20 de fevereiro de 2011

Ave Maria


Ave Maria

Adormeci...
Vi a pradaria verdejante
Antes que o sol se fosse...
Lá sobre o monte
Talvez não fosse uma asa
Voando...mas, miríade, fosse.

Quanto mais olhava,
Mais via asas planando...
E uma luz dourada,
Sendo louvada por
Infinitas vozes
Que diziam:
Bendito és entre os homens!
Bendito és entre os homens!

Sem que me sentisse
Vi-me, também, voando,
Os prados contemplando...
Surpreendi-me cantando
E também louvando:
Bendito és entre os homens!
Bendito és entre os homens!

Uma onda nos levava
Sob a voz angelical que cantava:
- Ave Maria, gratia plena...
- Ave Maria, gratia plena...

Não, não eram asas.
Eram almas do bem
Que passeavam no céu
Levados pelo Manto de Maria.
Que felizes apreciavam o belo,
O amor e a paz...
- Ave Maria, gratia plena...
- Ave Maria, gratia plena...


                                      Paulo Paixão

PS: Leia este poema escutando Ave Maria, de André Rieu aqui.
Postar um comentário