3 de dezembro de 2013

Atenção: se uma investigação desse tipo chegar por aqui vai começar a feder?

A Polícia Federal (PF), em conjunto com o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), desarticulou na manhã desta terça-feira (3) uma quadrilha formada por empresários, servidores públicos e até o prefeito e vice de Jaíba, no Norte de Minas. Jimmy Murça e o vice dele, Enoque Vinícius, foram afastados do cargo após serem suspeitos de fraudar processos licitatórios destinados ao transporte escolar, direcionando as contratações às empresas e/ou pessoas ligadas à quadrilha. Um vereador, o secretário de administração e o pregoeiro do município também foram afastados. Outras quatro pessoas foram presas.
Os presos vão responder por crimes contra a administração pública, formação de quadrilha, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. Se condenados, os envolvidos podem pegar até 30 anos de prisão.
Fonte: MÁBILA SOARES
Postar um comentário