Geologia e Ambiental

24 de janeiro de 2011

Ibama e o Comércio de Madeiras

Os analistas do IBAMA estão pegando pesado com os que comercializam madeira na região.
Em Itaituba já começou a agir - com fiscais da SEMMAP - para coibir a prática de através da fiscalização da regularidade da licença ambiental, comparação do saldo do produto declarado no Sisflora com o existente no estoque das estâncias e a procedência da madeira.
Alguns, acostumados às benesses do poder, já estão sentindo no bolso como dói a displiscencia.
Postar um comentário