22 de março de 2010

OURO: Rio Novo implantará duas minas no Brasil

Post enviado pelo leitor contumaz Ivo Lubrinna, o famoso Ivo Preto, da AMOT:
 
A empresa Rio Novo Gold Inc., que estreou na bolsa de Toronto, no Canadá, no início de março, com um bem sucedido IPO, vai instalar duas novas minas de ouro no Brasil, em áreas que anteriormente pertenciam à Vale e que foram negociadas em troca por uma jazida de níquel. A primeira mina a entrar em operação será a de Almas, no estado do Tocantins, onde será instalada uma operação de mineração a céu aberto e uma planta de concentração pelo método CIL. De acordo com Júlio Carvalho, presidente da empresa, a capacidade de produção será de 100 mil onças e o teor é considerado muito bom (quase duas gramas de ouro por tonelada de minério), o que possibilita um cash cost baixo. Caso o preço do ouro se mantenha nos níveis atuais, a operação poderá gerar um cash flow líquido de US$ 80 milhões por ano. Como o investimento previsto para a implantação é da ordem de US$ 42 milhões, o projeto se pagará em menos de um ano. A operação em Almas deve ser iniciada no final de 2011. O outro empreendimento é o projeto Guarantã, no Mato Grosso, onde existem reservas medidas e indicadas de 365 mil onças, mais 500 mil onças em estágio de definição. O estudo de pré-viabilidade indicou que é possível se implantar uma operação para produzir inicialmente 100 mil onças anuais, com possibilidade de ser ampliada, já que existe potencial na área para mais de 1 milhão de onças. A idéia é implantar uma instalação central, para tratar minério extraído num raio de 20 a 25 km. O investimento previsto é de US$ 70 milhões e a operação deve ser iniciada até o final de 2012. Em sua estréia na bolsa de Toronto a empresa conseguiu captar US$ 46 milhões, assegurando os recursos para implantação do projeto Almas.
Postar um comentário