1 de outubro de 2015

Qual exemplo dou para minha prole?

O trânsito em Itaituba continua louco.
Apesar da recente campanha capitaneada pela COMTRI, com ajuda do DETRAN, Escolas e empresários na Semana nacional de Trânsito notamos que a maioria só se preocupou em seguir algumas regras durante este período.

Em frente à escola em que minha filha (e de outros tantos pais blogueiros ou não) ainda não houve a conscientização de que o exemplo mostrado pelo pai é a atitude do filho, no futuro. 
Assim, os pais (e mães) continuam estacionando em fila dupla, levando seu filho(a) na moto sem capacete, carregando até 3 passageiros com a criança espremida e outros tantos desacertos.
Talvez a preguiça de caminhar poucos metros até a porta da escola ou o conforto de não haver um agente de trânsito (como se precisasse dele para ser educado) para ordenar o fluxo provoque esta aumento desordenado e mal educado nas ruas e travessas da cidade.
É claro que a atitude de melhorar o acesso a estes locais, pelo órgão estruturante municipal, tem que ser levada em conta. 

No nosso caso nós podemos melhorar mostrando aos pequeninos como se faz o correto.
Alguns vão continuar agindo torto, mas não é porque alguém se lambuza de mel que nós devemos seguir este exemplo. 
Ou é?

Postar um comentário