21 de novembro de 2014

Escola de Santarém ganha Premio Nacional de Educação Fiscal



Quem dera que esta ação fosse aqui em Itaituba. Teríamos retorno ao clamado brado de ineficiência escolar loca:
O projeto Sol Cidadão Legal, da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Frei Ambrósio, de Santarém, ganhou o Prêmio Nacional de Educação Fiscal da Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais, Febrafite, na categoria escola, em cerimônia realizada ontem (18/11) em Brasília.
Mais de 100 projetos de vários estados brasileiros concorreram a premiação.
A coordenadora do projeto, Eliana Mara Morais Santos, e o aluno, vereador mirim Giovanni Bruno Freire, participaram do evento em Brasília e receberam o prêmio representando a escola. A cerimônia teve a presença, ainda, do secretário da Fazenda do Pará, José Barroso Tostes Neto, e da coordenadora do Grupo Estadual de Educação Fiscal, Zilda Benjamin. Para ela, a vitória do projeto da escola Frei Ambrósio reconhece o trabalho de qualidade realizado pelos educadores, e demonstra o quanto os professores e demais servidores públicos do Estado vem se empenhando para ampliar o uso dos conceitos da Educação Fiscal nas atividades pedagógicas. 
Desenvolvido desde 2001, o projeto estimula a cidadania por meio da participação popular. Na escola há uma Câmara de Vereadores, com representantes eleitos entre os alunos, que formulam projetos de interesse da comunidade, e que são encaminhados à Câmara Municipal da cidade. "Promovemos atividades de exercício pleno da cidadania, socializando conhecimentos acerca da administração pública referentes à tributação junto às atividades curriculares e extracurriculares", afirma a professora, que utiliza, para suas ações a Cartilha da Prefeitura Mirim. "Em 2015, teremos sete prefeitos e 35 vereadores mirins."
O projeto usa o teatro para envolver os alunos.  Um dos resultados das ações foi a montagem do espetáculo "O Auto da Barca do Fisco". Outra ação desenvolvida foi uma campanha pedindo a reforma da escola.  As ações do projeto contam com o apoio e a participação da Associação dos Amigos do Projeto Sol e com parceria do Grupo Estadual e do Grupo Municipal de Educação Fiscal.

Fonte: SEFA/PA
Postar um comentário