11 de novembro de 2013

Mal comparando...


Se houve (sic) um esquema de cobrança de propinas na prefeitura de São Paulo para liberação de obras poderemos imaginar que Itaituba está livre desta "doença"?

Postar um comentário