7 de janeiro de 2014

Quando fevereiro vier...

Quando fevereiro chegar e a Câmara dos Deputados voltar a trabalhar com aquele afinco de sempre, vai encontrar seis vetos presidenciais (de mais de 30) em pauta.
Um deles é interessantíssimo para esta região abandonada e cumulada de promessas políticas: o veto integral à a criação de novos municípios, proibido por emenda constitucional desde 1996.
As desculpas/ponderações emitidas vão desde aumento de manutenção da máquina administrativa a pulverização das receitas do FPM.
Mas, desta vez, a análise dos vetos agora se dá pelo voto aberto e já começa no dia 18 de fevereiro. Conforme acordo entre as duas Casas, os vetos são analisados na terceira terça-feira de cada mês.
Pelo sim, pelo não prevejo um lobby sem tamanho dos interessados.

Postar um comentário