Geologia e Ambiental

25 de fevereiro de 2014

Malária está em queda no Pará

Uma conversa espontânea com o Dr. Bernardo Cardoso (para mim Binga), hoje Diretor de Endemias - SESPA - Pará nos foi comunicado que os casos de malária que chegaram a mais de 90.000 em 2012 se resumiram a meros 28.000 em 2013.
Mostrou que o uso continuado dos mosquiteiros com inseticida, doados pelo estado para aumentar a prevenção e erradicar a malária, ainda é o melhor remédio para evitar este mal.
A maior parte dos casos no Pará foram registrados em Itaituba (cerca de 40%) e as áreas de garimpo são onde se concentram a maioria dos casos. 
Bernardo está visitando os donos de garimpos e as áreas de foco mais acentuado para mostrar que só se poderá dar um fim aos casos de malária se houver a colaboração de todos os garimpeiros.

Postar um comentário