19 de fevereiro de 2009

Hora do Planeta


Ocidente e Oriente se unem na Hora do Planeta

O ato simbólico mundial de apelo contra o aquecimento global obteve respostas de todos os cantos do planeta.
Um número recorde de 538 cidades e povoados de 75 países se comprometeram a apagar as luzes às 20h30 em 28 de março durante a Hora do Planeta 2009.
Ícones do Oriente, como o Merlion de Cingapura, o show Sinfonia das Luzes em Hong Kong e a Nova Torre Mundial Hong Kong em Xangai - irão se juntar a alguns dos monumentos mais famosos do Ocidente, entre eles a Torre Eiffel, em Paris, a estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, o Grande Cassino MGM, em Las Vegas, durante o apagão de alerta contra o aquecimento global.
Em 2007, a Hora do Planeta foi realizada em uma única cidade, Sidney.
No ano seguinte, o número de cidades alcançou o pico de 371.
Faltando ainda seis semanas para a Hora do Planeta 2009, a iniciativa já conta com mais da metade do número de cidades esperadas.
“As adesões ao movimento no Brasil estão crescendo a cada dia e esperamos que outras cidades além do Rio de Janeiro também anunciem em breve sua participação oficial nesse ato simbólico”, afirma Denise Hamú, secretária-geral do WWF-Brasil.


3 comentários:

EcoTretas disse...

Deviam de voltar todos para a Idade Média. E não acendam velas, porque elas emitem muito CO2!
Ecotretas

Jubal disse...

Consegues viver sem luz e água?

Anônimo disse...

Nós brasileiros estaríamos assumindo a culpa?
Estariam as grandes corporações internacionais, os EUA, China responsáveis por isto agradecendo e rindo dos otários?
Não seria prudente abandonarmos os carros, e deixar de consumir produtos vendido por eles?