28 de novembro de 2013

Revogações de Licitações: Deveriam ter um por quê?



Antes de mandar publicar essas revogações deveriam os Gestores Municipais, embora sinteticamente, apresentarem nos próprios avisos, os motivos que motivaram a revogação dos procedimentos licitatórios. Assim estariam os atos administrativos, de acordo com as normas estabelecidas no artigo 49 e parágrafos § 1º, 2º, 3º e 4º da Lei nº 8.666/93 e de suas alterações vigentes.


PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAITUBA

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE



AVISO DE REVOGAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL No- 72/2013

O Fundo Municipal de Saúde do Município de Itaituba, torna público a revogação da licitação na Modalidade Pregão Presencial 072/2013, publicadas na IOEPA edição nº 32.524 de 19/11/2013, cujo objeto é Aquisição de Medicamentos. Para maiores Informações: Sala de Licitação e contratos, Localizado na Av. Maranhão, s/n – Bairro Bela Vista, Prédio da DICOM, Telefone: (93) 3518-3172. Itaituba - PA das 8:00 horas as 14:00 horas.
KLEBER DOS ANJOS DE SOUSA
Pregoeiro
FONTE DE PESQUISA: DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO

DATA DE VEICULAÇÃO DO AVISO: 28/11/2013

SEÇÃO: 3

PÁGINA: 231






PREFEITURA MUNICIPAL DE JACAREACANGA

AVISO DE REVOGAÇÃO TOMADA DE PREÇOS No- 10/2013



Fica Revogada a licitação supracitada, publicada no D.O.U do dia 14 de novembro de 2013,Objeto: Contratação de empresa especializada em obras civis para a construção da Escola Municipal de Ensino Fundamental Juliano Kirixi, localizada na aldeia indígena de Karapanatuba no município de Jacareacanga/Pa.


MARIA LIRA NEVES
Presidente da CPL

FONTE DE PESQUISA: DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO

DATA DE VEICULAÇÃO DO AVISO: 28/11/2013

SEÇÃO: 3

PÁGINA: 231


Postar um comentário