5 de março de 2006

Gripe Aviária

Em reportagem publicada no Diário do Pará, a pesquisadora Rita Medeiros, que possui doutorado em Virologia pelo Instituto Pasteur (Paris), é professora do Núcleo de Medicina Tropical da Universidade Federal do Pará (UFPA), infectologista do Hospital Universitário Barros Barreto e pesquisadora do Laboratório de Vírus Respiratório do Instituto Evandro Chagas (IEC) afirma que "poderá haver uma pandemia da gripe aviária e é uma questão de tempo para que a doença chegue ao Brasil e à America do Sul. Segundo ela, a Costa paraense será uma das portas principais para a gripe aviária no país.
Por outro lado, também em reportagem, o AmbienteBrasil publica um artigo onde Caio Graco Machado, presidente da Sociedade Brasileira de Ornitologia diz que o país só deve entrar em alerta no momento em que for identificado algum caso de contaminação nos Estados Unidos ou no Canadá. "Como os focos detectados têm ocorrido na Europa e na Ásia e não temos uma rota migratória daqueles continentes para a América do Sul, a única rota possível, seria da América do Norte para a América do Sul", esclarece. "Por enquanto não foi detectado nenhum registro da gripe aviária na América do Norte. Então, em princípio, ainda estamos livres de qualquer risco de contaminação", assegura.
E tem mais o blog Ondas3, do Octávio Lima (ver post de 19 de fevereiro de 2006) assegura que a questão da gripe aviária está sendo tratada por via inversa: quem transmite a gripe são as aves confinadas e não aquelas que são silvestres. Está havendo um interesse comercial muito grande na proliferação da gripe aviária, porque somente pouquíssimas empresas (entre elas, uma que tem como sócio o secretário de Defesa dos EUA) detém a vacina.

E agora? Que tal efetuar uma pesquisa profunda sobre o assunto e publicá-la? E enquanto isso quem tem razão?

4 comentários:

Fátima Silva disse...

Mas quão perversa pode ser a mente humana? Fiquei atónita! Será possível existir mentes tão maquiavélicas?

Jubal Cabral Filho disse...

É a força do capital desnudado da vergonha e dos sentimentos simpes como altruísmo e bondade.
Você tem razão, mas a mente humana é perversa mesmo.

Juvencio de Arruda disse...

Jubal, a Rita é uma pesquisadora de primeira linha.Quando morava em Paris ganhou um premio de jovem cientista, recebendo inúmeros convites para ficar lá.Preferiu o "campo", eheh.
As informações dos jornais não confirmam a tese de Octávio.Tenho lido registros de contaminação em cisnes e outras aves fora de criatórios.A não ser que os "interesses" falem mais alto.Aí...

Jubal Cabral Filho disse...

Quintaemenda, não questiono a competencia da Rita. Sabemos que nossos pesquisadores "comeram o pão que o diabo amassou" pra concluir seus trabalhos.
Espero mesmo que haja uma contestação acadêmica em virtude desta declaração do presidente da Sociedade Brasileira de Ornitologia.
Quanto ao post do Octávio, ainda ontem passei o link do artigo da Rita para seu conhecimento.
Espero que levem a sério mesmo esta questão de gripe. São muitos interesses financeiros envolvidos, mas a pesquisa e a resposta científica deverá prevalecer.