28 de fevereiro de 2014

Morte da democracia brasileira?

Ontem, dia 27 de fevereiro de 2014, vai ficar marcado como o dia em que a democracia brasileira deu seus últimos estertores.
Em países democráticos existe uma distinção abissal entre os poderes constituídos -  Executivo, Legislativo e o Judiciário - que independem um do outro e se completam.
Aqui, nesta Terra Brasilis, desde a ascensão do grupo lulista ao governo vem ocorrendo um aparelhamento do Legislativo, para que este seja submisso ao Executivo e, após as últimas nomeações dos integrantes do STF, este também ficou quase umbilicalmente devotado ao grupo totalitário no governo.
(Baseado em um desabafo de Douglas Arantes)

Pior é que este exemplo superior vem ocorrendo nos estados e municípios do país inteiro, sem tirar nem por. Aqui em nossas plagas nem se fala outra coisa a não ser os penduricalhos dos vereadores no Executivo...
Postar um comentário