Geologia e Ambiental

5 de março de 2015

Fordlândia Reviverá?

Em 1927, um milionário americano produtor de automóveis, adquiriu 1 milhão de hectares no Vale do Tapajós
Foto de Jubal Cabral Filho
Fordlândia
No final de 1928, dois navios depositaram na futura Fordlândia, os componentes que estruturariam a nova cidade.
Passados seis anos recomeçaram do zero a construção de uma nova cidade: Belterra e um novo projeto de produzir borracha na Amazônia. (Fonte: Cristovam Sena in Fordlândia: Breve relato da presença americana na Amazônia)
E o sonho virou pesadelo ao ficar para trás todas as construções feitas. Abandonados à própria sorte, os habitantes de hoje sobrevivem sem esperança de novos dias....

Peraí...Poderá estar surgindo uma nova esperança com a realização da Reunião da AMUT nesta 6a. feira.
O suplente dos suplentes, Olinaldo Barbosa, o Fuzica estará sendo anfitrião desta reunião em Fordlândia.
Terá fato novo?
Ou não?

Postar um comentário