29 de julho de 2010

Lá-ri-lá-ri

A informação de que o TCE e AGU farão uma devassa no contrato de aluguel de 450 veículos Palio 1.0 - mais apertados que c...de sapo - da Delta Construções S/A para a Polícia Militar do Pará não entusiasma.
As explicações já iniciaram pelo secretário adjunto e pelo comandante da PM. Se serão plausíveis é outra conversa.
O caso é assim:

- A PM assinou um contrato para alugar 450 carros Fiat Palio pelo prazo de dois anos.

- Ela pagou R$ 20,1 milhões à empresa Delta Construções.

- O contrato diz que daqui a um ano a PM receberá mais 450 carros novos para substituir os veículos.

PONTOS OBSCUROS

- Ao final dos dois anos, a empresa locadora terá cedido 900 carros para honrar o contrato com o governo. Com a diária a R$ 62, se ela fosse alugar para outro governo iria faturar mais R$ 20 milhões. Porém, o segredo do negócio está no fato de que a empresa pretende ter lucro, no final do contrato, com a venda dos carros aos próprios militares.

- A opção por veículos de modelo Palio, que dispõem de reduzido espaço interno e baixíssima potência nos motores.

- A ausência de motoristas habilitados na corporação para conduzir os 450 veículos.  

(Diário do Pará)
Postar um comentário