Geologia e Ambiental

9 de setembro de 2014

Alívio! Ainda não foi desta vez, Paulo Rocha...

Existe noite que é pra ser bem dormida.
Outras pra não dormir pensando: onde foi que eu errei?

Paulo Rocha, um dos operadores do mensalão petista, que renunciou ao mandato de deputado federal em 2005, para escapar a um processo por quebra de decoro, após ser acusado de envolvimento no escândalo do mensalão deveria ter seu recurso conta a impugnação de sua candidatura ao Senado, julgado nesta terça-feira, 09/09/2014, pelo TSE - Tribunal Superior Eleitoral, mas o caso não foi colocado na pauta.

Não é um caso pra colocar a cabeça no travesseiro e dormir tranquilamente?
No entanto há controvérsias...

Postar um comentário