Geologia e Ambiental

21 de novembro de 2014

Escola de Santarém ganha Premio Nacional de Educação Fiscal



Quem dera que esta ação fosse aqui em Itaituba. Teríamos retorno ao clamado brado de ineficiência escolar loca:
O projeto Sol Cidadão Legal, da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Frei Ambrósio, de Santarém, ganhou o Prêmio Nacional de Educação Fiscal da Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais, Febrafite, na categoria escola, em cerimônia realizada ontem (18/11) em Brasília.
Mais de 100 projetos de vários estados brasileiros concorreram a premiação.
A coordenadora do projeto, Eliana Mara Morais Santos, e o aluno, vereador mirim Giovanni Bruno Freire, participaram do evento em Brasília e receberam o prêmio representando a escola. A cerimônia teve a presença, ainda, do secretário da Fazenda do Pará, José Barroso Tostes Neto, e da coordenadora do Grupo Estadual de Educação Fiscal, Zilda Benjamin. Para ela, a vitória do projeto da escola Frei Ambrósio reconhece o trabalho de qualidade realizado pelos educadores, e demonstra o quanto os professores e demais servidores públicos do Estado vem se empenhando para ampliar o uso dos conceitos da Educação Fiscal nas atividades pedagógicas. 
Desenvolvido desde 2001, o projeto estimula a cidadania por meio da participação popular. Na escola há uma Câmara de Vereadores, com representantes eleitos entre os alunos, que formulam projetos de interesse da comunidade, e que são encaminhados à Câmara Municipal da cidade. "Promovemos atividades de exercício pleno da cidadania, socializando conhecimentos acerca da administração pública referentes à tributação junto às atividades curriculares e extracurriculares", afirma a professora, que utiliza, para suas ações a Cartilha da Prefeitura Mirim. "Em 2015, teremos sete prefeitos e 35 vereadores mirins."
O projeto usa o teatro para envolver os alunos.  Um dos resultados das ações foi a montagem do espetáculo "O Auto da Barca do Fisco". Outra ação desenvolvida foi uma campanha pedindo a reforma da escola.  As ações do projeto contam com o apoio e a participação da Associação dos Amigos do Projeto Sol e com parceria do Grupo Estadual e do Grupo Municipal de Educação Fiscal.

Fonte: SEFA/PA
Postar um comentário