Geologia e Ambiental

26 de março de 2010

A Província Aurífera do Tapajós

Este foi o tema da palestra da geóloga Eliana Moura, Mestre em Geoquímica, do Serviço Geológico do Brasil - CPRM.
Por mais que tenham sido usados - e é obrigatório nesta exposição - termos técnicos, onde a maioria dos participantes ficou a "ver navios", a palestra proferida pela colega nos traz informações preciosas sobre o assunto.
A palestrante demonstrou uma segurança fenomenal do assunto e uma desenvoltura natural para tratar do tema em questão.
Para relembrar mais, desde que a CPRM estuda a Província Mineral, muitas pessoas interagem com os trabalhos do órgão, sempre procurando as informações necessárias para viabilizar um trabalho mineral.
Os próximos trabalhos, que serão realizados nos próximos anos mostrarão novidades tanto na ocorrência como na forma de mineralização ocorrente por aqui. 

Está existindo há meses uma interlocução entre o DNPM, a SEMA/Pará e a AMOT para que os órgãos fiscalizadores estabeleçam uma base permanente em Itaituba, proporcionando maior agilidade às outorgas ambientais e minerais do setor.
Um recado foi enviado, através da geóloga, para que nas próximas ocasiões estes órgãos convidem a CPRM para participar, pois este é o serviço geológico que temos para aumentar o conhecimento necessário para a exploração mineral na província de maior potencial mineral do futuro estado do Tapajós.
Postar um comentário