Geologia e Ambiental

10 de abril de 2013

O Bem Amado

Imagine um ator em início de carreira, em um papel secundário e de poucas falas ser agraciado com o título de  "Ator do Ano".
Imagine um peladeiro substituir o melhor jogador do mundo por alguns segundos, numa tradicional "pelada de fim de semana" e ser considerado o Craque do Ano".

Se isto puder ser verdade imagine um vereador, nos primeiros dias de atuação legislativa, sem trabalhos meritórios, sem presença destacada na Casa da Noca ser agraciado com uma medalha de mérito eleitoral. 
Isto acontece.
É real.
É hilário.
É mais uma compra de "diploma".
É caso da série "O Bem Amado"!

Cada um aparece como quer.
Bom...deixa pra lá.

Postar um comentário