Geologia e Ambiental

18 de maio de 2010

Perda no Ano da Biodiversidade

Neste ano, em que se comemora o da Biodiversidade, um incêndio destroi um dos maiores  acervos científico do mundo: o do Butantan, na manhã do último sábado, representou uma perda irreparável não apenas para o próprio Instituto, mas também para outras instituições de pesquisa. O Butantan armazenava exemplares emprestados de outras instituições, como os museus de zoologia de Londres, Paris e da Universidade de São Paulo (USP). Livros raros também se foram para sempre.
Infelizmente constatou-se que para os políticos de meia-tigela deste país isto não significou mais que um cafezinho derramdo.
Assim se referiu  o pesquisador Reuber Brandão sobre  sinistro, no artigo Biodiversidade Incinerada:

"Não encontrei nenhum comentário do Ministro da Ciência e Tecnologia, nenhum comentário do Ministro da Educação, nenhum comentário do chefe do Poder Executivo. Talvez o fato não seja relevante o suficiente para atrapalhar o fim de semana destes ilustres senhores."
Postar um comentário