29 de abril de 2009

É Mentira, Terta?

Do Blog do Jota Parente, o bicolor alvi-negro:

Ontem, o prefeito Roselito Soares, ainda visivelmente eufórico com a vitória que conseguiu na Justiça Eleitoral, em nível local, foi ao programa Descendo a Ripa, apresentado por Habib Bechara, pela TV Itaituba (Rede Record).

Na ocasião o prefeito disse que iria enumerar apenas três, das várias grandes obras que alega já ter realizado, citando o IML, que como todo mundo sabe é obra do Estado, com alguma contrapartida do município, o mesmo acontecendo com a escola federal que está sendo construída (antigo CEFET) e a orla.

Só vou falar da orla, porque as duas outras obras, dispensam comentários.

De tanto falar que a construção foi bancada pela prefeitura e que é ele, Roselito o pai da criança, parece que até ele mesmo já está acreditando nisso.

Não se pode tirar o mérito de que foi no governo de Roselito que a obra foi realizada, e se foi, deve-se ao fato da Prefeitura de Itaituba estar com as contas em dia no momento da assinatura dos contratos. Isso é verdade. Mas, é lamentável que o alcaide tente fazer todo mundo crer que foi o município que bancou os custos da mesma.

Repito: eu acho que o prefeito Roselito Soares já está acreditando que orla foi mesmo construída somente com recursos do município, por exclusiva iniciativa dele.

Quem quiser acreditar que acredite.

5 comentários:

mario de miranda disse...

Acho que "o cara" tá variando.... Vai ver que é de tanto ler a Bíblia.

Jubal disse...

Bíblia e cerveja combina?
Deve combinar sim...
Tem pastor que "assalta" os crentes na hora do dízimo...

Aramis Ralf de Castro disse...

Em uma certa noite, aqui em Santarém. Eu estava com alguns amigos (de Itaituba), ai chegou um dos filhos do Roselito com umas pessoas. Uma das nossas amigas em comum perguntou a ele porque a Orla de Itaituba não estava pronto e nem inaugurada?. Ele disse que o pai dele não era culpado de nada, se o estado tinha cortado a verba, que a obra não era da prefeitura, e sim do estado, que a prefeitura não tinha nada haver com a obra e que era pra parar de cobrar do pai dele o que ele não podia fazer.

haha...
Bíblia e cerveja combinam mesmo.
E não é so na 'igreja dos crentes' não!.

Jubal disse...

Os louros da vitória são bonitos.
Os terrores da vida pública são terríveis.
E ele acha que fazemos terrorismo aqui quando cobramos obras, benfeitorias e bem estar.

Aramis Ralf de Castro disse...

Terroismo é o que ELE faz ai na prefeitura, isso sim!!!