lembranças da minha vida que vai ser vida passada e começar tudo de novo em um lugar onde só me encontre quem eu permitir, onde vou aplicar a sabedoria de todas as merdas que eu fiz para nunca mais repetir. E provavelmente fazer outras.

Todo dia eu perco a esperança de acreditar, todo dia ela brota de novo como um fungo, uma doença, uma infiltração dentro de mim. Todo dia ela nasce e morre, todo dia, sempre igual, como verdadeira praga e eu não consigo me livrar dela. Maldita esperança filha-duma-puta.

Vivo paralelo a mim mesmo, me remoendo com um baseado do lado numa casa destruída, desmontada, triste, as paredes brancas, e eu querendo ir embora e a outra metade dizendo fica, fica, as coisas podem dar certo, essa ri e se diverte, ah como a vida dela é legal. Tudo dando errado, mas parecendo que está certo. Não agüento mais ficar no meio do ringue. É uma repetição, é o ninguém em lugar nenhum de antes, é todo mundo em todos os lugares e eu aqui e agora em um posto onde não quero estar. Mas estou.

Estou preso, mas posso ir embora quando quiser. Quero morar em um barco na imensidão da Amazônia, longe, longe, feliz, longe e novo, longe e renovado, porque não adianta continuar aqui no mesmo chão que me dá os mesmos frutos. E no fim ainda ouço “você é possesso, doido, surtado”. Sempre alguém me diz isso e eu sangro mais e concordo. Só que eu nunca disse que sofrer não é legal. Não é, não é. Alguém me disse para celebrar a dor e eu vou tentar fazer isso, vou tentar chacoalhar a dor pra fora nos dias que haverão de vir, expulsar todo “o mal dos outros” de dentro de mim, quero fazer a faxina planejada celebrando a liberdade.

22 comentários:

Anônimo disse...

Mewww so um comentario a fazer
ADOREEIIIIIIIIIIII

Anônimo disse...

me sinto assim, só a parte do baseado que não !!!!

Anônimo disse...

Goetei, tirando a parte do baseado, e eu ñ quero ficar totalmente só quero levar meu amor, posso?

Por Cléia Márcia Maia disse...

NOSSA!!! PARECE EU FALANDO EM UM DOS MEUS ESTADOS DE ABSOLUTA TRISTEZA... SÓ A PARTE DO BASEADO QUE NÃO RSRSRS

Tia... disse...

Tirando a parte do baseado...rs...quem já não quis ir embora pra algum lugar que não encontrasse a si memso? Ou dormir querendo não acordar amanhã......

MikePr disse...

Meuuu... tirando o baseado... com certeza todos nós já quizemos, ou queremos ainda, SUMIRRRRRRRRR daqui, de certas pessoas, certos "amores"...

Eu quero ir emboraaaaaa...

Sumirrrrrrr...

Sozinhoooooooooo...

abrass a todos que tb querem...

Anônimo disse...

Tirando a Parte do Baseado rs eu tb quero Sumir pra Sempre de tudo que vem me causando tanta dor ao longo dos meus quase 37 anos ...

ANA KARLA REBELATO DE AZEVEDO disse...

EU TAMBEM QUERO IR EMBORA E NAO TIRA NENHUMA PARTE, NEM A DO BASEADO...
ESTOU CANSADA DE TUDO E DE TODOS...
QUERO IR EMBORA...

Anônimo disse...

Seja você quem for, seu texto traduziu exatamente o que eu estou sentindo. Eu odeio minha casa, odeio esse maldito lugar que só me traz lembranças ruins, cada dia passado aqui é um inferno, um tédio sem final. Todas as pessoas que eu mais amava já se foram, não tenho condições de ir por conta própria, será que ninguém entende que me deixando presa aqui estão me condenando a prisão perpétua???

Anônimo disse...

estou sofredo aqui na españa odeio o q fasso q e prpgrama
ñ vejo a hora de voltar e trabalhar normal,montar meu proprio negocio
isso ñ e vida pra niguem,trabalhei cuidado de senhora maior
so q ela morreu ,fiquei sem trabalho,e ja estava passandi dificudades ,ñtinha como pagar um quarto onde vivo
e tive q recorre a esta vida ou ia pra rus,e triste demais,mais tenho fe q vou conseguir chegar la roberta

Anônimo disse...

JESUS AMA MUITO TODOS VCS. E ELE MESMO DISSE: "VENHAM A MIM TODOS OS QUE ESTÃO FRACOS E OPRIMIDOS QUE EU VOS ALIVIAREI". DISSE TAMBÉM: "NO MUNDO TEREIS AFLIÇÕES MAS TENDE BOM ANIMO POIS EU VENCI O MUNDO". ENTREGUEM TODOS OS SEUS PROBLEMAS PARA ELE, CREIAM NELE E ELE TUDO FARÁ!!! FIQUEM COM A PAZ DE JESUS!!!

mario disse...

Isto acontece com todo mundo mesmo, mas o problema é que a gente quer ir embora de si mesmo e não do lugar, por isso não adianta mudarmos de casa, cidade, estado, país se não mudarmos de nós mesmos, deixar as coisas que nos incomodam ficar para trás Assim em qualquer lugar que estejamos, estaremos renovados e esperançosos.
As palavras de Jesus postadas acima em 26 de outubro de 2010, por um anônimo, são o caminho para estas mudanças de dentro para fora de nós mesmos.
Mário

Anônimo disse...

PUTA QUE PARIU... Mais um colocando a culpa em Cristo.
Sendo cristão ou não, problema de cada um, esta merda de que Cristo te aliviará, é a maior balela que alguém pode falar.
Esta passagem citada na Bíblia faz referência a morte. É tão difícil de perceber: "EU VOS ALIVIAREI"?
Ótimo, isso nós já sabemos. E esperamos, obviamente quem é cristão, que exista sim "PARAISO", onde não exista toda esta merda que aqui existe. Olha ai a referência do escrito: "Maldita esperança filha-duma-puta".

Esta MERDA de mundo não é assim porque papai do Céu quer.
Esta MERDA é assim por sua, por minha causa... Os sete pecados capitais meus amigos.
Faça você a diferença, não fique esperando Cristo te salvar deste mundo. Faça a diferença para ganhar o outro, este sim vale a pena. Ao menos assim espero...
O problema não é o mundo, mas sim as pessoas que nele vivem!!!

Miro disse...

A vida é feita de escolhas e decisões. Nós podemos fazer o que quisermos dela, porém nem tudo nos convêm. O que nós plantarmos, vamos colher. Não pensemos que plantando capim colheremos trigo. Assim acontece nos nossos relacionamentos. O que será que plantamos ou ainda temos plantado para colhermos o desejo de sumir, seja de nós mesmos ou da presença dos outros? Vamos pensar e analisar mais antes de escolher e tomar decisões?

Anônimo disse...

Esse texto é uma adaptação do poema, 'Quero ir' de Christina Delgado, patentiado pela fundação biblioteca nacional..
Mas ficou legal,Vale a pena conferir o poema original também ;)

Anônimo disse...

adorei... tudo a ver com meu estado de espírito, quero ir embora!

Anônimo disse...

Puts grila... sou eu kkkk incluindo a parte do baseado kkkk

Anônimo disse...

Só Gostei da parte do baseado

Anônimo disse...

Caro amigo.
Tanto no seu caso quanto no meu, só tem um jeito: Esperar outra encarnação. Fora isso, não tem jeito.

Ro disse...

É assim que eu me sinto todos os dias quando acordo.
Estou tão cansada....

taty disse...

e assim como me sinto,,sem tirar parte alguma,,,

Anônimo disse...

Oi! É... prazer! O escrito é meu! Essa estória é minha! (rs) Fora a parte do baseado que você digitou errado. Sabe? Não sou nenhuma fanática, mas acho que esse lugar nos espera e é ao lado de Deus, por meio daquele tal Jesus dos crentes. Uma opinião...