Geologia e Ambiental

16 de outubro de 2013

Chuva de Diamantes!

Uma equipe de cientistas planetários afirmou recentemente que a mistura de metano, carbono e relâmpagos na atmosfera de Saturno faz com que diamantes sejam forjados por lá. E são muitos diamantes.
“No mínimo, 1.000 toneladas de diamantes são criadas anualmente em Saturno”, explicou o Dr. Kevin Baines do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA à BBC. “As pessoas me perguntam, ‘Como você pode ter certeza? Não há nenhum jeito de você ir até lá para observar isso’”, continuou Baines, “Tudo é uma questão de química, e estamos quase certos disso.”
A química é bem simples. A atmosfera de Saturno é formada basicamente por metano e hidrogênio, mas, durante as tempestades, os raios fritam o metano, produzindo hidrogênio e carbono queimado, também conhecido como fuligem. Conforme as nuvens de fuligem caem em direção ao planeta, elas se aglomeram e formam grafite, e a pressão mais próximo ao núcleo do planeta faz o grafite ser comprimido em diamante puro. Então está chovendo diamante em Saturno. Literalmente. E os cientistas acreditam que o mesmo ocorre em Júpiter.
Isso pode ser bom para nós? Neste momento, não. É bem difícil chegar a Saturno ou Júpiter, e mais ainda para descer em um dos planetas para pegar os diamantes – a pressão por lá é 100.000 vezes maior do que no nível do mar na Terra. E, se não pegarmos eles logo, eles vão chegar ao núcleo do planeta e derreterão. E ninguém quer um colar de diamante derretido.
Fonte: Gizmodo
 
Postar um comentário