29 de abril de 2010

Um Amigo se foi...

Faleceu ainda há pouco, em Santarém, o Bráulio.
Morava com meu irmão, Edibal, após os falecimentos do Zé Fernando e da Perpétua.
O querido Bráulio já era quase ou mais que centenário (ele mesmo não sabia sobre a data de seu nascimento).

Conheci  o folclórico vendedor de refresco de abacaxi, maracujá e mangarataia no velho estádio Elinaldo Barbosa, quando era levado pelas mãos de meu velho pai para assistir as partidas do Pantera Negra.

Que Deus o tenha em seus braços.
Postar um comentário