6 de novembro de 2005

INDÍOS E A VALE

"Fundação Nacional do Índio (Funai) alertou há três anos a Vale do Rio Doce para o despreparo das tribos indígenas de Carajás na administração de recursos concedidos pela mineradora. O administrador da Funai em Belém, Eimar Araújo, não nega as acusações da Vale - as associações indígenas estariam comprando carros de luxo, aviões, e outros 'pleitos estranhos'-, mas afirma que entregou pessoalmente um documento no qual alerta para a 'falta de noção financeira', de algumas tribos".

COMENTÁRIO:
A FUNAI sempre esteve despreparada para cuidar dos indígenas em todo o País. Enquanto os seus funcionários continuarem tratando os indígenas como fosse uma obrigação e o órgão como se fosse um de seus empregadores, vão continuar tendo problemas de "adaptação". Deveriam saber que só tem seus empregos enquanto existirem os indígenas e não o contrário. Erra também a direção geral em supor que os seus funcionários estão devidamente preparados para tratar com os indígenas. A reciclagem é necessária. A era da descoberta do Brasil passou e a era da comunicação não é só de tambores e fumaça.

Um comentário:

Juvencio de Arruda disse...

Coitado dos índios.Triste Funai.Pobre Brasil.