Geologia e Ambiental

22 de janeiro de 2010

Clube do Pesquisador Mirim

Criado em 1988, com o nome de Clube de Ciências e Cultura, o projeto passou a se chamar Clube do Pesquisador Mirim (CPM) em 1997. Idealizado pelo biólogo Luiz Videira, coordenador do projeto e chefe do Serviço de Educação e Extensão Cultural (SEC) do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), o clube já teve mais de dois participantes.

O objetivo principal é estimular, em alunos do ensino fundamental e médio de escolas particulares e públicas, o interesse pela ciência, tendo como base as pesquisas realizadas no Museu Goeldi.

Todo ano as crianças que participam do clube devem apresentar um produto como resultado das discussões presenciais, das pesquisas de campo, das leituras feitas e da proposta do grupo.

Os produtos que mais se destacam são as cartilhas, com os conteúdos apurados, e os kits e jogos educativos. Todos ficam expostos na Biblioteca Clara Galvão, no Parque Zoobotânico, para serem utilizados como recursos de pesquisa escolar e em outras programações do Serviço de Educação do MPEG.

Em 2009, o clube desenvolveu trabalhos com os temas: O Clube na WEB; Água Nossa de Cada Dia; Peixes da Amazônia, Sapos, Rãs e Pererecas: Conhecendo os Anfíbios; Defendendo o Meio Ambiente; Fauna e Flora em Sinais.

Numa proposta de atender públicos especiais, o Clube do Pesquisador Mirim incluiu, em 2007, crianças surdas entre os seus participantes. No final deste ano e com a utilização da Língua Brasileira de Sinais (Libras), os alunos produziram a cartilha "Fauna em Sinais". Em 2008, a turma inclusiva produziu a cartilha "Répteis da Amazônia"; e em 2009 a turma vem trabalhando o tema "Fauna, Flora e Sinais".

(Assessoria de Comunicação do Museu Goeldi)

PS: Minha filha, Carolina, já participou deste Clube em 2004. Foi uma experiência excepcional para ela.

Postar um comentário