9 de agosto de 2010

Pragas Fluviais

Fonte: Secom do Pará

BELÉM - A embarcação de médio porte "Comandante Lucas" bateu em um barranco e encalhou no rio Parauaú, a cerca de 40 minutos de barco da cidade de Breves, no arquipélago do Marajó, por volta de 5 horas desta segunda-feira, 9.
O barco teve sua parte superior quebrada e tombou.  Até o momento foi confirmada oficialmente a morte de uma criança e sete pessoas estão desaparecidas.  Um helicóptero do Corpo de Bombeiros já foi enviado ao local, com três mergulhadores, para fazer buscas por sobreviventes.  Uma lancha dos Bombeiros de Breves já está no local, além de mais duas lanchas (da Marinha e dos Bombeiros) que saíram de Belém para reforçar o trabalho.
Até o momento, segundo informações do Corpo de Bombeiros, a morte confirmada foi de D. C. R., de um ano.  Das sete pessoas desaparecidas, cinco são crianças.  Segundo informações do tenente Orlando Farias, do quartel de Breves, cerca de 80 pessoas estavam na embarcação no momento do acidente.  O barco fazia rota entre vilarejos na região de Breves.
Todos perguntam: até quando continuarão a deixar os barcos navegar pelos rios amazônicos sem o cuidado de não provocar acidentes?

Postar um comentário