Geologia e Ambiental

3 de fevereiro de 2014

O avanço das exigências

Há algum tempo, quando se embarcava em Itaituba em voos normais para Belém, nem se saía do avião.
Agora, nos voos da Azul/Trip, o mesmo começa em Itaituba descemos em Santarém e reembarcamos para o destino final.
Motivo: não temos um detector de metais funcionando aqui. Simples assim.
E ainda lemos/escutamos que estão sendo feitas diversas reuniões para melhorar o aeródromo de Itaituba.
Ô tropa...

Postar um comentário