Geologia e Ambiental

7 de maio de 2014

Não somos Bandidos!

Foi realizado, na tarde/noite de ontem (06/05/2014) o Seminário Público que apresentou (ou pretendeu apresentar) o Sumário Executivo da Avaliação Ambiental Integrada da Bacia do Tapajós.



As autoridades de municípios no entorno da bacia estiveram presentes e abriram a "caixa de ferramentas" contra este estudo realizado. Mais enfático foram os discursos das lideranças indígenas - que falaram inicialmente na lingua materna - e dos moradores da localidade de Pimental, contrários à instalação das hidrelétricas.
Após a apresentação do sumário começou a 1a confusão: o responsável pelo seminário queria que as perguntas fossem feitas somente por escrito devido a presença maciça de interessados em contestar os dados apresentados. Após muita insistência foi permitida a participação ao vivo dos manifestantes.
A partir daí o que vimos foi um grupo acuado pelas observações anotadas sobre o estudo.
Vejamos algumas interferências feitas:
  • foi protocolado um documento pedindo a impugnação deste estudo pelo fato do mesmo não refletir a realidade dos municípios atingidos pelo empreendimento;
  • foi feita a contestação da obrigatoriedade de elaborar o AAI;
  • foi feita contestação das informações dos diagnósticos e conflitos;
  • foi feita a contestação das implicações socioeconomicas dos municipios do entorno;
  • foi feita a contestação das implicações minerárias na região;
  • foi contestada a inaplicabilidade das terras agriculturáveis na área atingida;
  • foi contestada a falta de informações sobre as mazelas ao núcleo urbano de Itaituba;
  • foi contestado o estudo feito sobre o ictiologia (estudos dos peixes) que aproveitou o estudo da bacia do Xingu como bacia irmã (?);
Enfim, muitas observações foram feitas e uma delas chamou atenção forte: uma analogia com a moradia e cartões de crédito, supermercado, playground e demais regalias de cidade grande de um cidadão que vive no belo sudeste do país e um caboclo de beira de rio que não tem estas mordomias, mas tem a felicidade a sua porta sem sobressaltos nem assaltos.
**************************************************************
Observação: as fotos utilizadas foram cedidas por Davi Menezes, Fabrício Schuber e Jota Parente, dentre outros.

Postar um comentário