8 de abril de 2013

Até quando Feliciano aguenta?

Tudo isto e muito mais está no Brasil 247:
  • Em vídeos que começam a repercutir na internet, o deputado e pastor evangélico Marco Feliciano (PSC-SP) justifica a morte de artistas que, segundo ele, teriam afrontado Deus, como o líder dos Beatles, John Lennon, e o grupo Mamonas Assassinas.
  • O Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial, presidido pela ministra Luiza Bairros, publica moção de repúdio à indicação e permanência do deputado Marco Feliciano (PSC-SP) na presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara; trajetória e postura do pastor "em relação à população LGBT e à população negra se revelam preconceituosas e excludentes", diz texto do Diário Oficial da União; para líder do PSC, manifestação não muda nada; neste fim de semana, mais protestos pediram sua saída do cargo. 
  • "Feliciano deveria ser defenestrado"Essa é a opinião de Giuliano Manfredini, filho de Renato Russo, que postou na sua página pessoal do Facebook, que o pastor o "envergonha", causa "repulsa" e "inspira ódio e rancor"; a manifestação ocorre depois que se soube de mais uma opinião de Marco Feliciano (PSC-SP); para ele, as mortes de John Lennon e dos integrantes da banda Mamonas Assassinas foram uma "punição divina"; "ele não merece apenas ser defenestrado da presidência da Comissão dos Diretos Humanos, mas ter o seu mandato cassado", enfatiza o produtor musical.
 Será que o "cara" aguenta?
 
Postar um comentário