Geologia e Ambiental

5 de outubro de 2010

Além da queda o coice

Paulo Rocha teve sua pretensão no TSE derrotada por 5 x 2 votos.
Quer dizer: além de perder na disputa do voto foi derrotado na Tribunal Superior Eleitoral.
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou hoje (5), por 5 votos a 2, o registro de Paulo Rocha (PT-PA), terceiro candidato mais votado na corrida ao Senado pelo Pará. Os ministros rejeitaram o recurso do candidato com base na Lei da Ficha Limpa, uma vez que ele renunciou ao mandato de deputado federal para escapar de cassação em 2005.
A decisão confirma o entendimento do ministro Aldir Passarinho Junior, que negou o registro. A decisão do ministro contrariou entendimento anterior do Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA), que havia liberado o registro de Rocha. O candidato ainda pode recorrer da decisão ao STF. (Agencia Brasil)


Só resta torcer pela vitória da Dilma pra emplacar um cargo nos "órgãos" dela. Que pelo jeito vai ser repleto de "apêndices".

Postar um comentário