Geologia e Ambiental

3 de julho de 2010

Simpósio Internacional em Manaus

Territórios, identidades coletivas e direitos dos Povos tradicionais
Simpósio Internacional será espaço de troca de conhecimentos sobre as populações na Pan-Amazônia

Como atores ativos e construtores das suas próprias narrativas, os povos e comunidades que tradicionalmente ocupam a Pan-Amazônia – indígenas, seringueiros, quilombolas, quebradeiras de coco babaçu, entre outros – travam lutas na defesa de seus direitos e territórios.
O Simpósio Internacional “Conhecimentos Tradicionais na Pan-Amazônia”, que ocorrerá entre 14 e 16 de julho de 2010, em Manaus, Amazonas, será um espaço de trocas de experiências e conhecimentos junto aos povos e às comunidades tradicionais da região. O simpósio reunirá representantes de instituições, movimentos sociais e organizações da Bolívia, do Brasil, da Colômbia, do Equador, da Guiana, do Peru, do Suriname, da Venezuela e da Guiana Francesa.
Os debates sobre o uso de saberes de povos indígenas e de comunidades tradicionais têm articulado temas variados, relacionados à conservação ambiental, aos direitos humanos e à propriedade intelectual, despertando questões complexas. Um dos principais objetivos do Simpósio é promover uma troca de conhecimentos entre os países da região amazônica, propiciando um espaço social de relações de pesquisa e debate. A ideia é alcançar um público amplo que reflita e ouça sobre a diversidade dos agentes sociais envolvidos nesses debates.

Realização
O Simpósio Internacional será realizado pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), por meio do Núcleo de Cultura e Sociedades Amazônicas (NCSA), do Centro de Estudos Superiores do Tropico Úmido (CESTU). Tem o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM); da Fundação Ford; da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

Inscrições

Postar um comentário