Geologia e Ambiental

10 de julho de 2012

"Quem for podre que se quebre"

Terminado o prazo para o registro das candidaturas no último dia 5 de julho, o Ministério Público (MP) Eleitoral inicia a análise da vida pregressa dos candidatos para propor ações pedindo a inelegibilidade dos chamados fichas sujas.




Postar um comentário