Geologia e Ambiental

18 de abril de 2014

Sem anos de solidão...

Fazendo uma analogia ao livro de Gabo - Cem Anos de Solidão - nossa querida Itaituba foi elevada a condição de microcosmo pessoal, onde todas as paixões, ambições e atitudes estão destinadas a uma ascensão fulminante e a uma queda mais retumbante ainda dos ocupantes do Executivo e do Legislativo.

Vemos a autoridade máxima do município mandando propaganda de cursos disso e curso daquilo, enquanto falta merenda boa e sobra estragada; voando para reunir e não resolver; onde sobram má vontade para com os contribuintes e falta organização administrativa; onde se promove a fraude e o estelionato, onde sobram falcatruas e faltam ações corretas...

Vemos o Legislativo endeusando leis que promovem dias e dias, mas onde falta leitura e discernimento para não aceitar um Código Tributário eivado de erros ( alguém sabe quem é o secretário do Fisco Municipal tantas vezes citado nesta lei?). Onde os ocupantes desta Casa não aceitam que o seu único e verdadeiro senhor - a população eleitora - os convoque? Onde se reúnem para ocupar a tribuna e promover discursos chulos ou discursos acusatórios sem prova e sem noção de decência...

Com todas estas ações não terá ninguém que se lembre, no futuro bem próximo, destes sem anos de solidão...

Postar um comentário