22 de setembro de 2009

Inferno ou Desleixo?

Do Blog do Jeso:

Na pauta da sessão desta terça-feira (22) do TCM (Tribunal de Contas dos Municípios) do Pará, o julgamento da prestação de contas de 2002 do ex-prefeito de Itaituba Benigno Reges.
Em 2006, essas contas, submetidas ao plenário da Corte, foram reprovadas.
O médico, então, entrou com recurso de revisão da decisão. Devidamente acatado.
Agora, as contas de 2002 serão novamente julgadas. Contas públicas, aliás, nunca foram o forte do ex-gestor itaitubense. As de 2004, por exemplo, por podres de irreguaridades, foram reprovadas, e Benigno condenado a devolver mais de R$ 17 milhões aos cofres públicos.
Vice-prefeito, em 2002 (no mês de agosto) foi quando o médico assumiu a Prefeitura de Itaituba, devido o falecimento de Wirlande Freire, o titular do cargo.

Que inferno vive o ex-prefeito.
Tudo o que se possa culpar numa má adminisração.

4 comentários:

Anônimo disse...

Só pra entender melhor, o contador não responde solidariamente a estas contas reprovadas?

Valfredo Marques Jr. disse...

Roselito tá provando que não conhece mesmo a forma de negociar do "DONO DOS BOIS" (Jader Barbalho), pois antes de vender a fazerda ele sempre consulta seus vaqueiros.

Jubal disse...

Valfredo
em certos casos "os vaqueiros" vendem os bois antes dos donos.

Jubal disse...

Caro anônimo,
você está coberto de razão, tanto que o contador da época responde a processo também na PF, por desvio de recursos públicos, solidariamente.